Restaurantes: 10 dicas para dar certo

Delfino Golfeto
Delfino Golfeto

Um restaurante não requer um investimento simples. Espaço, pessoal e maquinário consomem boas cifras. Por isso, o empreendedor não pode colocar tudo por água abaixo. A forma como ele vai gerenciar o negócio e as decisões que vai tomar serão de extrema importância para que o resultado seja positivo.Delfino Golfeto, proprietário do Restaurante Água Doce, criou a empresa em 1990. Na verdade ela nasceu aliando suas duas paixões: a cachaça e a comida. Em apenas três anos, entrou para o franchising. De lá para cá, o crescimento foi a olhos vistos: já são quase 100 unidades espalhadas em todo o Brasil.

A expansão no segmento de alimentação – cerca de 10% ao ano – é reflexo do crescimento do número de pessoas que come fora de casa. E, de acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising, atualmente, cerca de 20% do faturamento das franquias aqui no país vem através desse segmento. A concorrência não é elemento que passa despercebido: é preciso estar atento ao que a outra marca oferece, tentar não perder o público que já se fidelizou e, ainda, achar um caminho para captar novos clientes.

Para se dar bem em um mercado competitivo e cheio de novidades, Golfeto – que, quando jovem, chegou a ser boia-fria – segue uma cartilha à risca. A receita para dar certo? Espia aqui embaixo:

Gestão Administrativa

Consiste em, literalmente, ter os números do restaurante na mão. Com isso você pode saber quão disponível está seu capital para investir em ampliações, pagamento de funcionários, controle de compras, despesas em geral.

Gestão de DRE

Trata-se de uma planilha de Demonstrativo de resultado de um exercício (mês), com ela você tem a exata posição financeira que seu restaurante está. Pode acontecer de acharmos que estamos ganhando dinheiro, mas quando colocamos os números no DRE eles nos mostra o contrário. Podemos traçar estratégias financeiras através dessa ferramenta, para nos auxiliar no quesito que muito nos interessa, o dinheiro.

Equipe capacitada

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Investir em treinamento é essencial para ter um ambiente que ocorra tudo conforme planejamos. A capacitação do colaborador tem que ser vista e revista quase que diariamente, pois nós temos o “olho do dono” que faz toda a diferença. Tentamos transmitir isso para todos.

Compras

É ter ferramentas que nos possibilite ter os custos de nossos produtos. Com isso podemos colocar nossa margem de lucro desejada. Hoje existem programas que nos auxiliam nessa ferramenta, até para renovação de preços em cardápio. Costumamos dizer que o segredo do lucro de um restaurante está na compra bem feita.

Gestão de estoque

Lá está boa parte do nosso capital, o estoque é primordial para ter o retorno em lucro. Ter um controle efetivo para não deixar os produtos vencerem utilizar ferramentas de gestão como o PEPS (Primeiro que entra, primeiro que sai) ou PVPS (Primeiro que vence, primeiro que sai). Usando ferramentas e tendo pessoas engajadas para esse setor faz toda a diferença.

Marketing

Transmitir para o público nossas promoções, nossas ações internas e externas é visto como um excelente investimento. Propaganda e criar desejo no consumidor, fazendo ele sair de casa para aproveitar nossa promoção. Hoje interessa muito as  campanhas bem feitas e atrativas fazem a diferença.

Gestão de pessoas

São eles que colocarão em prática o que planejamos. Tendo incentivos, não apenas financeiro, mas de motivação, fazê-los sentir importante para nós que estamos a frente do negócio, porque eles são muito importantes. Existem várias ferramentas que podemos usar para o melhor aproveitamento de nosso colaborador. Passar nossa expectativa, plano de metas, entre tantos outros.

Organização e limpeza

O cliente ao entrar em nosso restaurante ele observa todos os pontos, colocação das mesas, limpeza dos ambientes, uniforme dos garçons. Nos preocupamos muito com esse tema, temos um chek list que antes de começar a operação temos que listar um por um. Estando todos os itens apontados podemos iniciar.

Fornecedores

Temos que ter um contato muito próximo com nossos fornecedores e parceiros, são eles que nos entregam a mercadoria que iremos oferecer a nossos clientes. Tendo um bom relacionamento conseguimos ganhar benefícios, que sempre somam a nossa operação.

Engajamento

Essa é a palavra do ano, é ela que faz a diferença nos momentos de desafios que estamos passando. Engajamento entre proprietários e colaboradores. Quando você está engajado em fazer algo, ele sempre sai da melhor maneira. Como fazer isso? Mostrando o “para que” fazer. Se eu souber o porque e para que eu faço algo, eu crio a vontade e força para ir até o fim da melhor maneira possível, e isso faz a diferença em nosso ramo.

Você tem uma dica de sucesso para se dar bem no segmento dos restaurantes? Conte para a gente!

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA