Como Plantar Acerola

Plantar AcerolaJá pensou em plantar acerola? Veja nosso passo a passo de como plantar acerola e seja um empreendedor!

Você já experimentou um suco de acerola? Esta é uma das bebidas mais consumidas do Brasil, especialmente nas regiões mais quentes. O sucesso da fruta se dá pelo seu gosto marcante e cítrico, que além de ser processado e transformado em suco, também pode ter a sua poupa aproveitada para a produção de sorvetes, entre outros alimentos.

Além de ser muito saborosa, a acerola também pode ser uma ótima oportunidade de negócio, visto que o seu cultivo está em expansão, devido à descoberta dos benefícios do seu consumo para o organismo humano. A fruta se adapta muito bem às condições climáticas brasileiras, visto que necessitam de calor e luminosidade para se desenvolver.

Trabalhar com a venda de frutas é uma opção que tem sido bastante cogitada pelos empresários, tanto de renome quanto que estão iniciando no empreendedorismo, isso porque, a concorrência não é tão acentuada, o preço é relativamente bom e a produção tende a ser boa no Brasil, com uma quantidade atrativa e de boa qualidade.

Quer cultivar acerola e mudar a sua vida financeira radicalmente? Neste caso, esteja ciente de que embora seja bastante resistente, a fruta requer cuidados durante o plantio para oferecer uma colheita de alta qualidade, assim como qualquer outro tipo de cultivo.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Para te ajudar a plantar corretamente e dar a atenção aos cuidados principais, reunimos as principais informações sobre o assunto e montamos ainda um ‘passo a passo’ de como plantar acerola, confira!

Conheça a Origem

Para que a sua plantação de acerola seja bem sucedida é necessário conhecer as características das frutas e usá-las a seu favor. O nome científico da acerola é Malpighia emarginata ou Malpighia glabra, podendo ser conhecida popularmente como cereja-de-barbados ou cereja-de-antilhas, pertencendo à família Malpighiaceae, o que lhe confere uma estrutura de arbusto, em que o tronco se ramifica da base até o topo, apresentando folhas pequenas, densas e brilhantes.

A aceroleira é uma planta originária da América Central e da região norte da América do Sul, o que faz com que ela tenha mais facilidade para se desenvolver em áreas que possuem temperaturas elevadas, visto que necessita de calor e luminosidade plena.

No Brasil, a acerola passou a ser cultiva a partir de 1935, através de sementes que vieram de Porto Rico, sendo cultivada inicialmente em Pernambuco e posteriormente se espalhando pela região Nordeste do Brasil, onde o cultivo da acerola é uma das atividades econômicas mais importantes.

A fruta acerola se caracteriza por ser dividida em 3 gomos ou uma superfície lisa, com 3 sementes no interior, o seu sabor é cítrico, devido à concentração de ácido, sendo rica em vitamina A, B1, B2, B3, C, fósforo, ferro, cálcio, além de exalar um perfume parecido com o da uva.

Por que Investir na Plantação de Acerola?

Investir na plantação de acerola é uma atividade que pode lhe oferecer diversos benefícios. Em primeiro lugar, o consumo desta fruta está em expansão, saindo apenas da região Nordeste e passando a ser consumida em outras localidades do Brasil e do mundo, pois também é exportada, o que faz com que esta área seja economicamente atrativa.

Também, devido ao fato de ser produzida em maior proporção no Nordeste, ainda tem pouca concorrência nas demais localidades do Brasil, sendo que, a produção do Nordeste, é relativamente “baixa” quando comparado a um país inteiro para consumir a acerola.

A acerola apresenta uma boa variedade comercial, pois pode ser processada e transformada em suco, sorvete, vitaminas e demais alimentos. Além disso, a planta aceroleira se adapta muito bem às condições climáticas brasileiras, necessitando de temperaturas elevadas para se desenvolver adequadamente.

Dicas

Conforme já foi dito, a acerola é uma planta resistente, no entanto, apenas plantá-la não é o suficiente para colher bons frutos, é necessário tomar alguns cuidados durante o cultivo para garantir o máximo de qualidade. Por isso, acompanhe abaixo nosso passo a passo de como plantar acerola.

1- Escolha o Local Adequado

Escolher o local adequado para plantar acerola é o primeiro passo para obter um cultivo de alta qualidade. O ideal é que a planta seja cultivada em regiões que possuam o clima Tropical ou Subtropical, pois ela precisa de altas temperaturas, luminosidade plena e períodos regulares de chuva para se desenvolver. No entanto, a espécie também pode resistir aos graus negativos.

Perceba que a capacidade de adequação da acerola ao clima é realmente incrível e permite que se plante em praticamente todas as localidades. O máximo que precisará fazer é adequar algumas ferramentas para permitir o bom desenvolvimento da acerola, como é o caso da irrigação mecânica.

O solo para o cultivo de acerola também deve ser fértil e bem drenável. Recomenda-se que a terra não seja argilosa, pois esta características dificulta a absorção da água que entra em contato com o local, culminando no apodrecimento da raiz.

2- Prepare o Solo Para Receber a Plantação de Acerola

Antes de fazer a semeadura é necessário preparar o solo para o plantio de acerola. Nesta etapa, é indicado começar fazendo a higienização do espaço, retirando todas as impurezas que estão visíveis no campo superficial e se for o caso, fazer uma roçada para eliminar as plantas intrusas.

O terreno já recebeu o cultivo de outra planta? Se isso aconteceu, é provável que existam os resquícios ainda, os quais estão na superfície interna do solo, sendo necessário revirar o solo e posteriormente arar. Este processo serve para moer os restos, acelerando o processo de decomposição.

3- Selecione as Sementes Para a Plantação de Acerola

As sementes para o plantio de acerolas são aquelas encontradas dentro da fruta, que podem ser adquiridas diretamente em casas de insumos para agricultura. Também é possível adquirir as sementes já germinadas, em formato de mudas, que podem ser transplantadas para o solo, tornando o cultivo de acerola menos trabalhoso.

4- Faça a Semeadura da Acerola

Depois de adquirir as sementes de acerola é o momento de fazer a semeadura. Sendo assim, comece abrindo as covas para depositar as sementes, que devem ter aproximadamente 10 cm de profundidade e 15 cm de profundidade. Cada canteiro tem que ter um espaçamento de 80 cm, evitando que uma planta interfira no crescimento da outra.

É importante respeitar esse espaço mínimo de 80 cm, pois caso contrário, as plantas poderão sugar os nutrientes referentes ao espaço de outra planta, o que, por consequência, prejudicará o desenvolvimento uma da outra.

Na sequência, deposite as 3 sementes dentro de cada cova, depois, feche-as com 2 camadas de terra. Por fim, irrigue os canteiros para acelerar o processo de germinação das sementes de acerola. Caso você tenha adquirido as mudas já desenvolvidas, o processo é semelhante, basta transplantá-las para dentro dos buracos e ancorá-las com terra para deixá-las bem firmes.

5-Irrigue a Plantação de Acerola

Sim, a aceroleira é uma planta bastante resistente, sendo capaz de sobreviver ao clima seco. Porém, se você quer obter frutas de alta qualidade, gostosas e suculentas, é recomendado irrigar a planta regularmente, pois isto serve para fortalecer os nutrientes que se encontram no solo.

Inicialmente, no processo de germinação, o ideal é que a plantação de acerola seja regada pelo menos 3 vezes por semana. Após as plantas brotarem, as regas podem ser reduzidas para uma vez por semana. É importante ressaltar que a quantidade de água deve ser controlada, pois a planta não suporta o excesso de umidade.

6- Tratos Culturais da Acerola

Assim como qualquer outro plantio, o de acerola também deve ser acompanhado pelo produtor durante todo o processo. Como o solo foi enriquecido anteriormente, a tendência é que ele fique favorável ao aparecimento de pragas e ervas daninhas, logo, será necessário analisar o solo e retirar estes agentes externos.

Além disso, o crescimento das aceroleiras deve ser conduzido para que somente os galhos saudáveis sobrevivam e sejam capazes de resultar em frutas de boa qualidade. Portanto, quando as plantas atingirem um tamanho entre 30 e 40 cm é recomendado podá-las, retirando os galhos secos ou “machucados”. A partir daí, é preciso conduzir a brotação de 3 a 4 galhos através de amarrações.

7- Colheita da Acerola

A colheita da acerola é a etapa mais simples do seu cultivo. Normalmente, a fruta fica pronta para a colheita 6 meses após o plantio, que é quando apresentam uma coloração avermelhada e textura macia. Para colher basta cortar a acerola do galho, sendo necessário tomar cuidado ao apertá-la, pois isso pode deteriorá-la.

Lembre-se de ter um local adequado, bem higienizado e, de preferência, com uma temperatura “agradável” para depositar as acerolas, pois as mesmas podem rapidamente estragar se forem guardadas em local inapropriado.

E Você, vai Começar a Plantar Acerola?

2.00 avg. rating (53% score) - 2 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA