Aspectos Importantes Para Abrir Uma franquia

Como Abrir Uma franquia
Como Abrir Uma franquia

As franquias estão entre os modelos de negócios mais buscados no Brasil, já que oferece um sistema pronto e todo um padrão de negócio. Quer aprender os aspectos importantes ao abrir uma franquia e ser dono do seu próprio negócio? Agora você pode!

Começar um negócio próprio é uma atitude que exige muito do empresário, sendo necessário dedicar-se intensamente para torna-se bem sucedido. Com o intuito de fugir dos riscos que assombram os iniciantes no mundo dos negócios, cada vez mais pessoas optam por abrir uma franquia, ou seja, trabalhar com uma marca que já é conhecida e bem conceituada no mercado.

Investir em uma franquia para trabalhar traz uma série de vantagens ao empresário. A primeira é a possibilidade de escolher uma categoria que corresponda às suas habilidades profissionais, visto que se pode encontrar franquias em praticamente todos o ramos de atuação, desde alimentação até tecnologia.

Essa regra vale para qualquer pessoa que deseja montar um negócio, seja franquia ou não. Procure um segmento que você conheça e tenha habilidades, porque a concorrência é sempre alta e, caso não tenha noção de como funciona a área, dificilmente conseguirá ficar acima da média dos concorrentes e terá prejuízos.

Confira o que é franquia e facilite seu entendimento sobre o tema.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Porém, antes de sair por aí abrindo a sua franquia, é necessário estar ciente de todos os procedimentos que necessitam ser realizados, evitando problemas futuros. Afinal de contas, vale lembrar que esta modalidade de negócio é vantajosa, mas também tem-se que ter uma boa administração desde o início para obter sucesso. Para te ajudar nós iremos trazer aqui dicas de como abrir uma franquia. Confira abaixo:

1 – Escolha a franquia certa

Se você está estudando a possibilidade de abrir uma franquia já deve saber que existe uma enorme variedade de marcas, em diferentes setores, que trabalham na modalidade de franquia. Este ponto pode ser primordial para decidir se o seu negócio será bem sucedido ou não. Muitas pessoas cometem o erro de escolher as marcas mais famosas para trabalhar, quando, na verdade, o certo é escolher aquela que está de acordo com o seu perfil profissional e expectativa.

Confira como abrir uma franquia aqui.

Sendo assim, é altamente recomendado decidir em que área você irá atuar, levando em consideração os seus conhecimentos. A partir daí, deve-se realizar uma pesquisa para encontrar quais são as franqueadoras que atuam no ramo certo. O ideal é montar uma lista das marcas que mais são atrativas para o seu perfil, considerando popularidade, normas e os valores das taxas cobradas.

O valor que você terá de arcar para fazer parte da franquia é muito importante. Não se atenha ao valor em si, mas sim ao valor que você pode pagar. O preço ideal é aquele que está dentro do seu orçamento, nem mais nem menos!

2 – Informe-se sobre a franquia selecionada

Depois de fazer a sua lista de franquias que correspondem às suas habilidades é o momento de escolher apenas uma. Feito isso, deve-se obter todas as informações relacionadas à marca selecionada, de modo a extrair todos os dados importantes para seguir para as próximas etapas.

Confira alguns pequenos negócios e lucrativos, quem sabe encontre o que está procurando.

É indicado procurar saber qual é a rentabilidade média das franqueadas da marca, quais são as normas de trabalho impostas, quais os valores das taxas de aquisição e mensais, exigências para montar, espaço físico, entre outras questões. Ao saber de todas estas informações, você ficará inteirado sobre o posicionamento da empresa no mercado, o que irá ajudar na administração.

Essas informações poderão ser obtidas com a COF (circular de oferta de franquia). É interessante você levar a COF a um escritório de advocacia para verificar se está de acordo com o que você espera.

3 – Entre em contato com o escritório da marca

Agora que você já se informou o suficiente é a hora de entrar em contato com o escritório da marca franqueadora para solicitar a abertura da franquia. A maioria das empresas permite que este contato seja feito através da internet ou telefone, bastando agendar uma visita com o responsável por atender novos franqueados.

Na primeira visita ao escritório da franquia, a pessoa interessada em filiar-se ao negócio irá receber todas as orientações de como deve prosseguir em todas as etapas. Porém, mesmo assim, é recomendado levar todos os seus documentos pessoais e profissionais para dar entrada à papelada do contrato.

Não confunda o contrato com a COF, no momento que você pega a COF para analisar se vale ou não a pena fazer parte da franquia, não terá nenhuma responsabilidade, porém, ao assinar o contrato você estará integrando a franquia e passará a ter de arcar com todos os termos contratuais.

Já pensou em abrir uma cafeteria? Veja como abrir uma franquia de cafeteria.

4 – Contrate um contador e um advogado

Os procedimentos de abertura de uma franquia são burocráticos, sendo necessário preencher uma papelada com termos e cláusulas que muitas vezes não são do conhecimento de quem está ingressando no mundo dos negócios. Sendo assim, para evitar transtornos e prejuízos é altamente recomendado contratar os serviços de um contador e um advogado para receber orientações adequadas.

Ao contratar um advogado e um contador, o franqueado poderá entender todos os meandros dos documentos e do contrato, estando ciente de todos os deveres que tem com a marca, quais são os seus direitos a serem divulgados, os valores e serem pagos à franqueadora, entre outras questões relevantes.

5- Aguarde a análise do local feita pela franquia

Nenhuma empresa faz negócios para perder dinheiro, e isto não é diferente com as marcas franqueadoras. Portanto, antes de aprovar a sua solicitação de abertura da franquia, a marca irá realizar um estudo para analisar a viabilidade da instalação de uma nova franquia, certificando-se de que esta será bem sucedida.

Aprenda como fazer para registrar uma marca.

Em um prazo de um ou dois meses, a empresa irá verificar qual é o número de pessoas residentes no local, qual é o fluxo de pessoas que transitam pela região diariamente, quem são os principais concorrentes, se o público será receptivo à instalação da franquia, entre outras questões. Somente depois que a marca obter uma resultado positivo no estudo o contrato poderá ser assinado.

6 – Planeje a estrutura física da unidade franqueada

A estrutura física da loja também será inspecionada antes de ser aberta, então, é necessário planejá-la, seguindo exatamente o padrão estabelecido pela marca. O ambiente deve conter o mesmo espaço das demais franquias, reservando uma área para os funcionários e a outra para o atendimento dos consumidores.

Além disso, também é preciso passar pela vistoria da prefeitura da sua cidade, sendo necessário que as instalações estejam dentro das normas de segurança, contando com saídas de emergência, sistema de combate a incêndio, não podendo prejudicar o meio ambiente ao redor da área em que a loja está instalada.

Ao contatar a franquia, verifique se a mesma é responsável pela instalação. Isso porque, grande parte das vezes, a própria franquia faz toda a instalação do negócio, sendo preciso apenas ter o espaço.

Quer saber mais sobre franquias? Veja as franquias no Brasil.

7- Adapte-se ao padrão imposto pela franquia

A marca tem um padrão que é o responsável por fazer com que ela seja bem conceituada em qualquer cidade. Portanto, os franqueados que desejam ser bem sucedidos e consequentemente gerar lucros devem seguir rigorosamente o padrão que é imposto pela franqueadora, desde o que diz respeito à estrutura da unidade até o atendimento ao cliente.

Aprenda agora mesmo como conseguir a fidelidade de um cliente.

Há casos em que a pessoa já teve uma experiência com um negócio próprio e acaba trazendo isto para gerenciar a sua franquia, não há nada de mal nisso, porém, como se trata de uma unidade franqueada tem-se que seguir as normas impostas anteriormente, do contrário há o risco de não operar as atividades corretamente e acabar tendo prejuízos.

8- Arque com as taxas cobradas pela franquia

As taxas cobradas pela franquia é uma das principais questões desta modalidade de negócio, logo o franqueado terá que estar inteirado sobre absolutamente todos os valores a serem pagos. Em primeiro lugar, saiba que há uma taxa de aquisição da marca, a qual fornece o direito de o franqueado trabalhar em nome da marca, normalmente é a maior quantia.

Veja como administrar uma pequena empresa, pode lhe ajudar a administrar a sua franquia.

Também é necessário pagar uma taxa mensal, cujo valor é cobrado a partir de uma porcentagem do lucro, que pode ser de 5% a 30%, dependendo do tipo de franquia. Além disso, também existem as taxas dos royalties pelo uso da marca e da publicidade realizada pela empresa e que, consequentemente, beneficia a sua unidade.

9- Passe pelos treinamentos oferecidos

Outro fator realmente importante e que as pessoas acabam por “menosprezar” é os treinamentos oferecidos pela franquia. Os treinamentos são fundamentais, não apenas por trazer conhecimento sobre como trabalhar o produto da marca, mas também por oferecer toda a forma de gestão administrativa e financeira, sem contar uma maior conectividade com a franquia.

Todas as modalidades de franquias oferecem treinamento para os seus franqueados, visando manter o seu padrão de qualidade. Os treinos são dados em todas as áreas como, por exemplo, gerenciamento, gestão de negócio, execução das atividades, controle de estoque e do caixa, atendimento ao cliente, promoção, recursos humanos e seleção de equipe.

Está sem ideias de qual negócio abrir? Veja nosso texto sobre ideias de negócios.

Após receber treinamento da franquia, é o momento do franqueado selecionar a sua equipe de funcionários e treiná-los, seguindo os conhecimentos que recebeu da marca, de modo a deixá-los bem preparados para operar as atividades e prestar um bom atendimento aos clientes.

Agora que está pronto, que tal abrir uma franquia?

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA