Como Ter Uma Criação de Codornas e os Seus Ganhos

Criação de codornasJá pensou em trabalhar com animais? Veja como ter uma criação de codornas e os seus ganhos!

Você mora em uma cidade que é considerada zona rural, tem uma “grana” sobrando e gostaria de começar um empreendimento? Esta é uma ótima alternativa para contribuir com a economia da sua região, conquistar a sua independência financeira e se tornar um empresário de sucesso. No entanto, é necessário tomar inúmeras precauções para não desperdiçar a sua chance de brilhar no mundo dos negócios.

Em primeiro lugar, o ideal é investir em uma empresa que seja fácil de colocar em prática na zona rural como, por exemplo, as que atuam no ramo do agronegócio. Uma das alternativas mais promissoras do momento é apostar na criação de codornas, que são aves de “fácil” cuidado e podem gerar um bom lucro mensal.

A criação de codornas é um dos negócios que se pode começar com baixo investimento e ir crescendo ao longo do tempo, basta fazer todos os processos da maneira correta e achar os consumidores certos.

Interessou-se por esta atividade? Para te ajudar trouxemos tudo que você precisa saber para iniciar uma criação de codornas. Confira!

Vantagens de trabalhar com a criação de codornas

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Cada vez mais pessoas residentes nas zonas rurais brasileiras têm optado por investir na criação de codornas e este fato não é algo que acontece “à toa”, pois esta atividade além de ser lucrativa traz uma série de vantagens para quem almeja empreender.

Primeiramente, um dos principais benefícios deste serviço é o baixo investimento inicial, ou seja, não é preciso ter rios de dinheiros para começar a sua empresa. Claro, você precisará aprender como fazer um planejamento e ter um mínimo de capital de giro.

A praticidade também é uma das vantagens da criação de codornas, pois se pode utilizar uma estrutura simples e básica, que garanta total segurança e bem-estar aos animais, mas que não é cara. Por fim, esta atividade permite obter dois tipos de ganho, visto que é possível lucrar com a venda das próprias aves ou dos seus ovos, o que aumenta os rendimentos no final do mês.

Conheça Mais Sobre as Codornas

Provavelmente você já tenha tido contato pelo menos 1 vez com codornas, correto? Mas, de qualquer forma, é sempre bom saber um pouco mais sobre o assunto, pois isto só tem a contribuir para com o seu negócio.

Bom, as codornas são aves de pequeno porte, que são originárias do continente asiático, mais especificamente do Japão, no qual a codorna é utilizada para consumo há mais de 10 mil anos.

As codornas foram trazidas para o Brasil em 1950, quando aconteceu uma onda de imigração dos japoneses para as terras tupiniquins. Estas aves se caracterizam por crescerem rápido, reproduzindo-se com frequência, o que é uma grande vantagem para quem vai vender as aves ou os ovos. As codornas também são mais saudáveis que as galinhas, pois possuem uma baixa quantidade de hormônio, tendo uma carne menos gordurosa, oferecendo menos riscos ou transtornos ao criador. Além, é claro, de ter uma um gosto muito saboroso e preferível por algumas pessoas.

Dicas Sobre a Criação de Codornas

Ok, você decidiu que vai começar a sua empresa de criação de codornas? Então é o momento de começar a colocar a “mão na massa”, o que acha?

Para que o seu projeto dê certo e você possa lucrar muito é necessário tomar o máximo de cuidados para que a atividade seja bem sucedida, desde a montagem da estrutura do cativeiro até o processo de venda. No tocante as vendas, confira nosso texto sobre dicas de vendas e melhore o seu faturamento.

Veja abaixo tudo sobre codornas.

1 – Estrutura Para a Criação de Codornas

Ao optar por trabalhar com a criação de codornas, uma das suas maiores preocupações deve ser com relação à estrutura em que as aves serão colocadas, pois isso interfere no desenvolvimento delas, na reprodução, na colocação de ovos e na saúde. Portanto, a estrutura tem que ser planejada com riqueza de detalhes e observando os melhores padrões de qualidade para elas.

O local para a criação de codornas precisa ser grande? Não, pode até ser compacto, mas deve ter espaço suficiente para que as aves possam circular com conforto, sem se machucarem. Podem ser construídos cativeiros em madeira e cercados por tela. Se a criação for grande, o ideal é optar por um galpão de alvenaria com, pelo menos, 16 m², que é capaz de abrigar aproximadamente 1,5 mil aves.

É de fundamental importância que o cativeiro para criar as codornas tenha uma boa circulação de ar, devendo estar em uma temperatura ambiente de até 19º C, que não interfere na fertilidade das aves. O local tem que ser muito bem protegido do excesso de sol, do vento e da chuva, uma vez que a saúde das codornas pode ser afetada por estes elementos. Neste caso, pode-se investir em telhas de amianto, as quais são funcionais e possuem baixo custo.

Fique atento à altura do cativeiro, pois as aves precisam se movimentar e se não houver espaço suficiente para todas, a tendência é que elas passem a disputar espaço, acabem brigando e se machucando. Para evitar este problema, recomenda-se que o local tenha pelo menos 1m de altura.

2 – Escolha as Raças de Codornas

Assim como os outros animais, as codornas também são divididas por categorias e raças. Cada raça e categoria apresentam as suas vantagens e desvantagens. Para a criação de codornas em cativeiros a raça mais indicada, trata-se da Coturnix japônica, que também é conhecida como “codorninha”, caracterizando-se por ter mais carne.

As codornas Coturnix japônicas se adaptam com maior facilidade ao clima do Brasil, as fêmeas botam, no mínimo, um ovo por dia. O primeiro ovo fértil surge 20 horas depois da primeira cópula. Estas aves apresentam uma estrutura pequena, pesando de 155 a 180 gramas, apresentando uma mancha castanha no peito. As codornas crescem e se reproduzem em até 45 dias, ficando prontas para abate entre 5 e 6 semanas de vida.

Perceba que o período de criação e momento do abate é relativamente curto, assim, os lucros não demoram tanto a vir, o que facilita um bom planejamento e até mesmo um plano de ação focada na expansão.

3 – Reprodução das Codornas

O fato de a criação de codornas ser uma das atividades mais executadas do agronegócio se deve à facilidade com que ela se reproduz, fazendo com que o criador sempre tenha produtos a oferecer aos seus consumidores, tanto ovos quanto a própria ave. Para você ter uma ideia, apenas uma codorna é capaz de reproduzir outras 42 aves, visto que ela coloca ovos com frequência.

Não há necessidade de esperar uma data certa para a reprodução das codornas, pois os machos e as fêmeas podem “cruzar” durante todo o ano, basta deixá-los juntos por 12 horas seguidas. Um único macho pode reproduzir com até cinco fêmeas, mas ele deve ser substituído após dois anos, do contrário, a raça pode sofrer mutação genética.

Após um dia de reprodução, é necessário deixar o macho descansando por no mínimo 24 horas, depois deste período ele pode ser reintegrado no cativeiro junto às fêmeas, que por sua vez também têm que ficar isoladas, assim evita-se situações de stress que possam interferir na fertilização. Os ovos geram novas aves em aproximadamente 16 dias.

4 – Alimentação de codornas

As codornas possuem uma alimentação de baixo custo, pois necessitam de uma dieta vegetariana. Estas aves podem consumir todo o tipo de vegetal, mas é indicado combinar os vegetais com rações específicas para que elas possam ter refeições balanceadas, o que ajuda no ganho de peso em um curto período de tempo.

Para garantir que as suas codornas cresçam saudável, uma boa dica é consultar um zootecnólogo, que é o profissional mais adequado para montar uma dieta apropriada para as aves, incluindo vegetais e proteínas.

É importante quando se trata de criação de animais tomar cuidados quanto as resoluções e normas técnicas dos órgãos ambientais, as multas por desobediência costumam ser elevadas e sem contar que, caso exista ilegalidade, seu cativeiro será desativado e você perderá dinheiro. Lembre-se, um negócio precisa ser bem estruturado, a empresa precisa estar em “dia” com sua documentação e, por fim, a administração deve ser “impecável”, essa tríade irá levar você ao sucesso!

Você pode, embora não seja o mais recomendado, começar a criação de codornas em casa, utilizando-se de gaiolas para criar codornas, porém, é claro que a sua produção será pequena e terá bastante trabalho com “cheiro” e barulho.

Que Tal Começar Agora Mesmo a Sua Criação de Codornas e Nos Contar o Retorno Financeiro?

5.00 avg. rating (93% score) - 2 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA