Food truck de pizzas: 10 dicas para não ser só mais um

Raphael Corrêa e as sócias - crédito Tatiana Ferro
Raphael Corrêa e as sócias – crédito Tatiana Ferro

Muita gente gosta de pizzas. E preparada de forma rápida, mas com diferencial, esse negócio pode cair nas graças de grande parte da população. Então, que tal pensar em um food truck?

Não é à toa que o segmento tem crescido exponencialmente: são negócios relativamente em conta, divertidos, sem rotina, mas que englobam a seriedade de qualquer empreendimento.

Se você é desses que quer mudar o rumo da sua vida e pensou em abrir um negócio no ramo da alimentação, considere o food truck de pizzas.

Para te ajudar, Raphael Corrêa, sócio do Massa na Caveira, dá 10 dicas imperdíveis para você não ser só mais um nas ruas. Confira:

Não copie

Não comece copiando um food truck bacana que você viu por aí: o food truck é, acima de tudo, um negócio, uma empresa que gera tanta responsabilidade quanto qualquer outra. É fácil bater o olho em um carro bonito com design bacana que parece tão simples de operar e querer fazer a mesma coisa. Mas a fila em frente ao truck bonito que você quer copiar significa muito trabalho nos bastidores e nenhum glamour.

Planeje

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Não existe sucesso em negócios que abrem de um dia pro outro. É preciso ter um plano definindo – onde você quer chegar – e, principalmente, se isso é viável e como fará para acontecer.

Tenha uma receita original

Não seja mais do mesmo. Procure acrescentar algo só seu, uma receita de família, uma releitura de um prato que comeu e se apaixonou… Tem um restaurante que você adora e acha que consegue reproduzir seu prato preferido? Não faça isso. Inspirações são bem vindas, reproduções não. Se alguém já teve a ideia e já faz sucesso com ela, tenha uma diferente e faça sucesso você também.

Estude e pratique

Se você não é chef, precisará aprender algumas coisas que serão fundamentais para facilitar seu dia a dia.  Cozinhar para os amigos não é a mesma coisa que cozinhar para os clientes. Amigos entendem aquela carregada no sal, ou a queimadinha no canto, consumidor não. Cliente quer sempre o melhor e com toda a razão.

Atenção ao seu preparo físico

Com seu truck, com certeza você vai precisar carregar caixas, fazer reparos simples, dirigir o caminhão, trabalhar em pé o dia todo, passar calor, frio e tudo mais.

Trabalhe com ingredientes muito frescos

Food truck está sempre na rua, debaixo de sol e calor, o cuidado com os ingredientes deve ser redobrado e o cardápio deve ser pensado de acordo com as possibilidades de cada ingrediente.

Tenha um bom software

Os processos no food truck são reduzidos: a mesma pessoa que pega o pedido, cobra, atende e entrega a comida ao cliente. A organização é essencial e um software para isso pode ajudar muito.

Ofereça uma experiência para seu cliente

Converse mais, conte história, trate a pessoa como seu amigo. Nos food trucks devemos ir além de pegar o pedido, cobrar e entregar: a relação com o cliente é nosso diferencial.

Crie novos formatos

Não basta fazer e entregar uma pizza, por melhor que o produto seja. No food truck devemos reinventar. Uma massa em formato inusitado, possibilitar que o cliente monte a própria pizza, fazer promoções, diferentes tipos de interação são importantes.

Selecione endereços e pontos de acordo com seu público alvo

Considere também os horários, temperatura do dia, idade do público, etc. Tudo deve girar em torno do seu produto. Para pizza, por exemplo, não há idade, mas o melhor período para vendas é certamente o noturno.

Você tem outras dicas de food trucks para compartilhar conosco?

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA