8 Tópicos Importantes do Plano de Negócios Sebrae

Plano de Negócios Sebrae
O plano de negócios Sebrae pode te auxiliar no planejamento e execução do seu negócio.

Está em busca de um plano de negócios? Que tal apostar em um plano de negócio Sebrae? Confira aqui o que o Sebrae pode te oferecer no planejamento do seu negócio.

Em se tratando de negócios é de fundamental importância calçá-los em um planejamento que determine todos os passos do empreendimento, dessa maneira é muito mais fácil prever erros e solucioná-los, além de poder calcular os acertos.

As instituições mais bem sucedidas do mercado são aquelas que contaram com planejamento desde o seu surgimento até a atualidade. Se você pretende ou já está começando o seu próprio negócio, nós iremos trazer aqui algumas informações sobre o plano de negócios Sebrae, apresentando quais são as suas vantagens e desvantagens.

Quem está ingressando no setor de negócios pode encontrar ainda mais dificuldade para se estabilizar se não se planejar com antecedência, pesando nisso, o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) desenvolveu o software Plano de Negócios Sebrae, que oferece acompanhamento e direcionamento para pequenos empresários, apresentando diversas orientações em todas as áreas para que a instituição comece a “andar com as próprias pernas”, aumentando as possibilidades de lucros e diminuindo os riscos de perdas.

Na maioria das vezes, muitas empresas que tinham potencial de ter sucesso acabam ficando no meio do caminho por pura falta de planejamento, com apenas algumas orientações é possível dar um bom direcionamento para os empresários iniciantes como, por exemplo, formas de se posicionar frente à concorrência, como escolher os fornecedores, como administrar, entre outras coisas.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Confira abaixo o que o plano de negócios Sebrae pode lhe oferecer!

O Que é o Plano de Negócios Sebrae?

Entender o que é de fato o plano de negócios Sebrae é fundamental para aprender a utilizá-lo. Bom, basicamente, trata-se de um software desenvolvido, exclusivamente, para pequenos empreendedores com foco a permitir a implantação de projetos feitos por escrito.

Dessa maneira, o empresário tem ao seu alcance uma ferramenta que permite realizar estudos mais aprofundados sobre as suas ideias de negócios, além de determinar os passos que deverão ser seguidos à risca para fazer com que o empreendimento seja bem sucedido.

O plano de negócios do Sebrae é bastante detalhado, pois tem o intuito de orientar o empresário em todos os pontos, deixando-o preparado para enfrentar os percalços que irá encontrar no mercado de trabalho. Além disso, o empreendedor irá obter resultados instantâneos, basta colocar os dados do empreendimento, posteriormente pode-se conversar com profissionais especializados em cada setor de negócio para tirar todas as suas dúvidas.

8 Tópicos Importantes do Plano de Negócios Sebrae

8 tópicos do plano de negócios sebrae
Veja os 8 tópicos do plano de negócios sebrae. E entenda como o sebrae pode contribuir para o planejamento do seu negócio.

O plano de negócios Sebrae é interessante e pode facilitar muito a vida dos novos empresários, veja o que engloba esse plano de negócios Sebrae.

1- Enquadramento Jurídico e Tributário da Empresa

Ao usar o sistema do Sebrae para fazer um plano de negócio, a primeira coisa que a ferramenta irá lhe oferecer é uma assessoria no enquadramento jurídico e tributário para abrir a empresa, afinal de contas, é necessário obter alvará para montá-lo, compreender as questões que envolvem os impostos que serão pagos ao governo, entre outros pontos que necessitam da orientação de um escritório de advocacia.

Além disso, a pessoa também irá saber quais são todos os documentos que precisa reunir para que o empreendimento seja legalizado e possa desenvolver as suas atividades sem intervenções. O custo com o investimento na área jurídica da empresa será bem menor com os profissionais do Sebrae ou, outra excelente forma, é conhecer o kit novo negócio, que oferece todo um suporte para o micro empreendedor.

2- Estudo do Patrimônio Líquido Atual da Empresa

Há muitas empresas que já existem e procuram o plano de negócios Sebrae para ampliar os seus negócios e seguir um novo caminho, tanto para estas empresas quanto para as que estão começando, será realizado um estudo para saber qual é o patrimônio líquido atual da empresa, ou seja, o valor em dinheiro disponível para investir no projeto.

O empreendedor irá contar com o auxílio de um contador eletrônico para somar qual é a verba atual. Este estudo é fundamental para dar seguimento ao planejamento, pois é a partir do resultado obtido que se poderá decidir quanto será investido em cada setor da empresa ou será necessário fazer um empréstimo para concretizar os objetivos.

3- Investimento em Capital de Giro no Plano de Negócio

O capital de giro, nada mais é do que as posses que a empresa detém e não o dinheiro em si como, por exemplo, os produtos alocados nos estoques, os pagamentos a receber, entre outras coisas. Neste caso, o Sebrae irá atuar no estudo e cálculo do investimento que terá que ser feito para realizar a aquisição dos bens com o capital de giro, ou seja, das mercadorias usadas para vender ou produzir os produtos.

Esse é um dos pontos principais do plano de negócio, uma vez que é através deste resultado que o empreendedor terá que se organizar para adquirir os itens que farão a empresa funcionar.

4- Público Alvo ou Segmento de Mercado

Independente do tipo ou porte da empresa, ela deve operar as suas atividades visando atender as necessidades de um público alvo ou segmento de mercado. Muitas empresas não vão para frente porque querem “abraçar o mundo”, esquecendo-se de focar em uma fatia do público, o que acaba por dispersá-lo e consequentemente reduz os seus lucros.

Portanto, junto com um grupo de pesquisadores, o empreendedor irá selecionar uma fatia de público ou segmento de mercado para atuar, tudo isso com base em um estudo que vai definir se a área escolhida está saturada ou é promissora, bem como se pode trazer bons rendimentos.

5- Principais Concorrentes Devem Constar em um Plano de Negócios

concorrência no plano de negócios sebrae
O plano de negócios sebrae fornece um estudo dos principais concorrentes para que você possa saber onde está pisando e como lidar com a concorrência ao iniciar o seu negócio.

Antes de se posicionar no mercado, o empresário precisa saber em que terreno irá pisar e quem já está trabalhando nesta área. É pensando nisso que o plano de negócios Sebrae oferece um estudo dos principais concorrentes na sua região, quais são os bem sucedidos e os menos, afinal de contas, é preciso avaliá-los para aprender com os erros e os acertos deles.

Além disso, conhecendo quais são os seus principais concorrentes é possível identificar como estão trabalhando e o que oferecem. Tendo isso em vista, será mais fácil montar uma estratégia para enfrentá-los, fazendo com que o público prefira consumir os seus produtos.

6- Ações de Promoção e Divulgação

Você quer saber o quanto uma empresa é bem sucedida? Então pesquise qual é o nível de popularidade dela. Para que o seu empreendimento tenha sucesso é essencial divulgá-lo e promover ações promocionais, o plano de negócios Sebrae conta com uma categoria de marketing especializada que ensina várias modalidades de como divulgar os seus serviços ou produtos de forma eficaz.

A instituição ensina desde a implantação de campanhas de marketing para veículos de comunicação até pequenas ações que podem ser aplicadas no dia a dia, diretamente com o público consumidor, dando autonomia para trabalhar sozinho com a empresa.

7- Cálculo de Custos Fixos e Variáveis

Uma das premissas de qualquer negócio é ter rendimentos, custos fixos e variáveis, estes dois últimos devem ser inclusos no planejamento de negócios Sebrae na parte do financeiro mensal do empreendimento, evitando furos de caixa que podem gerar dívidas.

A equipe do Sebrae irá montar uma lista com os custos fixos como, por exemplo, aquisição de produtos e salário de funcionários, enquanto que os custos variáveis podem ser a reposição emergencial de estoque, reforma, reparos internos, entre outros imprevistos que podem surgir.

8- Frequência de Compras Não Fica de Fora do Plano de Negócios Sebrae

Imagine uma empresa que está vendendo um produto que tem bastante demanda, mas em um determinado momento as vendas são impossibilitadas pela falta deste item, o que consequentemente gera prejuízos. Para evitar este tipo de problema, o plano de negócios Sebrae ensina a fazer o planejamento de compras, ensinando a comprar a quantidade certa para não faltar e nem sobrar no estoque.

A partir do planejamento de compras montado pelo Sebrae será possível estabelecer uma frequência correta para novas aquisições. Dessa forma, o estabelecimento ficará organizado e não enfrentará nenhum tipo de perda.

3 Coisas Que o Plano de Negócios Sebrae Não Tem

O plano de negócios Sebrae não é perfeito, na verdade, está um pouco longe disso. Embora traga excelentes ferramentas e facilite bastante o trabalho de um micro empreendedor, alguns pontos importantes ficam de fora, veja quais!

1- Business Model Generation

O Business Model Generation é um modelo de negócios visual, sendo um sistema equipado com alta tecnologia, que tem por função agregar muito mais praticidade para a realização de planejamentos para empreendedores.

O software é completo, sendo dividido em várias categorias, permitindo que o usuário elabore um planejamento minimamente detalhado. O plano de negócios Sebrae ainda não conta com esta ferramenta, o que torna o seu plano de negócio um pouco desatualizado e deixa empreendedor dependente dos seus serviços.

2- Ferramentas Que Apontam as Fraquezas dos Negócios

Embora o plano de negócios Sebrae tenha várias funções, ele ainda não conta com ferramentas que apontam as fraquezas dos planos de negócios elaborados na plataforma. Infelizmente, isto pode acabar induzindo o empreendedor a pequenos erros, o que diminui o seu potencial de obter sucesso.

3- Ferramentas Que Poderiam Trazer Mais Praticidade

O software de plano de negócios Sebrae oferece praticidade até certo ponto, pois faltam ferramentas que podem aprimorar ainda mais a experiência do empreendedor como o controle de caixa, estoque e de gastos com a mão de obra dos funcionários.

O Plano de Negócios Sebrae Não é Completo

Tendo em vista todas as informações citadas anteriormente, pode-se concluir que os softwares de plano de negócio Sebrae não é completo, pois peca nos pequenos detalhes que poderiam facilitar ainda mais a vida de quem pretende montar o seu próprio negócio.

Porém, isso não significa que o plano de negócio do Sebrae seja ruim, ou que não valha a pena, muito pelo contrário, mesmo sendo incompleto, o sistema é funcional e pode ser usado por empreendedores que estão começando, basta tomar alguns cuidados e realizar estudos à parte sobre as categorias que ainda não foram adicionadas.

Será que o plano de negócios Sebrae é suficiente para você? Comente e cadastre seu e-mail para receber mais dicas!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA