Como Plantar Rosas

Plantação de RosasGosta de rosas? Já pensou em aprender como plantar rosas e começar seu próprio negócio? Confira aqui como fazer isso!

Pare um momento e pense em uma flor. Muito provavelmente, uma das primeiras imagens que veio à sua cabeça é uma rosa, não é mesmo? De fato, a rosa está entre as flores mais cobiçadas do mundo, sendo dotada de inúmeras simbologias, uma vez que é utilizada nas celebrações de amor, para manifestar carinho entre apaixonados, amigos, familiares e até mesmo povos.

Vermelhas, amarelas, alaranjadas, independentemente da cor, as rosas são as flores mais usadas mundialmente para presentear.  Porém, as rosas podem ser mais do que um enfeite no jardim ou uma manifestação de carinho, elas também são uma ótima oportunidade de negócio, visto que há um vasto mercado a ser explorado nesta área, além de um público consumidor que abrange tanto empresas quanto pessoas em particular.

A agricultura é uma das bases da economia brasileira, parte disso vem do fato de o país oferecer boas condições climáticas, bem como pelo solo ser apropriado para os mais variados cultivos.

Um dos públicos alvos de quem trabalha com a plantação de rosas é as floriculturas, as quais, não apenas em datas especiais, estão sempre em busca de fornecedores, prezando, principalmente, pela qualidade que as rosas apresentam.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Se você quer investir na plantação de rosas, saiba que esta atividade tem tudo para ser um sucesso, basta seguir todas as recomendações necessárias para obter um produto de qualidade.

Para te ajudar a ter rosas de qualidade, criamos esse texto, o qual tem como foco trazer informações e dicas de como plantar rosas. Aproveite!

Conheça a Origem das Rosas?

Antes de dar início à sua plantação de rosas é necessário conhecer tudo sobre elas. Pois bem, a rosa tem o nome científico de grandiflora, sendo da família da Rosaceae, o que lhe confere um caule com espinhos, camadas de pétalas e espalhando-se em forma de arbustos. Estudos científicos apontam que as rosas existem há mais de 35 milhões de anos, os primeiros registros foram identificados no continente asiático.

Ao longo dos séculos, as rosas foram difundidas pelos quatro cantos do mundo, inclusive na América do Sul, com destaque para a Colômbia, que é o país que mais cultiva e exporta esta variedade de flor.  As rosas podem ser encontradas em mais de 100 espécies diferentes, sem falar as variações híbridas, que são obtidas através de manipulações genéticas.

Não é apenas pela beleza que as rosas encantam, mas também pelo seu cheiro, pois elas exalam um aroma suave e muito agradável, o que faz com que a flor também seja utilizada para a produção de essências, que são empregadas em perfumes e produtos cosméticos no geral.

Assim, percebe-se que parte da plantação de rosas pode ser facilmente vendida para empresas que atuam com a fabricação de perfumes e produtos cosméticos, demonstrando quão em expansão esse segmento está.

Por que Investir na Plantação de Rosas?

Você quer investir em um negócio de baixo investimento e com alta probabilidade de retorno financeiro? Bom, iniciar uma plantação de rosas pode ser o negócio certo para você.

O cultivo de flores é um dos ramos que mais tem atraído produtores nos últimos anos no Brasil, visto que o mercado tem se mostrado cada vez mais favorável, devido à valorização do produto.

Além da demanda interna, produzir rosas também é um excelente negócio para trabalhar com clientes internacionais, uma vez que a exportação de flores tem movimentado aproximadamente 15 milhões de reais anualmente na economia brasileira, garantindo bons rendimentos aos cultivadores.

Interessou-se no tocante a exportação? Veja agora mesmo como montar uma empresa de exportação comercial e maximize seus lucros/possibilidades.

Além disso, vale ressaltar que praticamente todas as regiões brasileiras oferecem boas condições para o cultivo de rosas, fazendo com que elas se desenvolvam e apresentem uma qualidade final excelente, promovendo economia no que diz respeito à manutenção da plantação.

Dicas De Como Plantar Rosas

Você se encantou com as rosas e com as possibilidades financeiras que elas podem lhe oferecer? Não perca mais tempo e comece agora mesmo a planejar a sua plantação de rosas, uma vez que ela necessita de inúmeros cuidados para apresentar uma beleza e perfume inigualável.

Quer saber mais? Acompanhe nossas dicas de como plantar rosas e tenha seu próprio negócio promissor!

1- Escolha o Local Apropriado para Plantar Rosas

Sim, as rosas podem ser cultivadas em todos os locais do mundo. No entanto, estas flores se adaptam com mais facilidade às regiões que apresentam um clima temperado, com temperaturas entre 15°C e 25°C, além de receberem períodos regulares de chuva, pois do contrário ela pode desidratar e secar antes do nascimento dos primeiros botões.

Escolher o solo adequado para plantar as rosas é um fator essencial para ter um negócio bem sucedido. Portanto, é preciso dar preferência para os terrenos que são férteis, ricos em nutrientes e que são bem drenáveis, ou seja, possuem a capacidade de absorver a água, evitando o acúmulo e um possível apodrecimento da raiz.

Esse fator é tão importante na plantação de rosas porque ele implicará na qualidade do desenvolvimento dos botões, fazendo com que as rosas fiquem “abertas”, com pétalas em cores mais vibrantes, aquela aparência “jovem”.

2- Limpe a Área De Plantação De Rosas

Qualquer plantação requer um espaço minimamente limpo para se desenvolver. Sendo assim, uma das suas primeiras missões é promover a limpeza da área em que a plantação de rosas será fixada. Inicie esta etapa retirando todos os resíduos que estão visíveis.

Se o terreno recebeu o cultivo de outra planta anteriormente, é bem provável que tenham ficado restos no solo e que podem vir a atrapalhar o crescimento da próxima safra. Para evitar este transtorno, recomenda-se arar a terra, moendo todos os resíduos e convertendo-os em nutrientes.

Os resíduos se decompõem e tornam-se adubos orgânicos, porém, isso pode levar algum tempo. A dica é, caso a plantação anterior tenha sido “colhida” a menos de um ano, proceda com a prática de arar a terra, caso contrário, provavelmente já estará em decomposição e se tornando adubo orgânico a ponto de não interferir no desenvolvimento da plantação de rosas.

3- Faça a Calagem Do Solo Para Plantar As Rosas

Dependendo das condições em que fica exposto e dos últimos plantios, o solo pode apresentar um nível alto de ácido, o que fatalmente impede o crescimento saudável das rosas. Você não quer ter este prejuízo, não é mesmo? Por isso é preciso fazer a calagem da terra, que é um processo que diminui a acidez do local.

A calagem pode ser feita de maneira prática e rápida. Primeiramente, compreenda que o procedimento tem que ser feito entre 15 e 30 dias antes do plantio. Revire a terra e, posteriormente, acrescente calcário, mas com cautela para não elevar o pH natural do solo.

Caso tenha dificuldades em fazer isso, procure por um especialista, o mesmo irá lhe auxiliar e o valor cobrado é rapidamente “retirado” com a melhora no desenvolvimento da plantação de rosas.

4- Adquira As Mudas

Enquanto a calagem está agindo no solo, uma boa dica é adquirir as mudas de rosas que serão plantadas. Escolha as espécies para o cultivo, há pouca variação de tipo, as maiores diferenças ficam por conta das cores, que podem ser rosas, vermelhas, azuis, brancas, alaranjadas, amarelas, entre outras. Além disso, também é possível cruzar as espécies para obter tonalidades diversificadas.

As mudas de rosas podem ser adquiridas em viveiros, o ideal é pesquisar a qualidade das flores com antecedência. Depois de compradas, as mudas de rosas devem ser mantidas em pequenos vasos com terra e guardadas na sombra para não murchar/estragar.

5- Inicie a Plantação De Rosas

Para iniciar o plantio das rosas é preciso abrir covas com aproximadamente 30 cm de altura e 20 cm de largura, sendo que elas devem ficar 40 cm distantes umas das outras. Retire as mudas dos vasos e insira-as dentro dos buracos, com cuidado para não amassá-las.

Na sequência, cubra os arredores das mudas com terra, deixando as raízes bem amparadas, evitando que sofram desgastes com o vento ou demais adversidades climáticas. Após o plantio pode-se irrigar as mudas para estimular a adaptação ao solo e o crescimento.

6- Faça a Irrigação

A plantação de rosas requer uma irrigação moderada, sendo recomendado irrigá-las ao menos 2 vezes por semana, com intervalos de 3 dias. A irrigação pode ser feita de forma mecânica, o que permite que a intensidade e quantidade de água jorrada sejam controladas.

7- Realize a Colheita Das Rosas

A colheita das rosas deve ser feita quando os botões estão completamente abertos, todo o processo pode demorar entre 3 e 6 meses. Retire os botões cortando os galhos, podando-os na haste. Após colher todas as rosas, é recomendado promover a poda completa das roseiras para fortalecê-las para a próxima floração.

Devido aos espinhos que as rosas possuem, uma boa dica é utilizar luvas grossas, porque acredite, por maior que seja a sua destreza, acaba-se por se furar.

Pronto Para Começar Com a Sua Plantação De Rosas? Conte-nos Como Está Indo.

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA