Aprenda Tudo Sobre Plano de Ação

Plano de AçãoDificuldades na execução do planejamento da empresa? Conheça o plano de ação e aprenda a elaborá-lo!

Você gerencia uma empresa? Então deve estar consciente da responsabilidade que está em suas mãos, não é mesmo? Afinal de contas, para que um empreendimento dê certo e atenda às suas expectativas é necessário que ele reúna um conjunto de fatores, que vão desde o oferecimento de um produto de boa qualidade até uma administração adequada.

Esse conjunto precisa estar estruturado, organizado, para assim ser seguido à risca pelo administrador ou proprietário da empresa. É justamente isso que podemos dizer que é o plano de ação empresarial, é o conjunto de práticas que deverão ser tomadas na empresa para que a mesma consiga atingir o seu potencial máximo, o qual deve estar escrito e devidamente explanado.

Em se tratando da administração de uma empresa existe um ponto que é essencial, que é o planejamento, o qual deve estar presente em todas as áreas de uma empresa, pois ele ajuda a diminuir as possibilidades de erros e aumentar as chances de atingir os seus objetivos e bons resultados. O planejamento serve para orientar o empreendedor, compreendendo as suas necessidades.

O planejamento pode ser montado de diferentes formas, dentre elas está o plano de ação, que prevê cada movimento que uma empresa deve realizar diante de uma situação para atinja uma determinada meta com sucesso.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O plano de ação pode ser focado em uma meta ou em um objetivo geral, ou seja, algo para menor tempo ou mais tempo. Por exemplo, você pode montar um plano de ação para maximizar as vendas em 20% ou um plano de ação para resolver problemas administrativos e de comunicação, o que pode levar anos.

Você quer melhorar a condição da sua organização? Neste caso, não deixe de elaborar e colocar em prática um plano de ação.  Para te ajudar, nós iremos trazer mais informações e dicas sobre plano de ação. Confira abaixo!

O Que é Plano de Ação?

Você ainda não está familiarizado com o termo “plano de ação”? Então está na hora de começar a conhecer mais sobre este procedimento. Pois bem, o plano de ação pode ser definido como um conjunto de ações que são previamente planejadas e elaboradas após a análise de dados. Geralmente, o plano de ação é criado para curto prazo, mas também pode ser desenvolvido para médio e longo período.

O plano de ação se caracteriza pelo fato de nortear uma situação desde o início até o final, tendo como objetivo ter o mínimo possível de erros. Veja, com um plano de ação previamente estruturado, o empresário de sucesso pode prever os possíveis erros e complicações, elaborando estratégias para que os mesmos sejam evitados ou minimizados, com isso, tem-se apenas que executar e manter-se fiel ao plano de ação para obter bons resultados.

Este tipo de planejamento pode ser feito para corrigir um problema que foi detectado na empresa ou mesmo para evitar que ele venha a acontecer. Para elaborar um plano de ação é necessários consultar informações como, por exemplo, atas de reuniões, registros históricos, relatórios de auditorias ou pesquisas.

Além disso, é preciso ter uma noção de todos os setores, pois o plano de ação costuma trabalhar em diversas áreas para atingir um objetivo comum final. Um plano de ação muito comum de ser elaborado é para reduzir os custos da empresa, o que, por óbvio, interfere em diversos setores.

Por Que Executar Um Plano de Ação?

Você ainda não usa um plano de ação na sua empresa? Saiba que a sua organização está perdendo uma ótima chance de otimizar os seus serviços. Ao executar um plano de ação, primeiramente, você estará trazendo mais organização para a administração do seu empreendimento, visto que todas as ações são planejadas com antecedência e estudadas nos mínimos detalhes.

O plano de ação tem a função de orientar o gestor da empresa, fazendo com que ele saiba exatamente o que, quando e porque fazer, tendo como objetivo reduzir as chances de erros e aumentar os resultados positivos, evitando que ocorram situações de crise, as quais podem gerar prejuízos. Portanto, ao adotar o plano de ação, você está diminuindo os riscos de fracasso.

Além disso, o plano de ação é uma forma de melhorar algo na empresa sem ter um custo excessivo, já que não se faz contratação de terceiros (normalmente), bem como, não se utiliza novos recursos, configurando-se como algo administrativo da própria empresa, ações que modificam comportamentos e estruturas.

Conheça a Composição do Plano de Ação

Conforme já foi dito, o plano de ação é criado a partir do estudo das informações geradas em uma determinada situação, logo, as suas categorias e o modo como é executada pode ter alterações, visando atender às necessidades específicas de cada acontecimento, mas, no geral, as suas bases são as mesmas, mantendo-se funcionais. Por isso, conheça como é a composição do plano de ação:

1- Encontrar a Solução Através de Uma Série de Metas Faz Parte do Plano de Ação

Para montar um plano de ação é necessário identificar um problema existente dentro da empresa. Portanto, quando o responsável pelo gerenciamento do empreendimento notar que tem algo errado, é preciso encontrar dados concretos que sejam capazes de confirmar as suas suspeitas, que podem estar compilados em relatórios.

Após encontrar o problema tem-se que procurar um meio de solucioná-lo, visando o mínimo possível de prejuízos para a empresa. Por meio da análise dos dados é necessário definir uma solução, que deve ser expressada através de objetivos e número de metas. Por exemplo, uma empresa que deseja aumentar as suas vendas tem que determinar a quantidade em números que pretende atingir no próximo mês.

2- Fazer Uma Lista de Ações Para Cada Meta no Plano de Ação

Ao montar as metas para o seu plano de ação, consequentemente, será preciso compreender que cada objetivo será alcançado através de um determinado esforço. Para tornar este processo bem mais organizado e que realmente cumpra o seu papel de orientar o gestor, é recomendado fazer uma lista de ações para cada meta que foi estipulada.

Esta etapa, a princípio, pode ser trabalhosa, mas é uma das mais importantes para que a sua empresa seja bem sucedida. Sendo assim, suponhamos que o empreendimento queira aumentar as vendas de um produto específico da sua cartela, logo, é necessário determinar como isso será feito, por exemplo, aumentar a sua divulgação junto ao público-alvo, fazer promoções, aprimorar a qualidade, entre outras coisas.

3- Preparar Um Cronograma para o Plano de Ação

Quando se fala em planejamento, como é o caso do plano de ação, sempre haverá um fator importantíssimo, que é o tempo em que ele será executado. Afinal de contas, o seu plano de ação não deve começar e se perder pelo caminho, pois isso só irá gerar prejuízos para a sua empresa, sendo necessário começar tudo de novo.

Levando isso em consideração, é preciso preparar um cronograma para o seu plano de ação, em que cada meta e ação estipulada tenha uma data certa para começar e terminar. Se a ação é constituída por várias etapas, pode-se colocar um data para que cada etapa seja alcançada. Dessa maneira, você obterá maior eficácia no planejamento.

4- Levantar Recursos Para o Plano de Ação

Você já determinou qual é a solução e as metas que serão utilizadas para o gerenciamento da sua empresa? Nesta etapa, é preciso analisar quais serão os recursos utilizados para chegar aos resultados vislumbrados, tem-se que realizar uma pesquisa para que seja possível trabalhar de acordo com a realidade da organização.

Em cada meta e ação que fazem parte do plano de ação é preciso fazer o levantamento de todos os recursos que irão viabilizar a execução como: funcionários, quantia em dinheiro se for necessária e estrutura física. O levantamento e determinação dos recursos têm de ser feitos, obrigatoriamente, em cada etapa do plano de ação.

Normalmente, os recursos são os profissionais e raramente utiliza-se muito recurso financeiro, a não ser que seja o lançamento de um produto ou expansão do negócio, porém, nesses casos, os valores financeiros iriam ser necessários de qualquer forma.

5- Identifique os Possíveis Problemas do Plano de Ação

Por mais que se analise e planeje, ainda assim haverá possibilidades de ocorrerem erros, dificilmente um plano de ação chega ao final sem apresentar, pelo menos, um tipo de transtorno. Pensando nisso, você não quer ser pego de surpresa, não é verdade? Por isso, identifique quais são os possíveis problemas que podem ocorrer durante a execução do plano de ação.  Assim é possível se precaver e agir imediatamente para solucionar algum erro, evitando que ele cause danos irreparáveis.

6- Atribua Tarefas no Plano de Ação

Em qualquer tipo de empresa é preciso ter em mente que nada se faz sozinho, pois é preciso contar com a ajuda de colaboradores para atingir os objetivos estipulados. Portanto, é necessário que após a determinação das metas e das ações que devem ser colocadas em práticas seja estabelecido quem será responsável por executá-las.

Nesta etapa, pode-se fazer uma reunião com a equipe de funcionários da empresa e posteriormente atribuir as tarefas de acordo com a função, habilidades e capacidade de cada pessoa.

E Você, Que Tal Trabalhar o seu Plano de Ação e Melhorar Seus Resultados?

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA