Como Começar Uma Criação de Pirarucu

Criação de PirarucuQuer começar uma criação de pirarucu? Nós ensinamos como fazer!

Você não dispensa um peixe no seu cardápio semanal? Você não está sozinho, pois cada vez mais pessoas estão dando preferência para os alimentos que contribuem para com a saúde a curto e longo prazo, trocando as carnes vermelhas pelo peixe, que é mais saudável para o organismo. Esta nova situação também serviu para movimentar o mercado que produz e comercializa este alimento.

O seu desejo é começar um negócio próprio em uma propriedade rural? Uma boa alternativa é iniciar uma criação de pirarucu, que é um dos peixes mais saborosos, apresentando uma carne macia e de gosto sutil. Há diversas vantagens em ingressar neste mercado, pois a tendência é que a carne de peixe seja cada vez mais consumida, além de ser um negócio que requer um investimento baixo e com um bom potencial de lucros financeiros.

Quer dar início à sua criação de pirarucu? Para que esta atividade realmente seja um sucesso é preciso fazer um planejamento, levando em consideração todos os detalhes, que vão desde a escolha do local para depositar os peixes até o tratamento que eles irão receber.

Para te ajudar iremos trazer mais informações e dicas sobre a criação de pirarucu. Confira abaixo.

Conheça Mais Sobre o Pirarucu

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O primeiro passo para começar a sua criação de pirarucu é conhecer tudo sobre esta espécie de peixe, o que permite condicioná-lo a um tratamento aprimorado. O pirarucu é considerado um dos maiores peixes de água doce, sendo um dos preferidos dos consumidores pelo fato de ter um bom rendimento de carne.

O pirarucu é um peixe típico dos rios que passam pela Amazônia, tendo o nome científico de Arapaima gigas e podendo se adaptar às outras regiões do Brasil, sendo que as maiores criações estão concentradas no Centro-oeste, Nordeste e Sudeste. Algumas das principais características do pirarucu é a facilidade para se desenvolver em águas com níveis diversificados de pH e concentração de sais minerais.

Esse peixe necessita de uma água muito bem oxigenada, sendo um cuidado imprescindível para quem deseja iniciar a sua criação de pirarucu com sucesso.

Por Que Investir na Criação de Pirarucu?

Há diversos motivos que incentivam a criação de pirarucu. Em primeiro lugar, é preciso compreender que se trata de um peixe que oferece uma das carnes mais saborosas e que mais tem caído no gosto dos brasileiros, o que faz com que este mercado esteja em expansão, tendo um bom potencial de rendimentos financeiros.

Apesar de ser bem aceito pelos consumidores, ainda há poucos exploradores atuantes na criação de pirarucu no Brasil, sendo assim, a concorrência pode ser considerada “baixa”, consequentemente, facilitando para se solidificar no mercado e obter uma boa demanda.

Sendo assim, investir nesta atividade pode ser uma excelente oportunidade para quem deseja largar na frente e construir o seu próprio filão de mercado. Este tipo de peixe se adapta bem a qualquer local com água doce, necessitando de pouca manutenção, o que gera certa economia para o bolso do produtor.

Dicas Para a Criação de Pirarucu

Embora o pirarucu seja um peixe de fácil adaptação, a sua criação exige alguns cuidados específicos, principalmente no que diz respeito ao trato, pois este é um fator de fundamental importância para que ele cresça adequadamente, ganhe peso e satisfaça o consumidor final. Acompanhe abaixo as dicas para começar a sua criação de pirarucu que reservamos exclusivamente para você!

1- Água Para a Criação de Pirarucu

Para obter êxito na criação de pirarucu é necessário começar cuidando de uma das questões mais importantes, a água, na qual os peixes serão depositados e mantidos até o momento da comercialização. Portanto, comece sabendo que o pirarucu tem que ser criado exclusivamente na água doce, pois não sobrevive de forma alguma na água salgada.

A água mais apropriada para iniciar a criação de pirarucu deve ter uma cor clara, apresentando pouca quantidade de sedimentos e ser um pouco alcalina. Esta espécie de peixe prefere viver em águas tranquilas e com uma temperatura que gira entre 24ºC e 37ºC, que favorece a sua reprodução e sobrevivência. É essencial que a água não sofra mudanças bruscas de temperatura. Nas regiões mais frias, o lago ou piscina utilizado para o criadouro deve ser encoberta com uma estufa para manter o calor no local.

2- Estrutura da Criação de Pirarucu

Para que os pirarucus cresçam de acordo com as expectativas do produtor é preciso montar a estrutura adequada para o criadouro. Atualmente, alguns produtores têm optado pelo cultivo de uma forma mais moderna, que consiste na elaboração de um tanque de rede, em que os peixes são depositados em redes, separados por tempo de vida.

No entanto, a estrutura que ainda é a mais indicada para a criação de pirarucu é a do tanque escavado na terra. Neste caso, é preciso contar com um terreno espaçoso e uma retroescavadeira para abrir um buraco com, pelo menos, 1,50m de profundidade e 2,0m de largura. O abastecimento da água deve ser feito através de um tubo de PVC e um canal, que transporte a vazão da água até o tanque. O ideal é criar dois tanques, um para cativeiro inicial e outro para a engorda.

3- Compra dos Pirarucus

Para dar início à sua criação de pirarucu é preciso adquirir os peixes. Os pirarucus devem ser comprados exclusivamente em viveiros que comercializam diretamente para produtores, pois dessa maneira é possível comprar animais mais bem tratados e de boa qualidade, dando menos trabalho para se adaptar. Sem contar que o preço se torna mais em conta, já que é adquirido em grande quantidade e diretamente dos produtores.

Os pirarucus devem ser comprados a partir de 1 a 2 meses de vida. Os peixes devem ser mantidos em caixas com água doce durante o transporte até o momento de serem transferidos para o tanque do criadouro, pois se forem condicionado a um recipiente sem oxigênio e água eles morrerão, causando prejuízos.

4- Engorda da Criação de Pirarucu

Ao adquirir os pirarucus é recomendado deixá-los no cativeiro inicial, em que devem ser mantidos até atingirem um quilo. Quando isso acontecer, os peixes precisam ser transportados para o tanque de engorda, onde a densidade deve ser de um pirarucu por dez metros quadrados.

Para que os pirarucus se desenvolvam adequadamente e engordem até ficarem no ponto de serem consumidos é necessário mantê-los no tanque de engorda durante o período de um ano, em que é preciso alimentá-los com uma ração especial para favorecer o aparecimento e maciez da carne. Nesta etapa, o peixe pode atingir até 10 quilos.

5- Alimentação da Criação de Pirarucu

Como os pirarucus estão sendo criados em cativeiro, o produtor tem a sua disposição duas opções de alimentação para oferecer-lhes uma vida saudável. A primeira alternativa é a alimentação natural, sendo necessário criar lambaris ou tilápias como espécies forrageiras até atingirem 40 gramas e servirem de refeição para os pirarucus.

A segunda alternativa de alimentação desta espécie de peixe é a por arraçoamento, que é tida como a melhor opção, que consiste na distribuição de ração no tanque. Os pirarucus devem ser alimentados seis vezes por dia.

6- Reprodução da Criação de Pirarucu

Os pirarucus ficam prontos para se reproduzir quando atingem entre quatro e cinco anos de vida, pesando entre 40 e 45 quilos. Os machos e fêmeas devem ser colocados em habitat natural, em espécie de ninhos. A estimativa é que cada ninhada tenha de três a dez mil alevinos, aumentando consideravelmente a produção de pirarucus. Até atingirem um mês de vida os peixes devem receber cuidados redobrados, inclusive, sendo alimentados com uma ração especial para filhotes.

Pronto Para Começar a Sua Criação de Pirarucu? Conte-nos o Que Achou do Tema!

3.67 avg. rating (74% score) - 6 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

1 COMENTÁRIO

  1. Boa noite, gostei muito das informações deste artigo, tal qual já podemos iniciar a produção dos peixes.
    Gostaria de saber como faço pra alimentar os pirarucus capturados diretamente na natureza com cerca de 18 à 25 cm, como faço pra adaptá-los a se alimentar com ração?

DEIXE UMA RESPOSTA