Como Evitar os 9 Erros Mais Comuns Dos Empresários

Erros mais comuns dos empresários
Como evitar os 9 erros mais comuns dos empresários

Saiba como evitar os erros mais comuns cometidos pelos empreendedores para garantir o sucesso do seu negócio. Cerca da metade dos novos empreendimentos no Brasil fecham as suas portas no primeiro ano de vida.
Infelizmente não existe um único motivo para isso acontecer, mas um conjunto de fatores que causam a falência de novos negócios sem uma base sólida para se manter.

O primeiro ano do empreendimento é o mais complexo e mais arriscado para o empresário, sendo importante o planejamento e o trabalho duro para evitar alguns erros que podem ser fatais para o seu negócio. Muitos entram no empreendedorismo sem qualquer conhecimento do mundo dos negócios e sem ter consciência da grande concorrência que terão que enfrentar. É preciso ter preparação, uma boa mente e planejar para evitar problemas e ter sucesso no seu novo negócio.

1 – Pesquisar para saber se sua ideia é viável

Antes de começar um negócio, é importante saber se a ideia é viável. O filme “A Procura da Felicidade”, com Will Smith, conta a história de um empresário que investiu todo o seu dinheiro na venda de máquinas portáteis para radiografia e exames clínicos e que não consegue vendê-las aos médicos e hospitais. Seu entusiasmo partiu de uma apresentação da fabricante dos aparelhos que mostrou o lucro por peça em números maravilhosos. Se o personagem tivesse ao menos um pouco de conhecimento sobre o meio médico e o maquinário, teria evitado tamanho gasto e sua falência. Outro ponto é estudar e planejar o seu empreendimento, aliando a um plano de negócios.

Se você não tem conhecimento de como realizar um bom planejamento para iniciar o próprio negócio pode contratar uma consultoria especializada ou realizá-lo através do kit Como Abrir Um Negócio.

Antes de ir em busca de um empréstimo bancário ou de estourar o cartão de crédito por ter acreditado achar a mina de ouro, comece estudando o setor por ao menos 90 dias, tempo para amadurecer a ideia e verificar se é viável ou não. Isso já pode lhe poupar um bom dinheiro. Não haja por modismo de revistas e sites, nem invista em ideias de amigos sem conhecer as possibilidades do negócio.

2 – Estudar se sua ideia de negócio realmente agrega valor

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Criar uma empresa por modismo é um problema bem sério. Você conhece alguma grande multinacional que vive de um produto sem valor no mercado? Tudo o que compramos tem o seu valor e os empresários de sucesso montam uma empresa pensando nisso.

Se for vender algo, tenha certeza da necessidade dele por um longo período, seja por ser um item básico do dia a dia ou por ser algo que gere afeição do cliente. Que ele seja querido no mercado ou um luxo a ser investido por anos a fio. Estude e veja se seu serviço, produto ou marca fará alguma diferença no mercado e terá real valor de compra.

3 – Entender do seu negócio

Outro ponto importante para qualquer negócio é conhecer o ramo em que irá atuar. Por exemplo, você compra um computador novo e o usa por muito tempo, mas um dia, navegando tranquilamente na Internet, é acometido por um vírus e não funciona direito. Você vai usar até quando for possível, mas uma hora ele vai ficar tão defeituoso que vai ser descartável. A solução? Chamar um técnico de informática para o conserto. No universo empresarial você é o seu próprio técnico e é você quem deve saber como resolver os problemas e não sentar e esperar o seu empreendimento fracassar.

Se for trabalhar com moda, você precisa entender do setor, desde as vitrines até como se faz roupas. Se vai atuar em alimentação, saiba desde como se fabrica o seu produto até quais são seus concorrentes no país. Entendendo tudo sobre o seu ramo, é mais fácil identificar erros e salvar o empreendimento em caso de problema.

4 – Não saber descrever o seu empreendimento em duas linhas

Com certeza você já conheceu um amigo ou colega empreendedor. Ele já montou um negócio, mas não sabia explicar o que é, pois era tão estranho que nem ele entendia. Se você não sabe dizer em duas linhas o que sua empresa faz, ninguém vai saber, não vai te entender e muito menos ter ideia se precisa contratar seus serviços ou não.

Assim que sua empresa começar a funcionar, não deixe de informar qual a missão da empresa e ter serviços bem definidos. Não deixe de criar um nome bem relacionado com o que você faz, como faz e onde faz.

5 – Não consultar profissionais que podem ajudar você a começar

O maior erro de um novo empreendedor: consultar amigos e familiares como fonte de pesquisa. A menos que seu marido ou esposa seja um empresário do ramo, seu pai seja um concorrente ou um investidor, estas não devem suas fontes de pesquisa. Suas fontes devem ser contadores, economistas, concorrentes, diretores e gerentes comerciais do segmento em questão. Consultar outros investidores é uma forma de aprender e não diminui ninguém por reconhecer que não sabe algo. Seja humilde e simples o suficiente para querer aprender e procurar as pessoas certas, mesmo pagando pelo serviço.

6 – Não pesquisar sobre o seu novo negócio

Muitos candidatos a empreendedor já vão logo dizendo: ‘eu tenho o dinheiro, falta o que agora?’. A resposta? Tudo! Com dinheiro se faz quase tudo no mundo, então pague um bom consultor financeiro para lhe fazer um plano de negócios e metas de ações com calendário para serem atingidas. Pesquise sobre o tema e procure pessoas aptas a lhe ajudar e tudo vai sair bem para o seu novo negócio.

Pontos a serem pesquisados antes de partir para o investimento: localização ideal, concorrência, estimativa de retorno do capital inicial investido, mercado promissor e outros pontos como estrutura a ser montada, lucro por produto.

7 – Subestimar o gasto inicial

Aquela velha conversa de “com R$ 50 mil eu monto uma ótima loja”. Será mesmo? Se for uma loja de computadores, talvez você monte apenas a estrutura, sem os produtos para vender. Não planeje em cima de estimativas pessoais, comentários de amigos e suposições. Estude, monte o seu plano de negócio e some todos os gastos necessários para começar uma empresa, sem subestimá-los, ou o dinheiro pode acabar na metade e o projeto não vai ter nem saído do papel. Só invista suas finanças depois de saber quanto vai precisar para montar a sua empresa.

8 – Não usar ferramentas de marketing

Hoje em dia, ignorar o marketing em uma empresa inicial é como abrir uma loja esperando fechar. Se os clientes não sabem onde você está ou ao menos que você existe, como espera vender bem? Por isso, sempre opte por reservar parte do seu capital inicial investido para fazer marketing, divulgando a abertura de seu novo negócio.

O marketing é muito mais amplo que apenas divulgação, ele inclui estratégias sobre os produtos, preço e distribuição dos produtos ou serviços. Por isso, estude um pouco sobre o assunto antes mesmo de abrir a empresa e saiba quais as ferramentas de marketing que você precisa para seu empreendimento. Uma dica é não se esquecer da divulgação virtual, de graça e com boa estimativa de retorno, mas apenas se for um negócio de grande amplitude e com um público-alvo que tenha acesso a web. Cuidado para não fracassar por falta de marketing, porque ninguém sabia da abertura de sua loja.

9 – Faltar foco no seu negócio

Acho que você já ouviu o dito popular de ‘quem faz tudo não faz nada’. Uma empresa que quer fazer mais de 10 serviços ao mesmo tempo, possivelmente não irá conseguir fazer um com qualidade. O ideal é pensar pequeno para começar, mas grande para expandir. Outro dito popular cai bem aqui: ‘um passo de cada vez’.

Temos um exemplo genérico, porém bem comum em diversas cidades. Uma pequena loja de produtos de beleza está dando super certo. Primeiro ela vende bastante e resolve agregar valor vendendo produtos de limpeza, depois utilidades para o lar, serviços de papelaria e de repente, tem tanta coisa que faltam itens e nada dá lucro. O motivo? Falta de foco. Vender produtos de beleza e se tornar especialista nisso é ótimo, mas partir para novos ares é querer abraçar muitas coisas.

Melhor vender pouco, mas bem e constante: é uma regra para o empreendimento. Comece com um serviço e, caso possa abarcar mais um, invista em algo relacionado ao seu negócio e sinta o mercado. Estude os resultados e só depois de consolidado, parta para mais um grande passo.

O que achou das nossas dicas para evitar os erros mais comuns dos empresários? Deixe seu depoimento!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

22 COMENTÁRIOS

  1. Achei muito importante, pq eu também estou começando e não entendo muito mas vou chegar lá eu tenho uma loja de roupas femeninas já vai fazer dois meses, eu quero ver resultado..Obrigada.

    • Oi, gostaria de saber como está a sua loja hoje? Preciso de dicas, pois também pretendo abrir uma loja de roupas feminas ou sapatos e bolsas

  2. Adorei, estou pensando em abrir um negócio e essas dicas me ajudaram bastante por me relembrar várias coisas que eu já conhecia, por fazer curso técnico em comércio estudo sobre isso diariamente, mais nunca dá pra lembrar de tudo!

  3. Gosto muito das dicas do site.

    SUGESTÃO: Criar um clube dos inscritos no site para trocarem idéías, expriências, indicarem soluções, fornecedores, aprenderem juntos, dicas de cursos e palestras, poderem se conhecer, etc.

    Seria bom que fosse diferente dos foruns pois não são em tempo real, possibilidade de conversa por msn, talvez. Parabéns pelo trabalho!!!

  4. QUESTÕES INTELIGENTES SOBRE QUALQUER NEGÓCIO, ADOREI AS DICAS, ESTOU SEGUINDO, POIS QUERO MONTAR MEU PRÓPRIO NEGÓCIO. VOU INICIAR PEQUENO E DEPOIS VOU EXPANDINDO.

  5. TENHO UMAPEQUEN LOJA DE ROUPAS, MAIS AS VENDAS ESTAO MUITO DEVAGAR. SERA QUE O MEU PRECO QUE NAO ESTA BOM. COMO COLOCAR PREÇO DE MODO CORRETO, QUE PORCENTAGEMD VO ULTILIZAR.

  6. Olá gostei muito das dicas pois pretendo me realizar profissionalmente em 2014 montando o meu próprio negócio e com certeza precisarei de idéias e dicas de profissionais como você. Obrigada e retornarei outras vezes.

  7. Parabéns Marcos pelas dicas e sugestões.
    Estou concluindo meu curso universitário de Gestão Comercial e achei de grande ajuda suas publicações.
    Quero em breve poder dar dicas a pequenos investidores e quem sabe ainda, abrir meu próprio negócio.

    Abraços

DEIXE UMA RESPOSTA