Como Plantar Grama Esmeralda

Grama EsmeraldaQuer aprender como plantar grama esmeralda? Talvez até ganhar dinheiro com isso? Confira aqui!

Um jardim bem cultivado faz toda a diferença, sendo capaz de embelezar a área externa de qualquer casa. Quando se fala em jardim, a primeira coisa que nos vem à cabeça são as flores, no entanto, existe outro elemento que é de suma importância, trata-se da grama, que funciona como um tapete natural.

A grama pode nascer naturalmente no terreno, mas nem sempre ela será regular e resistente. Por isso, muitas pessoas preferem comprar a grama para obter maior qualidade e ter menos trabalho no processo de cultivo. Além de enfeitar os jardins, as entradas de casas e estabelecimentos, a grama pode ser uma ótima modalidade de negócio, uma vez que é muito requisitada, especialmente nos grandes centros urbanos.

Embora tendência a construções de prédios a grama permanece a ser utilizada com forte demanda, até mesmo porque, normalmente, são criadas áreas de “recreação” e lazer, as quais levam grama na sua construção.

Há diversas variedades de gramas que podem ser cultivadas com fins comerciais, dentre elas está a grama esmeralda, que se caracteriza por ser mais alta, macia e apresentar um verde intenso, sendo uma das mais valorizadas do mercado. Quer trabalhar nesta área?  Para te ajudar nós iremos trazer ótimas informações e dicas sobre como plantar grama esmeralda. Confira abaixo!

Conheça a Origem da Grama Esmeralda

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Para que qualquer cultivo seja bem sucedido é primordial conhecer tudo sobre o item cultivado. Portanto, compreenda que a grama esmeralda tem o nome científico de Zoysia japônica, podendo ser conhecida popularmente como Grama-zóisia ou zóisia-silvestre, pertencendo à família Poaceae, o que lhe confere um tamanho maior que o das demais espécies.

A grama esmeralda tem a sua origem no continente asiático, mais especificamente no Japão, o que faz com que ela se adapte com maior facilidade às regiões que apresentam um clima Mediterrâneo, Tropical, Subtropical e Temperado, pois as suas principais necessidades para se desenvolver é justamente a luminosidade e calor moderado.

A beleza que a grama esmeralda oferece aos jardins foi o motivo principal de se tornar tão comum em inúmeros países distintos.

A grama esmeralda traz consigo algumas características peculiares, como é o caso de ser bastante alta, podendo atingir até 15 cm de altura, além de apresentar folhas compridas e finas, com textura densa e semelhante à estrutura de uma agulha. Apesar de ser mais rústica, a grama esmeralda não suporta o excesso de pisoteio, não sendo recomendada para campos que recebem práticas esportivas por exemplo.

Por que Plantar a Grama Esmeralda?

Você ainda está na dúvida sobre começar o plantio desta espécie de grama? Bom, há diversos motivos que podem te ajudar a tomar esta decisão. Primeiramente, um bom motivo para investir no cultivo comercial da grama esmeralda é o fato deste mercado estar em expansão e o produto ser um dos mais valorizados, sendo utilizado em jardins caseiros e no setor de paisagismo, o que possibilita ter ganhos maiores.

Além disso, plantar a grama esmeralda é uma atividade de baixo custo, bastando basicamente contar com a propriedade adequada para o cultivo. A planta se adapta facilmente às condições climáticas do Brasil, reduzindo os gastos com manutenção e promovendo economia para o bolso do produtor.

Um dos problemas mais comuns enfrentados por jardineiros e especialistas no assunto é, justamente, o alto esforço empregado para fazer com que a grama “pegue” nos terrenos dos clientes, até mesmo porque o cliente quer que a grama tome conta do espaço e, caso isso não aconteça, acaba-se por ter problemas na relação entre cliente e jardineiro. Por isso, cada vez mais os jardineiros/clientes estão em busca de uma grama com melhor desempenho, desenvolvimento e pouca manutenção, razões pelas quais a grama esmeralda está tendo uma ótima demanda.

Dicas de Como Plantar

O ideal é que você, que estará comercializando a grama esmeralda, tenha também uma equipe para plantá-la na casa do cliente, com isso, consegue-se atingir um nível de lucro muito maior, já que ganhará tanto na venda do produto quanto na mão-de-obra para plantá-la.

Apesar de ser uma espécie rústica e relativamente resistente, o cultivo comercial da grama esmeralda requer diversos cuidados para que seja possível obter um produto de qualidade e que posteriormente possa ser transplantado sem sofrer danos significativos. Por isso, acompanhe abaixo nosso passo a passo de como plantar grama esmeralda e comercializá-la:

1- Escolha o Local para Plantar a Grama Esmeralda

Um dos principais fatores para que qualquer plantação seja bem sucedida é escolher o local adequado. O espaço mais indicado para iniciar o plantio de Grama Esmeralda deve apresentar um clima com temperaturas medianas e chuvas regulares, visto que ela necessita de calor e umidade moderados para se desenvolver.

O solo tem que ser fértil e bem drenável, rico em substratos orgânicos e, de preferência, ser plano, pois se for íngreme pode atrapalhar os processos de semeadura e de colheita da planta, comprometendo a sua qualidade final. O local também deve ficar posicionado a favor do sol, pois a planta precisa de luminosidade plena.

2- Prepare o Solo para o Plantio de Grama Esmeralda

Nem sempre as características naturais do solo são suficientes para promover o crescimento saudável do cultivo. Sendo assim, o ideal é preparar a terra para receber o plantio de grama esmeralda. Comece retirando todas as impurezas e resíduos que estão visíveis no campo superficial e que possam atrapalhar o crescimento da planta.

Caso o solo já tem recebido outro cultivo anteriormente, a tendência é que restos tenham ficado na camada interna, além de os nutrientes estarem menos potentes. Para solucionar este problema, uma boa dica é arar o solo, que consiste em moer os resquícios, o que acelera o processo de decomposição e transforma os resíduos em adubo natural em um espaço de tempo menor.

3- Adquira as Sementes de Grama Esmeralda

A grama esmeralda pode ser cultivada a partir de duas maneiras, através da aquisição das sementes ou das mudas da planta. No geral, estas duas opções podem ser adquiridas em casas de insumos para agricultura ou viveiros de plantas. No caso de adquirir as mudas, é necessário reservá-las na sombra até o momento do plantio.

Embora ambas as modalidades possam surtir efeito e pegar bem, a muda costuma ter um percentual de efetividade maior, isso porque já foi germinada, o que reduz o índice de “não pegar” ao ser plantada no solo.

4- Faça a Semeadura da Grama Esmeralda

Adquiriu as sementes da grama esmeralda? Pois bem, agora é a hora de fazer a semeadura. Portanto, inicie abrindo os canteiros, que devem ser construídos em formato de quadrado, que podem apresentar 1 m de largura e 50 cm de cumprimento, com espaçamento de 30 cm entre cada quadrado. O plantio também pode ser estruturado através de madeiras que ancoram os quadrados, fazendo com que as plantas cresçam dentro do tamanho determinado.

Com uma pá ou enxada é necessário umedecer a terra, revirá-la e posteriormente distribuir as sementes ou transplantar as mudas da grama esmeralda. Feito isso, tem-se que cobri-las com 1 camada de terra. Na sequência, pode-se molhar a plantação novamente, mas com cuidado para não transformar os canteiros em lodo.

5- Irrigue a Plantação da Grama Esmeralda

A grama esmeralda é extremamente dependente da umidade para se desenvolver, especialmente nos primeiros dias de plantação. Durante o processo de germinação, que normalmente ocorre entre os 15 dias iniciais, a irrigação tem que ser realizada diariamente, duas vezes por dia.

Quando a grama brotar e estiver apresentando um tamanho de 5 centímetros, significa que o enraizamento está forte, logo, a irrigação pode ser reduzida, sendo feita apenas uma vez por dia, de preferência no período da manhã, pois assim a água pode ser absorvida naturalmente com o calor, evitando o encharcamento, que é extremamente prejudicial ao desenvolvimento da planta.

Mesmo que você utilize mudas na plantação, as quais já tenham passado o período inicial de germinação, é indicado que na primeira semana sejam regadas da mesma forma, pois é preciso que ela fixe suas raízes ao solo.

6- Tratos Culturais da Grama Esmeralda

Como a grama esmeralda é cultivada em um solo fértil e é constantemente irrigada, o ambiente atrai o desenvolvimento de outras plantas, especialmente pragas e ervas daninhas, que roubam os nutrientes do solo e prejudicam o crescimento da grama. Levando isso em consideração, é necessário acompanhar a plantação, identificando-se estes agentes externos e posteriormente os eliminando.

Nesta etapa, é importante ressaltar que os tratos culturais devem ser feitos manualmente e sem a adição de substâncias químicas como, por exemplo, pesticidas, pois eles são capazes de desidratar a planta, deixando-a amarela e seca, o que rapidamente resultará na “morte” da grama.

7- Colheita da Grama Esmeralda

A grama esmeralda fica pronta para colheita quando adquire um aspecto de tapete, apresentando um tamanho de 15 cm de altura. Como o produto será utilizado para fins comerciais, a colheita deve ser feita por meio do recorte de placas, ou seja, quadrados, que precisam ser retirados com aproximadamente 20 cm de terra para posteriormente serem replantados.

Caso seu objetivo seja plantar a grama esmeralda na sua casa, siga esse mesmo procedimento, apenas não irá fazer a colheita da grama esmeralda, no mais, será exatamente igual.

Pronto Para Ganhar Dinheiro com a Venda da Grama Esmeralda?

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

2 COMENTÁRIOS

  1. Solicito favor de me indicar literatura a respeito de cultivo comercial de grama Preta ou algum órgão onde me possibilite informações a respeito.
    Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA