Cultivo de Flores

Cultivo de FloresComece o seu cultivo de flores, aprenda como fazer e as principais flores utilizadas.

Qualquer espaço ganha mais vida e um ar diferenciado quando é decorado com flores, elas têm a capacidade de transmitir delicadeza, charme e elegância, além de exalar um aroma agradável na maioria das vezes. As flores são comumente usadas para decorar os jardins, os ambientes internos e também os eventos. Felizmente, para quem adora usá-las como elemento de decoração, as flores podem ser encontradas em uma ampla cartela de espécies, que vão desde as simples até as mais sofisticadas.

Gosta de trabalhar com jardinagem, flores e paisagismo? Montar uma empresa de jardinagem pode ser uma ótima opção de negócio para você, tendo investimento inicial baixo e um retorno atrativo, principalmente se for trabalhar o dia inteiro, caso esteja desempregado.

Embora as flores agradem a maioria das pessoas no Brasil, o cultivo delas e a abertura de negócios voltados para a venda destes produtos ainda são pequenos, sendo um ótimo filão de mercado para quem deseja investir em uma atividade comercial. O país conta com muitas espécies nacionais e também com flores de outros continentes, as quais se adaptaram bem às condições climáticas brasileiras.

Ao trabalhar com o cultivo de flores você pode oferecer seus produtos de duas formas, diretamente para floriculturas em maior escala, tendo de vender por preços mais baixos, ou para o consumidor final, com uma margem de lucro maior. Ambas as modalidades podem ser mescladas, o que irá tornar o seu negócio mas lucrativo e estável.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Você quer cultivar as flores para o uso próprio ou para fins comerciais? Pois bem, para tornar isto possível é necessário conhecer todos os meandros que envolvem o cultivo de cada espécie, devendo condicioná-las ao tratamento apropriado para que elas sobrevivam.

Por ser uma atividade relativamente complexa, já que não depende exclusivamente de você, mas também de condições adversas como o solo, chuva e etc, criamos este texto, focando em ensiná-lo Como Cultivar Flores. Lembre-se, fazendo as coisas certas, a probabilidade de obter sucesso é muito maior! Confira abaixo:

Tipos Mais Comuns de Cultivo de Flores

Conforme já foi dito, as flores podem ser encontradas em uma grande variedade de espécies, porém, algumas são mais comuns do que as outras, ganhando a preferência para cultivo devido ao fato de serem bonitas, adaptarem-se com mais facilidade e necessitarem de poucos cuidados. Veja a seguir quais são os tipos mais comuns de cultivo de flores:

1 – Cultivo de Flores Onze-Horas

A flor Onze-Horas é uma das mais cultivadas e bonitas, tendo este nome pelo fato de atingir o seu florescimento máximo antes do meio-dia, dependendo da região e da posição do sol. Esta flor pertence à família das Portulacaceae, caracterizando-se por ter duas camadas de pétalas bem delicadas nas cores rosa, violeta, laranja ou branca.

Uma das principais vantagens da flor Onze-horas é ter um cultivo muito simples, necessitando apenas de muito sol para se desenvolver. A planta pode ser fixada em vasos ou em jardins, adaptando-se tanto ao calor quanto ao frio, devendo ser regada regularmente, três vezes por semana.

Quer aprender a plantar uma das flores mais famosas? Veja nosso texto sobre como plantar rosa, com certeza pode ser um cultivo de flores rentável para você, mas claro, é importante aprender exatamente como cultivá-la, já que é mais complexa do que o cultivo de flores trazidos neste texto.

2 – Cultivo de Flores Gérbera

A gérbera é uma das flores preferidas para cultivo devido à grande variedade de cores que possui, que vão desde vermelho até o branco com tonalidades intensas e vibrantes, sendo ótimas para a decoração de ambientes internos, além de exigir poucos cuidados, pois se adaptam melhor às regiões quentes e de clima seco.

A flor gérbera é herbácea e perene, tendo a capacidade de florescer durante todo o ano, podendo atingir até 40 cm de altura. Apesar de ser muito tolerante ao clima seco, nos períodos de escassez de chuva ela deve ser regada regularmente, pelo menos duas vezes por semana, além de ser plantada em uma região com incidência de sol, pois necessita de luminosidade para crescer.

3 – Cultivo de Flores Violeta

A violeta é uma das flores mais utilizadas em arranjos de decoração, pois são extremamente delicadas e possuem uma cartela variada de cores. A planta se caracteriza por ter folhas verdes, que são cobertas por penugens semelhantes ao veludo, apresentando flores miúdas que podem ser brancas, azuis, rosas, violetas ou mescladas.

Para quem trabalha com artesanato para vender, utilizar flores violeta como forma de decoração, principalmente nos vasos, pode ser uma ótima opção para agregar mais valor ao produto, cobrando mais ou simplesmente para maximizar a demanda e qualidade.

As flores violetas podem ser cultivadas diretamente no jardim ou em vasos de barro ou plástico, precisando de cuidados simples para se desenvolver. Esta planta deve ser mantida em um ambiente com luminosidade, mas sem receber a incidência direta dos raios solares. A violeta tem que ser regada apenas uma vez por semana, pois o excesso de água prejudica a sua raiz.

4- Flores Mini-Margarida

As mini-margaridas são flores muito populares, sendo que entre 20 mil espécies de margaridas, elas equivalem a 10% de todas que existem no planeta, as quais chamam a atenção por terem botões bem pequenos e exibirem charme e graciosidade com um miolo amarelo e pétalas coloridas, sendo perfeitas para compor buquês.

As flores mini-margaridas possuem um trato mais delicado, precisando de um solo bem drenável e rico em nutrientes, devendo ser plantada em um vaso ou no jardim, recebendo a luz do sol ao menos, três horas por dia. As regas têm que ser feitas duas vezes por semana.

Dicas Para o Cultivo de Flores

Cada espécie de flor tem características específicas, mas existem cuidados básicos, muito simples de colocar em prática e que podem ser utilizados para garantir a sobrevivência de todos os tipos de plantas. Acompanhe abaixo algumas dicas para o cultivo de flores:

1- Preparar o Solo Para o Cultivo de Flores

Este talvez seja o princípio básico para quem deseja trabalhar com o cultivo de flores, já que todas as plantações, inclusive de vegetais, como é o caso da plantação de cenoura, necessitam de um solo bem tratado, com os nutrientes corretos, somente assim crescerão bonitas e saudáveis.

Para obter flores bonitas e de boa qualidade você deve primar por todos os aspectos que envolvem o seu cultivo, mesmo antes de fixá-las na terra. Portanto, a primeira coisa a se fazer é preparar o solo para o cultivo de flores, comece carpindo o espaço para retirar todas as impurezas e ervas-daninhas.

Se o local já recebeu o cultivo de outras plantas, provavelmente a nutrição do solo foi reduzida, sendo preciso recuperá-la. Neste caso, pode-se revirar a terra para moer os resquícios das outras plantas e transformá-los em um adubo natural. Também é possível fazer a aplicação de um inseticida para evitar o aparecimento de formigas e demais insetos que possam danificar as flores. No entanto, o produto tem que ser aplicado com um mês de antecedência ao plantio de flores.

2- Proteção das Mudas no Cultivo de Flores

Uma das principais reclamações de quem começa o cultivo de flores é o fato de elas morrerem antes mesmo de florescerem. Por isso é preciso estabelecer métodos de proteção das mudas, que é o período em que as flores são mais sensíveis, podendo morrer se forem expostas aos cuidados inadequados.

Se as flores plantadas são sensíveis ao excesso de sol ou de frio, o ideal é que as suas mudas sejam cobertas por uma lona de plástico, pelo menos durante as duas primeiras semanas. Além disso, o ideal é evitar manipular as mudas com frequência, pois o toque, por mais delicado que seja, pode amassar as folhas e culminar na morte da planta.

3- Uso de Matéria-Orgânica no Cultivo de Flores

O uso de matéria-orgânica é um dos principais aliados no cultivo de flores. Levando isso em consideração, é indicado enriquecer o canteiro das flores com compostos naturais como, por exemplo, folhas e caules de outras plantas, cascas de frutas e de ovos.

Conforme as flores forem crescendo, o solo vai “gastando” os seus nutrientes, logo, para evitar que a flor fique desnutrida e perca a sua beleza, recomenda-se revirar os canteiros a cada três meses e depositar compostos naturais para renovar os nutrientes da terra.

4- Regas Regulares do Cultivo de Flores

Embora algumas flores necessitem mais de regas do que outras, você sempre precisará estar atento a quantidade de vezes que o cultivo de flores precisa receber as regas, caso contrário provavelmente perderá a sua plantação ou terá flores com qualidade abaixo do esperado.

Para que uma flor cresça de maneira saudável, viçosa e bonita, é de fundamental importância fazer regas regulares, que deve estar de acordo com as necessidades específicas de cada espécie. Afinal de contas, algumas flores precisam de um clima árido, enquanto outras têm que ser condicionadas à umidade continuamente.

Geralmente, as flores de clima seco são regadas uma vez por semana e as que carecem de umidade, pelo menos, três vezes por semana. É importante ressaltar que a água utilizada nas regas precisa ser de boa qualidade, de preferência sem a adição de cloro, pois esta substância pode amarelar ou desidratar as flores.

Como Está o Seu Cultivo de Flores? Se Ainda Não Começou, Agora é a Sua Hora! Conte-nos Como Estão.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA