Como montar um escritório de cobrança

Como montar um escritório de cobrança Um escritório de cobrança é voltado a atender empresas de tamanhos e atividades diversas, assim como pessoas físicas. Ele tem o objetivo de ir atrás daqueles que estão devendo e nas situações em que a Justiça está envolvida, a ideia é acabar com as dívidas através de negociações. Como estamos vivendo em uma época em que os contratos envolvendo finanças são tantos, muitos enxergam essa fase como adequada para montar um negócio que trate dos pagamentos não realizados. 

Como é o mercado de um escritório de cobrança

Como o crédito expandiu-se largamente em todo o país, especialmente após o Plano Real, que foi responsável por acabar com a inflação e manter a moeda nacional estável, o consumo passou a ser feito de forma mais corriqueira. Desde meados da década de 1990 para cá, essa situação manteve-se e o brasileiro passou a comprar mais. Quando se fala em brasileiro isso inclui também as empresas. Enfim, toda a economia sentiu bastante a força do crédito disponível ao alcance de todos.

Mediante esse cenário, ao mesmo tempo em que as vendas e compras efervescem, as dívidas também caminham lado a lado. O número de parcelas é tão atraente e as condições de pagamento são tão alcançáveis que todos foram e são convidados a comprar nesse contexto. Contudo, a realidade é que empresas e pessoas não conseguem quitar o pagamento dividido e as dívidas surgem sempre. Os rendimentos mensais não são suficientes para dar conta do recado e é aí que entra a atuação do escritório de cobrança.

Se existe crédito, se há pessoas físicas e jurídicas consumindo e se há dívidas e alto grau de inadimplência, então é preciso ter uma empresa destinada a intermediar esse consumidor que precisa pagar e o credor que necessita receber do que ainda não foi pago. Portanto, há mercado e ele está muito bem representado na configuração atual econômica.

O que o escritório de cobrança pode oferecer aos seus clientes

Para estar bem posicionado no mercado e atender às exigências dele, o escritório de cobrança deve oferecer serviço de cobrança convencional, que é aquela que cobra junto às financeiras, administradoras de cartão de crédito, de consórcio, financeiras, bancos, seguradoras e lojas comerciais; assim como o de cobrança judicial, que é a destinada a negociar com a clientela, sempre com o objetivo de esclarecê-la sobre as consequências de uma ação judicial.

Quem são os clientes de um escritório de cobrança

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O empreendedor deve saber exatamente quem são os seus clientes. Normalmente, são as empresas pequenas e médias que usam muito o escritório de cobrança para poder fazer essa atividade. Essas não pretendem ter um setor específico como esse dentro do quadro de pessoal, então geralmente terceirizam.

De olho na concorrência para poder conseguir um destaque no mercado de um escritório de cobrança

Como em qualquer empreendimento, a concorrência deve ser muito bem conhecida daquele que abrirá um negócio próprio. Por conta disso, vale se munir com pesquisas de mercado ou se não tiver como ter esse aparato (ele é imprescindível), coloque no planejamento do negócio o que é visto praticado pelas empresas de cobranças já existentes que poderia ser melhorado. Isso é um aspecto extremamente importante, porque é a busca do preenchimento de possíveis lacunas existentes e, portanto, de abertura de nicho de mercado do seu escritório de cobrança.

Reparados esses defeitos ou faltas, o segundo passo a ser dado é tentar agregar valor ao serviço oferecido. Se o escritório é de cobrança, essa é a atividade principal dele, ele vive disso, mas busque então algum outro serviço que possa ser uma espécie de coadjuvante, que permita acrescentar algo a mais para chamar a atenção da clientela.

Onde o escritório de cobrança deve estar

Como o negócio é voltado para cobranças, é preciso definir como essas serão realizadas. Normalmente, tudo isso é feito por telefone. Contudo, esse não é o ponto mais importante. O que mais interessa é estar próximo aos clientes que querem fazer cobranças, ou seja, aquelas empresas que vão cobrar de outras ou de pessoas físicas. Sendo assim, um ponto ótimo de localização para um escritório de cobrança é aquele que está nos grandes centros comerciais, perto dos grandes escritórios empresariais.

Como deve ser a estrutura do escritório de cobrança

O ponto positivo de abrir um escritório de cobrança é que ele não precisa ser algo muito grande. Para começar, uma sala comercial com um tamanho aproximado de 30m² já consegue atender a demanda, que inicialmente não será tão volumosa, naturalmente.

Para mobiliar, é preciso ter os móveis básicos de escritório, que são mesas, cadeiras, telefone, fax, computadores, arquivos; material para dar suporte, como ar-condicionado e geladeira para colocar galão de 20 litros d’água e ainda um veículo ou moto para ser usado pelo escritório.

Investimento Inicial de um escritório de cobrança

O quanto será gasto para abrir o escritório de cobrança varia bastante de cidade para cidade porque os custos de cada uma resultam em diferenças brutais se forem colocadas no papel. Mas no geral, o investimento inicial é de cerca de R$40.000,00.

Quem vai abrir um negócio próprio deve ter em mente que esses gastos que são feitos antes do nascimento do empreendimento demora um tempo para ter um retorno. Ou seja, não é abrindo as portas ao público hoje que amanhã o lucro será imediato. Ao contrário, leva um tempo que também tem ligação com a quantidade de clientes e tudo o mais. Geralmente, cerca de dois anos.

Corpo de funcionários de um escritório de cobrança

Outro aspecto também bastante peculiar a cada negócio é o corpo de funcionários, pois realmente vai depender do porte do negócio. De maneira geral, é preciso saber que para o escritório de cobrança será preciso ter profissionais que tenham conhecimento profundo dos processos jurídicos que envolvem as dívidas. Deverão compreender também sobre conciliação e todos esses aspectos.

O mínimo que é preciso ter para colocar o negócio em movimento é uma pessoa que fará as ligações aos devedores e isso pode ser feito pelo próprio dono da empresa e também um motoboy para poder realizar o andamento de documentações.

Dicas para o negócio de um escritório de cobrança

No quesito concorrência, vimos que o empreendedor deve buscar algo a mais para o seu negócio, precisa buscar um diferencial e ainda agregar valor ao que oferece. Dessa forma, vale mais uma dica aqui para aqueles que estão investindo nessa área: estejam lado a lado com a clientela. Por mais que pareça redundante, não é. Por que não? Repare a quantidade de reclamações que os serviços de proteção ao consumidor recebem diariamente e veja como o mercado consumidor está carente de serviços de qualidade.

A sociedade atual vive de informação, essa aqui é fomentadora das atividades e também pode ser o próprio negócio. Tendo isso no planejamento de negócio, trabalhe da melhor forma possível essa informação, tenha convicção de que o que é oferecido é um serviço, algo intangível, que não se toca, não se guarda e que, portanto, deve ser feito de maneira que atenda às expectativas da clientela do seu escritório de cobrança.

5.00 avg. rating (93% score) - 2 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

2 COMENTÁRIOS

  1. ola bom dia.

    sou franqueada de 02 ramos hj de telemarketing. OI e BMG, tenho muito interesse em montar uma empresa tercerizada de cobranca .

    pode indicar algum ?

    obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA