Como Importar Produtos – Passo a Passo para ganhar dinheiro

Os baixos preços dos produtos em outros países chama a atenção, e se você pudesse compra-los? Já se perguntou como importar produtos de outros países como China, Estados Unidos ou até mesmo Paraguai?

Como importar produtos
Aprenda como importar produtos da China, EUA e Paraguai com este incrível passo a passo com dicas de tributação, escolha de produtos, melhores empresas para importar produtos e muito mais.

Atualmente, a importação de produtos para revender se tornou um negócio altamente
lucrativo e não é para menos, o percentual de “lucro” face aos preços baixíssimos é o cenário perfeito para ganhar dinheiro ao importar produtos.

Mas, você realmente sabe como importar produtos? Para isso é preciso entender uma série de fatores como impostos, fretes, rastreamento de produto, devolução, melhores países e
produtos para comprar, entre outros.

Neste conteúdo você vai aprender tudo sobre como importar produtos de diversos países e também dicas para ganhar dinheiro com importação, seja montando sua própria loja ou revendendo em sites como Mercado Livre. Confira:

Melhores países para importar produtos

A China e EUA lideram no aspecto países mais buscados para importar produtos, a China em virtude dos preços irrisórios quando comparado com outros países, e os EUA pela
credibilidade, principalmente em razão da originalidade dos produtos (o que não é garantia).

Ainda, é possível encontrar bons produtos em países da Europa, contudo, acabam por ser um pouco mais caros (e algumas vezes não valem a pena), também, é comum a impossibilidade de importar produtos para o Brasil.

Então, dependendo do objetivo, os países com buscar para importar são a China e EUA.
Vale lembrar, nos sites de vendas como Ebay, por exemplo, são vendidos produtos por pessoas de todo o mundo, ou seja, é possível encontrar produtos oriundos da Europa em geral, China, EUA, entre outras localidades. Por isso, particularmente, sugiro evitar a se prender em localidades. Observe o preço, qualidade e vendedor.

Melhores produtos para importar

O que importar afinal? Eletrônicos? Roupas? Relógios? A gama de produtos para importar é
extensa e nem todos oferecem a lucratividade estimada. Abaixo segue uma lista com alguns produtos com boa margem de lucratividade e que são boas opções de compra:

  • Roupas de marca;
  • Maquiagem;
  • Joias e Relógios;
  • Acessórios eletrônicos baratos (Até 4$);
  • Produtos de casa e jardim (luz led energia solar – por exemplo);
  • Produtos em ofertas de até 6$;

Acima estão os produtos que realmente possuem boa lucratividade, acima de 200%, às vezes, com ganhos de até 800%, dependendo do preço pago. Talvez esteja se perguntando: Celulares, notebooks, etc, não é uma boa opção?

Produtos para importar
Variedade de produtos para importar.

A resposta é não. Estes produtos tendem a ter um valor acima de 50$ e, com isso, tem-se a necessidade de pagar a carga tributária no Brasil. Além disso, por mais que sejam mais baratos ao importar, tem-se uma probabilidade muito grande de estragar durante o transporte, tornando-se arriscado para o empresário.

A melhor opção, ao ver-se o mercado atual, é os produtos de baixo valor pelo seguinte:

  • Baixo investimento: você não precisa possuir um vasto capital, comprando, por
    exemplo, U$ 2.000,00 é possível fazer um ótimo faturamento no mês.
  • Diminui os riscos: adquirir 500 produtos x 2 produtos diminui o risco de extravio.
    Claro, existe a probabilidade de um percentual dos 500 produtos sofreram danos, mas
    o prejuízo será menor do que se extraviar ao comprar apenas 2 de maior valor.
  • Maior volume de vendas: produtos baratos tendem a vender mais, principalmente se
    você colocar um percentual razoável em cima, por exemplo, 200% a 300%. Vale
    lembrar, o ideal é que o preço seja menor do que os praticados no Brasil.
  • Maior percentual de lucro: quando o produto é de pequeno valor é possível inserir um
    percentual de lucro maior (normalmente), por exemplo, ao adquirir uma estojo de
    pincéis de maquiagem por R$ 8,00, é possível inserir 400% = R$ 32,00 reais, e ainda
    será mais barato que no Brasil. Também, por ser um preço acessível, o consumidor
    consegue pagar.

Leve em consideração essas características para escolher quais produtos importar da China ou EUA.

Produtos proibidos para importação

A legislação brasileira proíbe a importação de determinados produtos, são eles:

  • Animais vivos;
  • Cigarros e bebidas fabricados no Brasil;
  • Brinquedos ou réplicas de armas de fogo que possam ser confundidas;
  • Produtos falsificados, alterados ou imitados. Devido à dificuldade de saber da
    falsificação, dificilmente é “parado” em razão disso, e sim por falta de pagamento de
    tributos;
  • Agrotóxicos;
  • Produtos que possam atentar a moral, bons costumes ou ser consideradas ilegais no
    Brasil;

Veja a relação completa de mercadorias proibidas para importação.

Empresas e sites para importar produtos

Fretes de importação
Fretes na importação de produtos.

Os sites mais comuns e utilizados para importar produtos são:

Através destes sites é possível adquirir uma vasta quantidade de produtos, desde roupas até joias ou acessórios. Vale lembrar, os sites acima reúnem vendedores diversos e não uma única empresa, ou seja, lá encontrará particulares e empresas vendendo seus produtos, é semelhante ao Mercado Livre no Brasil.

Vale lembrar, é importante sempre verificar se o vendedor envia o produto/mercadoria para o Brasil.

Modalidades de fretes de importação de produtos da China

As modalidades de fretes para importar produtos pode variar de país para país, abaixo
tratamos das possibilidades de envio da China:

China Post AirMail

É modalidade de frete não prioritário, de baixo custo e dificilmente as encomendas são
taxadas. O tempo de entrega varia entre 30 e 90 dias.

O rastreamento é opcional e pode ser adquirido junto ao vendedor.

Hong Kong Post

Conhecido também por HK Post, também é uma modalidade não prioritária. Estas
encomendas raramente são taxadas e o rastreio é adquirido junto ao vendedor.

O prazo de entrega varia entre 30 e 90 dias.

Singapore Post

Pode ser encontrado com a nomenclatura Singa Post (abreviação). Tem as mesmas
características das demais modalidades de envio acima.

Express Mail Service

Costuma não ser a opção utilizada para importação, pois tende a ser taxada. Os produtos são rastreáveis e o tempo médio de entrega varia entre 10 e 40 dias. O custo é alto.

Fretes de Importação EUA

Conheça as opções de fretes para importar produtos dos EUA:

Priority Mail International

Considerado a modalidade de frete mais utilizada, a priority mail international tem preço
acessível, código de rastreamento e, normalmente, não é taxada na alfândega. O tempo de
entrega varia entre 20 e 40 dias.

Dhl Global Mail

O frete DHL Global Mail costuma ser utilizado com produtos/caixas com peso superior a 2,05 kg, neste caso, recebe-se o código de rastreamento. Podendo ser escolhido na modalidade Standard e Priority.

Na modalidade standard o tempo médio é de 20 dias e na priority 1 semana.

First Class Mail International

Considerado o frete mais barato, não possui código de rastreamento e demora de 30 a 60 dias para a entrega da mercadoria.

Express Email e Fedex (Tributados)

Embora todos os envios de produtos da China possam ser tributados quando ultrapassar U$
50,00 (entre outros requisitos a serem preenchidos), as modalidades Express Email e Fedex dificilmente “passam despercebidas” na aduana.

O envio por express e-mail demora entre 1 a 3 semanas para ser entregue, já o fedex em
menos de 7 dias. O Fedex é a modalidade mais cara, tem uma alto valor e taxa de
desembaraço.

Vantagens de importar produtos e percentual de diferença (lucro)

Já se perguntou as vantagens de importar produtos? Realmente vale a pena? A principal
vantagem de importar produtos da China ou EUA é o preço. Mas, além disso, é comum
encontrarmos produtos lançados que ainda não chegaram ao Brasil.

Também, mercadorias de baixíssimo valor e extremamente útil, as quais podem ser vendidas por preços atrativos no Brasil é outro fator que torna a importação um bom negócio.

Em média, um produto chinês (claro, após pesquisa e análise) pode receber uma incidência de 400% a 800% em cima do preço original. Agora, pensando em uma escala de importação de R$ 3.000,00 reais, tem-se um ganho médio de R$ 12.000,00 a R$ 24.000,00 reais, devendo retirar o custo para saber a lucratividade.

Perceba que o lucro é incrível, mas tem-se também as desvantagens, como é o caso da demora na entrega, extravio e dificuldade em exercer a garantia.

Assim, podemos elencar as seguintes vantagens em importar produtos da China ou EUA:

  • Preço;
  • Novidade;
  • Facilidade de envio para o Brasil;
  • Sites/empresas organizadas para a exportação;

Vale lembrar, o lucro e sucesso de um negócio de importação está ligado diretamente a
escolha e análise de produtos, cuidado!

Impostos sobre importação de produtos

Impostos na importação
Impostos sobre a importação de produtos.

Então, vamos as regras de impostos:

1. Valor da encomenda

No valor da tributação deve ser incluso o total, ou seja, preço mercadoria + frete + seguro.

2. ICMS

Encomendas com valores superiores a U$ 500 podem sofrer incidência, além dos 60% de
imposto de importação, de ICMS.

O ICMS sofre variação de acordo com o Estado destino, por isso é preciso descobrir o seu.

Estados como RS, MG e SC tem a incidência do ICMS inclusive em compras inferiores a U$
500,00, cuidado!

3. Modalidade de fretes

Nas modalidades de fretes:

  • DHL
  • FEDEX
  • TNT
  • UPS
  • Normalmente opções expressas;

Será cobrado o ICMS, além dos 60% do imposto de importação.

Também, nestas modalidades de fretes não se aplica a regra de isenção em mercadorias de
preços inferiores a U$ 50,00.

Fique sempre atento a outras possíveis taxas como correios ou empresas de courier.

Importar produtos e não receber: O que fazer?

Talvez uma das maiores preocupações de quem pensa em importar produtos e ganhar
dinheiro seja comprar e não receber o produto. E o que fazer nesses casos?

Infelizmente, inexistem garantias de que você sempre receberá o produto, não apenas em
razão da reputação do vendedor, mas pelos próprios percalços do caminho, como é o caso do transporte, avião, alfândega, correios, etc.

É muito comum que, em problemas de não recebimento da mercadoria, o vendedor realmente tenha enviado, contudo, devido ao transporte, ou a demora exacerba o “bom senso” ou se “perde no caminho”.

A boa notícia é que, plataformas de vendas de produtos online de outros países, como é o caso do Wish, normalmente restituem o valor pago pelas mercadorias em casos de não
recebimento do produto pelo comprador.

Mas cuidado, é importante ler a política de troca e devolução, principalmente no tocante a
valores (limite, se houver), prazos e procedimento para o estorno de valores.

Ganhar dinheiro com importação de produtos: é possível?

Sim, é possível ganhar dinheiro importando produtos, tanto da China, Paraguai ou EUA, desde que o seu negócio seja bem estruturado e administrado.

Para ganhar dinheiro ao importar produtos é preciso observar alguns aspectos, são eles:

  • Tributação: considere pagar a tributação, ainda mais se comprar em grande quantidade, afinal, é bem provável que isso aconteça e é preciso estar preparado.
  • Escolha os produtos com cuidado.
  • Estude cada vendedor, isso evitará “dores de cabeça” desnecessária.
  • Faça contato direto com os vendedores e converse antes de comprar.
  • Seu lucro em cada produto deve ser superior a 100% (incluindo a tributação).
  • Mantenha a recorrência de compras.
  • Mantenha um bom capital de giro, no mínimo 2x o valor das compras.

Outro ponto fundamental para o sucesso de quem deseja montar um negócio importação de produtos é a venda no Brasil. Veja, se sua “loja” possuir demanda, teoricamente, o sucesso está próximo, devendo tão somente manter uma boa relação com fornecedores e comprar os produtos certos, com qualidade e preços atraentes.

Dinheiro com importação
Lucro com a importação de produtos.

Por isso, antes mesmo de adquirir a primeira “carga” de mercadorias, estabeleça as formas de venda, seja ela redes sociais, anúncios, loja online ou sites como Mercado Livre. Também, é importante avaliar a busca dos consumidores pelos produtos, preço de venda dos concorrentes, entre outros fatores.

Através dessas avaliações o importador de produtos saberá se vale ou não a pena comprar X ou Y para revender. Afinal, importar e não conseguir revender é prejuízo certo, cuidado!

Dropshipping vale a pena?

Se você está procurando como importar produtos é provável que já ouviu falar em dropshipping. De forma resumida, trata-se de vender produtos sem tê-los em estoque,
comprando após o pedido.

O dropshipping está em alta no Brasil (principalmente), já que a chance de prejuízo é “quase zero”, pois a importação do produto ocorre apenas depois de vendido. Contudo, existe um grande problema!!! O que fazer se um consumidor adquirir da sua loja online e o fornecedor tiver esgotado o estoque? E se o fornecedor aumentar o preço?

Nesta modalidade de negócio o revendedor é extremamente dependente do fornecedor e, a
longo prazo, isso pode ser um grande problema.

Por isso, muito cuidado se estiver trabalhando com dropshipping.

Vale lembrar, a maioria dos consumidores procuram o produto a pronta entrega e deixarão de adquiri-lo se precisar esperar mais de 30 dias (e talvez não receber).

Shippito

O Shippito é uma empresa e plataforma em que é possível obter um endereço nos EUA e enviar as compras para lá. Posteriormente, pede-se o encaminhamento do endereço do Shippito para o endereço do comprador (Brasil).

O serviço pode ser gratuito ou pago (dependendo das suas necessidades). Mas, por que utilizar o shippito pode ser uma boa opção? Abaixo listamos as vantagens:

  • Praticamente todos os fornecedores enviam para os EUA.
  • É possível unir produtos em um único pacote ou dividir produtos em pacotes (plano
    pago).
  • A plataforma fotografa todos os produtos e, com isso, saberá se estão com defeito ou
    não, facilitando a troca/devolução.
  • Possibilidade de envio de produtos em períodos diferentes e, com isso, diminuir as
    chances de tributação.
  • Manter um estoque organizado.
  • Frete é mais barato.
  • Possibilidade de alterar descrição da caixa e valor.
  • Pode-se enviar como pessoa para pessoa, e modalidade GIF.

O preço para ser assinante premium do Shippito é de U$ 10 ao mês ou U$ 50 ao ano. Também, o custo de envio de produtos pode ser calculado através da calculadora no site da empresa.

Como evitar problemas na importação de produtos

É comum encontrar reclamações de pessoas que tentaram importar um produto da China ou EUA, seja pelo prazo para recebimento, extravio ou até mesmo a dificuldade de rastreio.
Muitos dos problemas são causados por inexperiência e alguns cuidados podem deixar o
importador profissional mais seguro.

Estudar o vendedor antes de comprar os produtos e dar preferência para o melhor custo x
benefício (benefício = preocupação do vendedor) e não apenas o preço baixo.

Observar a modalidade de frete ao escolher também é decisivo. A maioria dos “novatos”
apenas compram o produto, sequer analisam as opções de frete, tudo em busca do “frete
grátis”. Isso pode ocasionar em: envio sem rastreamento. E ai inicia a tortura.

Sem o rastreamento o comprador não toma ciência se o produto parou na alfândega
(imposto), ficou retido ou até mesmo a data de entrega em sua residência.

Sinceramente, conheço dezenas de casos de pessoas que, por não estarem em sua residência na data de entrega mais de uma vez, “perderam” o produto, voltando para os correios ou transportadora. Claro, a mesma sequer sabia, e, dias após, fez reclamação requerendo o estorno do valor e informando que não recebeu o produto. Então, muito cuidado com a modalidade de frete.

Leia com atenção as políticas de troca, estorno e devolução. Os estrangeiros tendem a cumprir exatamente o prometido/acordado, mas isso é de forma estrita, ou seja, se está fora dos padrões estabelecidos, esqueça, raramente concederão “uma exceção”.

Roupas e eletrônicos devem ter um cuidado adicional.

As medidas de roupas na China (principalmente), são muito diferente das do Brasil, é comum ficar extremamente justa e não “se ajeitar” no corpo conforme esperado, por isso, pense 2 vezes antes de comprar, analise as medidas, proporções e formas. Foram tantos problemas em razão disso que é comum na descrição do anúncio as medidas em centímetros de cada parte da roupa para que a pessoa não erre.

Já os eletrônicos, o cuidado deve ser em razão de compatibilidade, tanto no tocante a
voltagem quanto aceitação no Brasil.

Seguindo estes cuidados e estando preparado para possível incidência de impostos, é provável que seus produtos cheguem em perfeito estado no Brasil.

Dúvidas sobre como importar produtos para o Brasil e ganhar dinheiro revendendo? Comente!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here