Como Montar Uma Escola de Idiomas

Como montar uma escola de idiomas
Como montar uma escola de idiomas

Com a globalização, saber mais de duas línguas se tornou essencial para se manter no mercado de trabalho. Assim, montar uma escola de idiomas pode render bons lucros para quem quer virar empreendedor.

Cada vez mais pessoas estão buscando cursos de idiomas para poder ter formação e agregar isto ao seu currículo e ter uma vantagem ao disputar vagas no mercado de trabalho. Há funções em que o requisito mínimo é saber inglês ou outro idioma para que as tarefas do dia-a-dia sejam feitas com eficiência.

Com a procura crescente pelos curso de idiomas, quem vê oportunidade nesse mercado tem grandes chances de sucesso, apesar da concorrência acirrada nesse nicho de mercado.

Criatividade para um negócio de sucesso

Pelo fato de lidar com pessoas e métodos de aprendizado, ter criatividade com o negócio é fundamental. Montar uma escola de idiomas exige métodos que façam com que o aluno aprenda realmente a falar e ter as habilidades necessárias para ingressar no mercado de trabalho.

O nome da escola conta nessa área, mas o fundamental é montar uma escola sólida e que tenha a competência de fazer com que realmente os alunos aprendam e que tenham a satisfação de ter o ensino adequado. Quanto mais os alunos estiverem satisfeitos com a sua escola mais o seu negócio será conhecido pelo mercado e mais alunos atrairá.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O ideal é que o empreendedor tenha algum conhecimento das línguas com as quais pretende contratar professores. Isso facilita o monitoramento do método de ensino. Mas caso não tenha conhecimento em idiomas, o empresário pode contratar um profissional da área de Educação/Letras para cuidar do método e da avaliação de professores, enquanto ele cuida da parte administrativo-financeira.

A escolha de bons professores, a montagem de estrutura adequada e a maneira como o empreendedor irá desenvolver a criatividade da equipe de ensino fará toda a diferença no final do curso.

Recolhendo informações para montar a escola de idiomas

Saber como funciona é etapa fundamental que irá orientar o procedimento de construção de sua escola de idiomas. Para isso visite ou então busque informações em escola de idiomas que já tenham uma boa relação com o mercado. Analise o funcionamento da escola, os serviços oferecidos e o método de ensino aplicado. Se possível, converse com professores.

Uma pesquisa de mercado pode ajudar a entender os requisitos que os alunos buscam em uma escola de idiomas que satisfaça as suas necessidades básicas de aprendizado.

Entender a diferença de procura por uma escola em relação a outra também ajuda muito. A concorrência entre as escolas faz aparecer diferenças que pesam na decisão de compra do curso por parte do aluno. Na pesquisa de mercado, diversos estudantes de escola de idiomas que realmente desejam aprender e ter um curso sólido para colocar em seu currículo dão a sua opinião e oferecem informações privilegiadas acerca desse assunto.

O objetivo é entender o mercado e fazer com que o seu negócio seja mais visível para novos clientes. Encurtar o caminho entre o seu negócio e o aluno é fundamental no início para divulgar a sua empresa e conquistar cada vez mais alunos e interessados no seu curso de idiomas. Seu sucesso depende de como sua escola é conhecida e como o mercado tem conceituado a sua empresa.

Montando a escola de idiomas

Uma vez todas as informações recolhidas, o próximo passo é montar o planejamento da escola de idiomas. Um dado a planejar é decidir se você vai investir em um negócio próprio ou em uma franquia. Em seguida, é preciso ver a documentação necessária para abrir a sua empresa, como CNPJ, registro na junta comercial e registro em órgãos de educação competentes. A escolha do local também é decisiva: procure montar uma estrutura em áreas comerciais, pois facilitam o acesso dos alunos e dão mais visibilidade à escola de idiomas. Além disso, pense na mão-de-obra que irá precisar para o seu negócio e todo o suporte físico necessário, como material didático, mesas, cadeiras, estantes, quadros para aula, entre outros itens.

Depois da etapa de planejamento é hora de colocar em prática o início do seu negócio. Supervisionar todo o processo de construção e implantação da sua empresa é fundamental para causar uma boa impressão nos primeiros alunos que irão conhecer a sua escola.

Dê todo o suporte para a sua empresa ser lançada e a cada dia fazer com que ela seja mais conhecida. Use as estratégias de marketing para atrair a atenção do consumidor. Faça a divulgação da escola em meios de comunicação, jornais empresariais, escolas e faculdades. Invista em divulgação e esteja atento no andamento dos negócios.

Oferecendo serviço de qualidade

Como a concorrência entre as escolas de idiomas é acirrada, a comparação de preços e a busca por qualidade é muito comum por parte do consumidor. Para chegar a uma conclusão de qual escola escolher, o aluno considera o método de ensino, as instalações e, sobretudo, a qualificação dos professores.

Professores que têm o idioma estrangeiro como língua nativa ou que possuem experiência com o idioma no exterior são bem cotados pelas escolas de idiomas pelo método diferenciado de aprendizado e ensino. Vivenciar a língua estrangeira é um diferencial na hora de formar alunos que estão se preparando para o mercado de trabalho.

Outro meio dos consumidores escolherem a sua escola de idioma é através da flexibilidade de horário e do andamento das aulas. Muitas escolas oferecem aulas com horários flexíveis, enquanto outras oferecem aulas gratuitas para o aluno em potencial acompanhar de perto como é o ambiente de aula e a interação com os alunos e professores.

Se você não optar por uma franquia, que já irá lhe fornecer o método de aprendizagem e o material didático, monte um programa de ensino e aprendizado que atenda a todos os níveis de assimilação dos alunos. Crie programas personalizados de aprendizado e faça com que os outros alunos respeitem e entendam o ritmo de cada um ou o aluno se sentirá desmotivado e muitas vezes envergonhado.

Além disso, incentive a prática da língua na escola. Quanto mais os alunos conversarem na língua estrangeira com naturalidade dentro do curso mais rápido pegam fluência no idioma.

Divulgando seu negócio com excelência

Divulgue a sua escola de idiomas com um plano de mídia, escolhendo onde fazer a divulgação, de acordo com o público-alvo que queira alcançar. Faça com que as suas campanhas publicitárias sejam atrativas e tenham o máximo de divulgação possível. Se a sua escola de idiomas for franqueada a coisa fica mais fácil, já que geralmente, os impressos e as campanhas já estão prontos, bastando apenas obter o material e divulgar em sua região e redondezas. Além disso, você já contará com a vantagem do nome da empresa ser conhecida.

Uma ótima estratégia usada por muitas escolas de idiomas é oferecer aulas que sejam gratuitas por um determinado tempo, como 2 ou 4 aulas. Deixar o possível aluno entrar nas aulas, faz com que ele conheça na prática o método da escola, contribuindo para que ele forme um conceito sobre a sua escola de idiomas. Isso aumenta as chances de matrícula no curso.

Outra ótima estratégia é oferecer garantias de aprendizado. Oferecer aulas desenvolvidas com métodos inovadores que aceleram o aprendizado pode ser um chamariz para o seu curso de língua estrangeira. Com um ensino eficiente, não vai demorar muito tempo até que a reputação da escola cresça e aumente o número de visitas ao estabelecimento. Ofereça ainda certificados oficiais de línguas estrangeiras que tenham reconhecimento para o mercado de trabalho.

Ficou interessado em montar uma escola de idiomas? Deixe seu depoimento:

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

10 COMENTÁRIOS

  1. Tenho uma ONG com estatuto e cnpj, ministro cursos livres, será que posso implantar os cursos de idiomas, já que o estatuto comtempla educaçao e cultura em todas as areas, ou tenho que registrar e ter autorizaçao da superintendencia regional da educação?

  2. Tenho interesse em abrir o meu curso de Idiomas, mas ainda não disponho de valores para iniciar o negócio. Leciono em outros curso e sempre estudo as metodologias de outros.

  3. Não. cursos de idiomas são cursos livres, por isso não há necessidade de registro. sempre tive vontade de dar aulas em uma ong, (sou professora de Inglês) onde fica a sua? Salvador?

  4. meu amigo é de outro país e gostaria de abrir um centro de linguas e ele quer saber quais os documentos necesarios que ele tem que trazer de la..

DEIXE UMA RESPOSTA