Pró-labore: o que é e como calcular

Por: Vinícius Gonçalves

Pró-labore: o que é e como calcularPró-labore é a retribuição monetária recebida pelo sócio e pelo empresário do montante de faturamento. Ou seja, o pró-labore é a remuneração devida mensal aos empresários para retribuição do seu trabalho.

Como se calcula o pró-labore

O pró-labore é calculado levando-se em conta que este valor é fixo e só varia quando há variação também no faturamento.

Mais abaixo veremos como se calcula o pró-labore e as técnicas utilizadas.

A gestão do pró-labore

A gestão do pró-labore deve ser clara e transparente, pois para gestão financeira e para que não haja desfalque de valores retirados irresponsavelmente é necessário que o mesmo respeite os princípios de capacidade da empresa em gerar recursos.

Diante disso, os empresários devem evitar retiradas constantes da empresa, fazendo com que a organização tenha a capacidade de poupar e de gerar recursos para reinvestimentos.

Pró-Labore e capital de giro – as retiradas de numerário constantes devem ser realizadas para suprir as necessidades de operação da empresa, que se denomina capital de giro, que é o montante para operacionalização das atividades empresariais e que possuem urgência, ou seja, as retiradas constantes nunca devem ser para a remuneração dos sócios e empresários e mesmo o capital de giro deve ter gestão.

Separação de contas – para que a empresa opere uma gestão financeira de forma eficiente, a primeira providencia, mesmo para pequenas empresas e empresas familiares, é gerir recursos de forma separada, ou seja, as contas da empresa devem fazer parte de um plano financeiro e as contas da família como aluguel, prestações e gastos diários devem fazer parte de outra planilha.

A organização e separação das contas são essenciais para que haja maior controle e avaliação do lucro.

Calculo do pró-labore – os empresários devem realizar o cálculo do pró-labore de forma técnica e sem erros, com clareza e transparência e assim retirar somente o valor que lhe cabe.

Gestão financeira pessoal – o empresário deve realizar, como qualquer outro trabalho, uma gestão financeira pessoal que seja relevante e que atenda as suas necessidades. A organização é um ponto chave para a gestão de uma empresa, o que dirá dos empresários que não conseguem administrar suas próprias contas pessoais.

Por isso, para que a saúde financeira da empresa seja eficiente é necessário que os empresários saibam gerir suas contas pessoais, honrando com seus compromissos e dividindo os gastos de forma sábia e ainda tenha a capacidade de poupar.

É necessário, muitas vezes, que o empresário tenha humildade e conte com a ajuda profissional de um consultor financeiro.

Pró-Labore e princípios da Entidade

A contabilidade possui um princípio importantíssimo e que norteia as decisões de retiradas e gestão financeira.

Pelo principio da entidade, tem-se que o lucro da empresa não servirá para pagar as contas pessoais dos empresários, assim também como os bens e patrimônio pertencentes à empresa não servirá para uso pessoal dos mesmos, por isso a importância de se ter um pró-labore que remunere sócios e empresários.

O pró-labore é o salário de empresários e sócios e se o faturamento da empresa vai bem, o percentual de pró-labore também será suficiente para que sócios e empresários administrem suas contas e a saúde financeira faça parte do dia a dia da empresa e das contas pessoais dos sócios e empresários.

Contabilização do pró-labore

O pró-labore será contabilizado debitando-se na conta custos ou despesas operacionais.

A diferença na contabilização é que o pró-labore será contabilizado como custo se for remuneração de dirigente industrial e será contabilizado como despesa se a remuneração for devida aos dirigentes das atividades de administração.

O lançamento contábil funciona desta forma:

D – Pró-Labore (Resultado)

C – Pró-Labore a Pagar (Passivo Circulante)

Quando há retenção do IR-Fonte, o pró-labore é contabilizado assim:

D – Pró-Labore a Pagar (Passivo Circulante)

C – IRF a Pagar (Passivo Circulante)

Pró-labore e obrigações com o fisco

Sobre a remuneração do pró-labore é calculado alíquota do INSS com o percentual de 20%, sendo que se o mesmo for originário de indústria segue como o exemplo acima será contabilizado na conta de custos e  se for contabilizado como remuneração administrativa será debitado como despesa em contas de resultado.

Calculo do pró-labore

O calculo do pró-labore deve levar em conta a participação dos sócios no capital social, ou seja, se o sócio contribuiu com 30% ou 40% no valor total do capital social e outro sócio tenha contribuído com 60 %, daí o calculo é diferente.

Vejamos o exemplo em que o sócio 1 tenha a participação de 40 % no capital e sócio 2 a participação de 60%. Dessa forma, faremos o calculo abaixo:

Suponhamos que o lucro tenha sido de R$100 mil, então o calculo é o seguinte:

Socio 1 receberá R$40 mil

Sócio 2 receberá R$60 mil.

Sendo que o calculo do pró-labore considerará também as retiradas dos impostos.

A recomendação é que a empresa passe a retirar o pró-labore assim que a gestão financeira tenha encontrado o ponto de equilíbrio, momento em que não há lucro e nem prejuízo, sendo que o ideal para a saúde financeira é ultrapassar este ponto de equilíbrio.

DICA IMPORTANTE!

Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Contrate uma consultoria, estude em livros, use o kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas não arrisque suas economias em um chute!

Artigos Que Você Pode Gostar:
Filtrar
Post Page
Abrir Franquia internet Casos de Sucesso Liderança e Gestão
Sort by

FIQUE ATUALIZADO

Gostou do Artigo? Receba Nosso Melhor Conteúdo Diretamente No Seu E-mail!


3 comentários sobre “Pró-labore: o que é e como calcular
  1. José Carlos Mourão disse:

    Tenho certeza que de tudo que tenho lido,com o kit abrirei meu negócio com sucesso !

  2. DAYANA LUIZA CARDOSO disse:

    BOA TARDE!
    EU TENHO INTERESSE EM SER SOCIA DE UMA CAS QUE ESTA COMEÇANDO AGORA ,NO QUE POSSO CONTRIBUIR PARA ESSA CASA NÃO QUEBRAR O QUE EU VIR É QUE ELES PRECISAM DE UM INVESTIMENTOS FINANCEIRO E DE MÃO DE OBRA.
    GOSTARIA DE TER UMA RESPOSTA .
    OBRIGADO.

  3. celmo dos santos cassemiro disse:

    quero saber o que e pro labore,e como faço pra receber

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Dúvidas? Conte Comigo!

Vai Abrir Um Negócio?

20 ideias de franquias para trabalhar em casa

20 ideias de franquias para trabalhar em casa

Para quem tem aptidão para trabalhar com comércio uma alternativ...
Como Conseguir Financiamento Para o Seu Negócio

Como Conseguir Financiamento Para o Seu Negócio

Neste artigo, veja como conseguir financiamento para o seu negóci...
10 Mitos Que Impedem Você De Ter Seu Próprio Negócio

10 Mitos Que Impedem Você De Ter Seu Próprio Negócio

Por acaso você já se pegou pensando em alguma destas situações?...
Sua Ideia De Negócio É boa? A Resposta Definitiva!

Sua Ideia De Negócio É boa? A Resposta Definitiva!

É difícil uma vez que converso com um aspirante a empreendedor se...
50 Ideias de Negócios Para Cidades Acima de 500 Mil Habitantes

50 Ideias de Negócios Para Cidades Acima de 500 Mil Habitantes

A cidade escolhida para investir suas ideias de negócio é um dos...

DIGITE SEU

E-MAIL PARA RECEBER

740
IDEIAS
DE NEGÓCIOS

GRÁTIS Para Cada Visitante

Salve-se da crise

Salve-se da crise

Neste cenário de desaceleração da economia, os empreendedores pre...
11 Tipos de Investimentos de Sucesso

11 Tipos de Investimentos de Sucesso

Conheça os tipos de investimentos mais interessantes para aplicar...

Curta O Novo Negócio!

Você Quer AUMENTAR Em 50% As Chances de SUCESSO do Seu
Futuro NEGÓCIO ???

OU espere até que seja tarde demais...

Preencha Abaixo Para Começar Agora:

Verifique Seu Email Agora Para Baixar O Brinde.


Pesquisa Do IBGE Revela: Metade Das Empresas Sobrevive No Máximo 3 Anos.

Descubra Como Evitar Cometer Os Mesmos Erros Destes Empresários!

(Ou Espere Até Que Seja Tarde Demais)

Baixar Grátis Agora!

GRÁTIS: 11 Maiores Erros Que Você Deve Evitar Para Não Quebrar!