Análise da concorrência: Como fazer

analise-da-concorrencia
Aprenda como fazer a análise da concorrência e implementar os dados no seu negócio para aumentar o desempenho

A análise de concorrência pode trazer informações relevantes para o seu negócio, permitindo tomar decisões, criar estratégias e implementar mudanças capazes de melhorar as suas vendas, faturamento e até mesmo presença de mercado.

Acontece que muitos empreendedores possuem dificuldades em fazer uma análise de concorrência e mercado corretamente, obtendo informações relevantes e, muitas vezes, gastando recursos sem obter qualquer tipo de vantagem.

Por isso criamos este conteúdo exclusivo ensinando como fazer uma análise de mercado eficiente e reverter os dados em eficiência na sua empresa. Está pronto?

Como fazer a análise da concorrência

Vamos separar a análise em etapas, o primeiro passo é estabelecer o que você deseja obter de informação.

  1. Determine os objetivos

Para fazer uma análise de concorrência tem de saber o que você busca encontrar. Por exemplo, seu objetivo é saber o que os concorrentes estão fazendo para ganhar o mercado? Qual é a margem de conversão de vendas? Diferenciais que os clientes veem no negócio?

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Perceba que é preciso determinar o que você busca de informações, não adianta pensar em uma análise de concorrência sem saber o que deseja analisar.

Por isso, em um documento, anote todos os objetivos que você tem e que levaram a fazer a análise de concorrência.

  1. Crie um questionário
criar-questionarios-analise-concorrencia
Monte um questionário para descobrir os pontos a serem trabalhados na análise de concorrência e mercado

O questionário nada mais é do que as perguntas que serão feitas para chegar aos dados almejados. Supondo que você esta interessado em saber os diferenciais dos concorrentes, a pergunta pode ser: O que levou você a adquirir de X e não de Y?

Para criar o questionário, pergunte-se a você mesmo, assim saberá, com a resposta, se é exatamente este tipo de informação que busca.

Veja alguns exemplos de perguntas que podem servir:

  • Quantos funcionários a empresa possui?
  • Qual é a margem de lucratividade dos produtos?
  • Quais são os fornecedores?
  • Qual é a parcela do mercado que possui?
  • Trabalha com produtos diferenciados? Quais?
  • O que destaca o atendimento dela frente as demais?
  • Como é a satisfação dos empregados ao trabalhar?
  • O que os clientes dizem sobre ela?
  • Qual é a forma que faz propaganda? Como está a efetividade?
  • Quem é o público alvo?
  • Como o público alvo enxerga a empresa?
  • Quais são os pontos negativos do negócio?

Estas são apenas algumas das questões que podem ser levantadas, perceba que, nem todas, são perguntas realizadas a clientes, muitas delas são formas de você encontrar o objetivo e, consequentemente, analisar e avaliar a empresa, assim chegará na informação desejada.

  1. Identifique a forma de fazer a pesquisa de mercado

A pesquisa pode ser realizada pedindo aos clientes, buscando informações na internet ou até mesmo através da observação da empresa.

Você precisará verificar as formas de obter as informações necessárias.

Ainda, caso busque informações mais “gerais”, analisar o mercado por si só, pode lhe fornecer as informações básicas dos concorrentes, as quais serão extremamente úteis.

  1. Reúna os dados

Você obteve os dados das pesquisas, agora é o momento de reuni-los, agrupar de forma compreensível. Esta é uma parte bastante trabalhosa, ainda mais se você fez uma pesquisa grande, avaliando dezenas de concorrentes, como acontece para grandes empresas.

Uma boa dica é passar todos os dados para uma planilha do excel, a qual é mais fácil de trabalhar e organizar.

  1. Faça um documento visual com os dados obtidos

Quer facilitar o seu trabalho e para quem você deseja mostrar a análise de concorrência? Então crie um documento visual.

O documento visual é fácil de interpretar e aumenta a capacidade de percepção das informações.

No próprio excel, pode-se criar gráficos em forma de barras e pizzas, aproveite esta oportunidade. Caso você não tenha conhecimentos avançados para tanto, um bom profissional pode montar a planilha com ferramentas visuais por preços bem acessíveis, cerca de R$ 200 reais.

  1. Analise o estudo da concorrência

Agora você deve utilizar todas as informações para fazer uma análise apurada da sua concorrência. Sugiro, desde já, separar os concorrentes mais fortes em um grupo e os mais fracos em outro.

Cuidado, você não deve deixar de lado os concorrentes menores, pelo contrário, é mais fácil tomar mercado deles e aumentar seu faturamento.

Análise de mercado

Juntamente com a análise da concorrência, o ideal é fazer um estudo sobre o mercado. Isso porque, embora a concorrência seja alta, existem setores da economia que comportam varias empresas e fornecer uma alta lucratividade.

Também, o próprio comportamento do mercado pode ditar os seus próximos passos, seja em inovação, tecnologia ou até mesmo o momento de você trocar de ramo.

Tomando atitudes com os dados obtidos

implementando-dados-empresa
Crie estratégias e implemente os dados obtidos para aumentar o desempenho e faturamento da sua empresa

De nada valerá você ter feito uma grande análise da concorrência e de mercado se parar por ali, concorda? É preciso reverter isso em atitudes para a sua empresa e claro, maior lucratividade.

O primeiro passo é dividir as informações por setores, por exemplo:

  • Atendimento;
  • Produto;
  • Administração;
  • Público alvo;
  • Marketing e propaganda;

Com isso você será capaz de analisar as particularidades de cada área e encontrar soluções para melhorar na sua empresa. Além disso, as fraquezas dos concorrentes também podem ser exploradas.

Avalie cada setor comparando-o com o da sua empresa. Pontos positivos, inclua uma forma de implementar no seu próprio negócio e os pontos negativos, verifique se você não está repetindo os mesmos erros e como corrigi-los.

Depois de feita todas estas análises, basta colocar em prática, fazer uma reunião com a sua equipe e expor as informações. Surgirão novas ideias e, em alguns casos, não será possível incluir o que você pensou.

Com certeza fazer este processo irá aumentar o potencial da sua empresa, inclusive, sugiro a realização 1x ao ano, ficará espantado com os benefícios e resultados alcançados.

Também, leve em consideração a análise de mercado para conduzir os seus novos produtos, encontrar novos espaços, consumidores e também para decidir “abandonar” algumas práticas e produtos, pode ser a hora certa, deixando de perder dinheiro futuramente.

Faça a sua análise da concorrência e aprimore a sua empresa! Comente.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA