O Que é PDCA

PDCAJá ouviu falar em PDCA? Veja o que é, processos e como implementá-lo na sua empresa!

Você tem ou pretende ter uma empresa? Independente de qual seja o seu caso, é necessário compreender que um negócio só tem chances de ser bem sucedido se for baseado em uma gestão de qualidade, ou seja, é preciso saber exatamente como administrar uma pequena empresa. É exatamente isso que falta para muitas empresas que são lançadas no mercado, o que culmina em uma série de transtornos e, nos casos mais graves, pode até gerar falência.

Com o intuito de ajudar as empresas a ter um bom funcionamento interno, o ambiente corporativo desenvolveu diversos métodos de gestão, que servem para aprimorar a prática das atividades, auxiliando-as na redução dos erros e potencializando os resultados positivos. Entre eles está o PDCA (Plan, Do, Check, Act), que significa planejamento, execução, checagem e ação, que é uma das ferramentas administrativas mais modernas da atualidade.

Para conseguir gerir um negócio é preciso muito estudo, e acredite, dentre estes estudos está à ferramenta PDCA. Para se ter uma noção da importância dela, existem cursos voltados exclusivamente para o estudo dessa ferramenta.

Veja, o que diferencia um negócio do outro, na grande maioria das vezes, é justamente a forma de gestão e administração, e aprender a dominar isso é o que fará de você um empreendedor bem sucedido ou o próximo a falir.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Se você quer dar um up na sua empresa, adotar as técnicas do PDCA pode ser a solução para os seus problemas, visto que ela é estruturada em etapas, as quais são capazes de provocar uma melhora nos processos realizados em todos os setores de qualquer organização.

Claro, o ideal é que você inicie a sua empresa já utilizando o processo/ferramenta PDCA, porém, caso ainda não esteja utilizando, é melhor começar!

Por ser algo realmente complexo, criamos esse texto com o intuito de auxiliá-lo na utilização dessa ferramenta, porém, desde já frisamos, você precisará de muito estudo e aplicar na prática tudo que aprender. Não se resuma apenas a um conteúdo, busque e faça cursos, verá que realmente vale a pena! Pronto?

O Que é PDCA?

Antes de conhecer as suas técnicas é necessário saber o que de fato é o PDCA. Pois bem, trata-se de uma ferramenta de gestão, a qual tem sido cada vez mais conhecida e executada na administração geral. Este método é usado para promover o controle, bem como otimizar os processos e produtos de uma empresa de maneira contínua, visto que ela não possui interrupções ou intervalos.

O ciclo PDCA, como é seu nome científico, também pode ser chamado de ciclo Deming ou Shewhart, o que se deve ao fato de ter sido criada por Walter Shewhart, em 1930, quando ele desenvolveu um conjunto de técnicas aplicáveis para uma administração de qualidade, que ganhou popularidade somente a partir da década de 50, através de William Edwards Deming que palestrava sobre o assunto no Japão.

Qual a Importância do PDCA?

A sua empresa está com problemas de gestão, sofrendo com um transtorno atrás do outro? Então, está mais do que na hora de intervir e promover mudanças na forma como o negócio está sendo administrado. Uma das melhores maneiras de fazer isso é através da adoção do PDCA, que é capaz de realizar melhorias na realização das atividades, consequentemente, ajudando na conquista de bons resultados.

Também, sugiro que leia nosso texto sobre os 5 erros cometidos pelos empreendedores de primeira viagem, é possível que você esteja cometendo algum também.

O PDCA se caracteriza por fazer com que haja um controle mais efetivo sobre todos os processos das corporações, tornando-os mais organizados, diminuindo as possibilidades de erros e aumentando as de acertos. Este método é contínuo, ou seja, não é interrompido, fazendo com que a empresa fique estável permanentemente.

Como Funciona o PDCA?

Você está certo de que o PDCA pode ser de grande valia para melhorar o funcionamento da sua empresa? Então, a primeira coisa a se fazer é conhecer todos os meandros deste método, que é dividido por fases, as quais devem ser cumpridas em sequência para que realmente sejam funcionais. Assim, é importante seguir cada etapa, como se fosse um passo a passo. Veja como funciona o PDCA e seus processos/etapas:

1- Comece Pelo Planejamento do PDCA

Ao decidir adotar o PDCA na sua empresa a primeira coisa a se fazer é partir para o planejamento, que é justamente a inicial da sigla, “Plan” em inglês, que configura a primeira etapa do método. Em um primeiro momento, esta etapa consiste em realizar um estudo interno para identificar quais são os problemas que estão ocorrendo na empresa e, principalmente, a origem de cada um deles.

Veja, não tem como organizar, gerir e administrar uma empresa, tentando “deixa-la em ordem” se você sequer conseguir descobrir os problemas, bem como as origens, concorda?

Todos os problemas devem ser devidamente listados, sendo descritos com riqueza de detalhes. Feito isso, a equipe executiva da empresa ou o líder em separado passa a pensar em soluções corretivas e eficientes para sanar os transtornos, fazendo com que eles sejam convertidos em pontos positivos. Cada passo é cuidadosamente planejado, sendo estruturado em um plano de ações, que devem ser boas em um curto e longo prazo.

Todas as etapas do PDCA devem seguir um planejamento, um plano de negócios, evite fazer qualquer coisa sem ter estudado e estabelecido a forma de ser realizada antes.

Conheça a importância do plano de negócios.

2- Execute as Ações Planejadas para o PDCA

A segunda parte do PDCA é constituído pelo termo “Do”, que é executar/fazer em português que, como o próprio nome insinua, é o momento de colocar em prática as ações que foram planejadas anteriormente. Agora, é importante averiguar se as soluções apontadas realmente se encaixam nos problemas encontrados na empresa.

Na sequência, é importante reunir toda a equipe responsável pela execução das atividades da organização e explicar detalhadamente quais são as ações e como elas serão colocadas em prática, bem como definir em comum acordo quem são as pessoas responsáveis por executar cada plano.

Neste período, é importante ressaltar que, absolutamente, todas as ações têm que ser colocadas em prática, tal como foram planejadas, do contrário, a tendência é que o foco seja perdido, o que faz com que os problemas identificados não sejam resolvidos e até mesmo possam gerar mais transtornos. Caso seja necessária alguma mudança é preciso anotá-la no planejamento inicial, isso ajuda nos próximos passos do método.

3- Cheque o Andamento da Execução das Ações do PDCA

As ações do planejamento começaram a ser colocadas em prática? Este processo é um dos mais importantes do PDCA, logo, é necessário acompanhar o seu desenvolvimento, que nada mais é do que a etapa da checagem ou “check”. Essa atividade pode ser feita durante a execução ou após.

A checagem do andamento da execução das ações funciona como um balanço de tudo que foi feito. Portanto, pegue a lista de planejamento e faça uma comparação com tudo que está ou foi feito até o momento, procurando averiguar se as coisas saíram conforme o planejado, bem como se houve a necessidade de improvisar e o porquê.

A partir da checagem é possível analisar se a empresa tem capacidade para seguir o plano de ações e como os seus funcionários se comportam ao terem que trabalhar seguindo um planejamento, o que é altamente construtivo para as próximas situações que forem vivenciadas.

4- Determine Ações Corretivas do Sistema PDCA

Com toda a certeza, durante a etapa de checagem será possível perceber falhas na execução do planejamento, o que é perfeitamente compreensível e comum, especialmente se a empresa estiver começando a usar o método PDCA. Por isso, faça um trabalho de observação para avaliar o que deu errado no processo.

A partir desta análise é preciso saber quais foram às razões que culminaram no insucesso de alguns planos e o que pode ser feito para revertê-lo, o que chamamos de ações corretivas. Nesta etapa, elabora-se um novo planejamento, que serve justamente para corrigir o que deu errado no primeiro.

É por essa característica que o PDCA é considerado um método contínuo, pois ele não se encerra, estando sempre em busca de melhorias em cada setor da empresa.

5 – Monte Uma Equipe Específica Para o PDCA

Conforme foi dito, o PDCA não acaba, logo, se você quer que a sua empresa siga firme e forte no propósito de promover melhorias internas será preciso manter uma equipe para trabalha-lo. Levando isso em consideração, o ideal que seja montada uma equipe especialmente para cuidar da aplicação e evolução do PDCA.

Ao instituir um grupo para cuidar apenas deste método, você estará agregando mais organização para a empresa, além de ser possível construir relatórios, os quais indicam como ela estava antes da aplicação das técnicas, o que está melhorando e o que ainda pode mudar nos próximos meses, gerando uma cadeia de melhorias permanente.

E Você, Que Tal Aplicar o PDCA e Ver as Melhorias na Sua Empresa?

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA