Passo a Passo Para Iniciar Uma Criação de Peru

Criação de PeruTer uma criação de peru pode ser muito rentável, já pensou em tentar? Veja aqui como ter sua criação de peru!

Se existe um prato que não pode faltar na ceia de Natal é o Peru assado. Embora esta ave seja amplamente consumida no final do ano, também há uma grande parte da população brasileira que a consome durante todo o ano, devido ao sabor e a maciez que a sua carne oferece, podendo ser usada como ingrediente em diversos pratos, desde os simples até os mais sofisticados.

Além de ser ótima para apreciar, a carne de peru também pode ser uma boa oportunidade de negócio, já que o existe uma crescente demanda na busca por esse produto.

Claro, em algumas épocas do ano o peru tem uma demanda ainda maior, como é o caso da ceia de Natal, assim, podemos dizer que é um produto que possui certa ‘sazonalidade’.

Você mora em uma zona rural e gostaria de ingressar no ramo da avicultura? Pois bem, a criação de peru é uma das melhores alternativas, uma vez que a espécie se adapta muito bem às condições climáticas brasileiras, necessitando de pouca manutenção.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

No entanto, assim como qualquer criação, os perus também precisam de cuidados especiais para que sejam capazes de desenvolver uma carne de alta qualidade e permaneçam saudáveis. Para te ajudar, nós iremos trazer mais informações sobre os perus, além de um passo a passo de como criar peru. Confira!

Conheça as Características do Peru

Conhecer as características do animal que se pretende trabalhar é essencial para obter uma criação bem sucedida. O peru é uma ave galiforme da ordem Meleagris, que pode ser conhecida popularmente como peru-selvagem, tendo sido descoberta na América do Norte e posteriormente se expandiu pelo mundo.

No Brasil, as aves foram trazidas pelos portugueses durante o período colonial. Os perus se caracterizam por viverem em grupo, podendo reunir até 20 animais no mesmo lugar. Eles caminham, mas também podem voar em uma altura baixa e em curta distância. Quando domesticados e bem alimentados, estes animais podem atingir até 15 kg.

Para acasalar, o peru macho faz um som característico e levanta as plumas da cauda para chamar a atenção e atrair a fêmea. Esta ave possui uma grande capacidade de reprodução, visto que o as fêmeas podem gerar até 15 ovos por ninhada. O animal possui uma carne extremamente macia e saborosa, o que faz com que ela seja o prato principal e amplamente consumido na Europa e na América, na comemoração do Natal.

Por Que Investir na Criação de Peru?

Investir na criação de peru é um ótimo negócio, pois este é um dos ramos mais promissores da avicultura. Em primeiro lugar, a carne desta ave é muito consumida entre a população brasileira, o que faz com que o produtor encontre um mercado nacional bastante estável e lucrativo, reduzindo os riscos de prejuízos financeiros.

Atualmente, o Brasil é considerado o maior produtor de peru do mundo, exportando o produto em larga escala, o que permite que você possa negociar com clientes internacionais, consequentemente, aumentando os seus lucros. Além disso, este animal se adapta muito bem às condições climáticas brasileiras, necessitando de poucos “cuidados”, com isso, barateando a atividade.

Outro ponto importante e que faz com que a criação de peru seja um bom negócio é a valorização da carne do animal. O preço da carne de peru é lucrativo, valendo mais a pena, na maioria dos casos, do que criar outras espécies de aves.

Passo a Passo Para Ter a Sua Criação de Peru

A produção de carne de peru para fins comerciais requer alguns cuidados importantes, pois se a ave for submetida a condições inadequadas, o seu sabor pode ser alterado e perder a qualidade.

Um erro comum quando se trata do assunto de criação de animais é que os futuros empreendedores estão preocupados demais com a quantidade de animais que poderão comercializar/criar e não com a qualidade do animal. Além de melhorar a sua demanda se tiver uma boa fama de qualidade nos seus animais, para conseguir exportar perus é preciso adequar-se a algumas normas de qualidade exigidas pelos outros países, por isso, foque na qualidade do seu peru e não apenas na quantidade de reprodução.

Quer ter uma criação de peru de qualidade? Confira abaixo como fazer isso com nosso passo a passo.

1- Escolha o Local Adequado Para a Criação de Peru

Em se tratando de criação de peru, todos os cuidados com os animais são fundamentais para obter uma carne de boa qualidade. Sendo assim, a primeira medida é escolher o local mais adequado para instalar a criação destas aves. Antes de qualquer coisa, tenha em mente que os perus são barulhentos por natureza e vivem em grupo, necessitando de locais espaçosos.

Portanto, o ideal é que a criação de peru seja feita em sítios ou fazendas com bastantes espaços, longe dos grandes centros urbanos, o que diminui os riscos de stress dos animais, permitindo que eles se mantenham menos agitados e mais saudáveis.

Também, ter uma criação de peru na região urbana lhe trará problemas com a vizinhança, já que os mesmos fazem muito barulho.

2- Monte a Estrutura Para a Criação de Peru

Os perus são aves que vivem em grupo e possuem porte grande, necessitando de locais confortáveis para se desenvolver. Levando isso em consideração, o ideal é que os animais sejam condicionados a galpões de alvenaria, que possuam repartições de, pelo menos, 10 m² para manter as aves agrupadas, além de instalar comedouros e bebedouros no chão.

O crescimento e saúde das aves também depende da luminosidade e ar que recebem, logo, o galpão deve ser muito arejado, tendo janelas e portas grandes, que permitam que o ar circule e se renove, além da entrada da luz solar durante a maior parte do dia.

Para acompanhar a saúde do peru, uma boa dica é ter uma clínica veterinária de confiança que possa lhe prestar assessoria. Dependendo da quantidade de peru que você tiver, é interessante combinar um valor fixo mensal para que eles auxiliem na saúde da sua criação de peru.

3- Selecione as Espécies de Peru

Para dar início à sua criação de peru é preciso escolher as espécies. Na atualidade, o Brasil se especializou na criação de 3 espécies de peru, que são considerados mais dóceis para manter em cativeiro e ganham peso rapidamente. Trata-se do White Holland, que possui plumagem branca, o Bourbon Red, que tem plumagem vermelha e o Broad Brested Bronze, de plumagem marrom.

O ideal é trabalhar com apenas uma espécie de peru, pois isso facilita a adaptação dos animais no criadouro. Para quem vai fazer uma criação em larga escala, recomenda-se adquirir entre 20 e 30 matrizes de peru, que são os casais para reprodução. Antes de comprar, é necessário avaliar a saúde e a capacidade de produção dos animais.

4- Alimentação da Criação de Perus

A alimentação dos perus é diferente na fase de filhote e na idade adulta. Nos primeiros dias de vida, os filhotes podem ser alimentados 3 vezes ao dia, em quantidade mediana, com ração especial, que deve ser equilibrada com verduras picadas, leite e aveia.

Quando adultos, os perus podem ser alimentados com ração balanceada, quirera e milha, servidos 3 vezes ao dia, em grande quantidade. Também, é preciso trocar a água diariamente para mantê-la limpa.

Após 4 meses de vida, o peru tem que ser submetido ao processo de engorda, que consiste em acelerar o ganho de peso dos animais, neste período, a sua dieta é alterada, sendo necessário alimentá-los apenas com ração especial para engorda.

Procure por rações de boa qualidade, é fundamental para conseguir fazer o peru atingir o peso ideal para abate, sem contar que, quanto maior o peso do peru, maior será o ganho do produtor.

5- Reprodução da Criação de Peru

Para iniciar a reprodução dos perus é preciso que eles estejam em condições saudáveis. As aves podem ser submetidas ao acasalamento a partir dos 8 meses de idade, tanto as fêmeas quanto os machos. Nesta etapa, recomenda-se separar os animais em uma área reservada do criadouro.

Um macho tem capacidade para se reproduzir com 8 a 15 fêmeas. Jamais coloque dois machos no mesmo grupo, pois isso pode gerar brigas. As aves devem ser submetidas aos mesmos espaços pelo menos 4 horas para que haja o acasalamento. As fêmeas podem gerar até 60 ovos por dia, que devem ser incubados por até 30 dias até os filhotes nascerem. Após 3 anos de idade, as fêmeas perdem a capacidade de reprodução, sendo indicado utilizá-las como matrizes.

6- Cuidados Com a Higiene do Criadouro de Peru

Um dos principais fatores para manter o peru saudável é promover a higienização do criadouro. Por isso, é recomendado que o espaço seja limpo diariamente e semanalmente desinfetado para retirar todas as bactérias. Os comedouros devem ser limpos todos os dias, pois os restos de alimento podem fermentar e acabam causando problemas estomacais nos perus.

7- Sanidade da Criação de Peru

Para que a sua criação de peru seja bem sucedida, indica-se contratar um zootecnista ou veterinário para avaliar os animais periodicamente, que possam identificar e tratar possíveis doenças, evitando que elas se alastrem.

O Que Acha de Ter Sua Própria Criação de Peru?

4.12 avg. rating (82% score) - 8 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

2 COMENTÁRIOS

  1. eu tenho um perua chocando 11 ovos quando nascer devo deixar com a femea ou tirar e colocar numa caixa com lampada o piso do meu viveiro é feito com areia

  2. eu tenho na chocadeira ovos de galinhas e patos pompom quando nascerem quanto tempo devo deixar na chocadeira para colocar na caixa com a lampada?

DEIXE UMA RESPOSTA