Falsos mitos empresariais

falsos mitos empresariaisComo em todos os ramos, também existem falsos mitos empresariais que precisam ser desmistificados para garantir o sucesso do seu negócio. Quando se pensa em entrar no mundo empresarial, todo mundo tem um comentário sobre a nova empreitada. Em sua maioria, são comentários pouco produtivos, de tom negativo ou quase lendas urbanas. Muitos desses comentários são mitos empresariais, que não passam de falsas ideias sobre o que é ser empreendedor.

Mitos empresariais são diversos, mais alguns são apenas baseados em situações isoladas que aconteceram com alguma grande empresa e que, por excesso de comentários, acabou virando uma estória e, por conseguinte, um mito. Por isso, vamos falar em nosso artigo de hoje sobre alguns mitos empresariais e a verdade por trás deles.

O empresário não possui vida pessoal

Esta afirmação acima pode ser um banho de água fria para quem quer ser o seu próprio patrão. A ideia de trabalhar para você mesmo, não é ter mais tempo livre? Logo, saber que você não vai ter vida pessoal não é animador para ninguém, não é mesmo? Mas este é mais um mito empresarial, pois todo empreendedor que planeja seu tempo e ações, consegue equilibrar lazer e trabalho.

Talvez a dúvida seja: você tem a experiência de gestão e habilidades de planejamento para fazer as coisas, permitindo-lhe tempo para passar com sua família? É importante deixar um tempo sempre reservado para o seu descanso, pois não é à toa que existem férias trabalhistas e uma ou duas folgas semanais. É preciso dar um descanso à mente e, mesmo que não tenha filhos, dedique um tempo a si mesmo fazendo outras atividades, como a prática de esporte ou de um hobby. Segundo estudos divulgados, o grande cientista e físico Albert Einstein tirava ao menos cinco cochilos por dia para poder refrescar a mente e pensar, mais uma prova que o descanso é importante.

Você tem que ser cruel para ser um empreendedor de sucesso

Tirania e governos ditatoriais foram depostos e ficaram no passado, terminando de forma violenta e sem apoio popular. Ser cruel com seus funcionários e com as pessoas pode ser uma alternativa que até funcione por alguns dias ou meses, mas em um futuro próximo, ninguém irá querer trabalhar para você devido a sua má fama.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

A mesma política vale para os clientes. Não aceitar abaixar o preço e nem negociar prazos de pagamento pode funcionar com um ou dois bons negócios, mas é improvável que você construa um relacionamento duradouro e rentável com uma boa gama de clientes. Seu mailing irá ficar cada vez mais escasso quando os clientes notarem o seu perfil intransigente. A fama de um bom empresário deve ser em outros aspectos como alguém com determinação, força de vontade e não com o tratamento que aplica à própria empresa.

Você não precisa trabalhar muito para ser um bom empresário

Outro grande mito: quem pensa que ter seu próprio negócio significa que você vai trabalhar bem menos que em uma empresa e ganhar muito mais, se engana. Porém, isso é ainda o que motiva muita gente a entrar no ramo do empreendedorismo. Muitos novos empresários acreditam que o enriquecimento vem de ter sua própria empresa apenas, e não do trabalho contínuo e esforçado para alcançar suas metas a médio e longo prazo. Ao primeiro sinal de problema, são os primeiros a desistir. Se fosse fácil, todo mundo estaria fazendo isso, não acha?

Seu trabalho atual pode ser estressante e sujeitá-lo a longas horas, mas este não deve ser o seu motivo para abrir a sua própria empresa. Existe muito mais trabalho por trás de ser o chefe do que se imagina, como abertura de firma, pagamento de impostos, contratação de pessoal, controle de mercadoria, acompanhamento das finanças, entre outros. E mesmo que sejam delegadas funções, sempre é bom ter o controle de tudo para evitar ser roubado, não é mesmo? É regra básica de qualquer empresário: ter conhecimento sobre tudo o que se passa em uma empresa. O que faz a diferença, porém, é que você está finalmente fazendo algo de que gosta e não apenas atuando para receber um salário ao final do mês.

Você precisa de uma ideia original para começar um negócio

Existe uma diferença básica em o que vender e como vender. Um produto vendido no mercado pode ser o mesmo em diversos locais, mas com um serviço diferente uma empresa irá fazer melhor do que a outra. Ideias inovadoras são boas, mas não são a única forma de entrar no empreendedorismo. Um exemplo são as lanchonetes: estas em sua maioria vendem os mesmos itens, mas umas sempre estão mais lotadas que outras. Qual a grande diferença? O serviço, a receita, o espaço e a localização. Algo em determinado empreendimento é melhor que em outro e por isso, tal estabelecimento possui bem mais clientes.

Ideias originais são raras hoje em dia e é preciso ter bastante cuidado ao lançar um produto inovador no mercado, pois pode não haver público para ele. A dica é sempre montar um plano de negócios e fazer uma análise do que seria mais viável antes de montar o seu empreendimento, uma forma de ter certeza se a sua ideia é ótima mesmo para o mercado. Um grande exemplo foi a empresa Avestruz Master, que se mostrou uma ideia promissora ao incentar muita gente a comprar uma cota na criação de avestruz. Entretanto, na época, o público brasileiro ainda não era consumidor da ave e os produtos tiveram pouca venda e aceitação no mercado, levando todos os investidores à falência.

Você será seu próprio chefe

Este jargão com certeza você já ouviu: alguém que queria montar um empreendimento, porque desejava ser o seu patrão e estava cansado de ter outros. Este estímulo pode não ser o melhor, pois ser patrão não é fácil e por isso, muita gente desiste ou perde o capital investido por não saber movimentar a empresa. Existe muito mais coisa envolvida em uma empresa que simplesmente sentar em uma cadeira, e os donos de um novo empreendimento sabem disso.

Ter como estímulo e ideia central a de não ter chefe é um grande motivo para facrasso hoje em dia. Uma boa alternativa é optar por fazer um curso básico de empreendedorismo antes de abrir uma empresa. Talvez ajude a lhe abrir os olhos.

O empresário só irá fazer o que quer

Todo mundo já conheceu alguém assim: que odeia seguir ordens, que odeia horário convencional de trabalho e por isso mesmo, envereda no empreendedorismo para conseguir fazer apenas o que quer. Infelizmente, este empresário enfrentará uma realidade contrária: muitas vezes terá que trabalhar em opções que não gosta, pegar no pesado e trabalhar bem mais ou chegar bem mais cedo do que faria em um emprego convencional. Porém, se tiver o estímulo certo e souber cumprir metas bem elaboradas, valerá a pena. O empresário que preza apenas por seu prazer em não trabalhar e comandar de longe, dificilmente ultrapassa dois anos de empresa.

Uma dica para ser um bom empreendedor é considerar fazer cursos sobre áreas que você não conhece. Se você tem sérias dúvidas em determinadas áreas, como marketing, por exemplo, então considere fazer um curso para melhorar suas habilidades. Se é algo que você realmente não pode fazer, então vá e encontre alguém para fazer isso por você, mas tenha ao menos uma noção básica para saber o que está se passando em seu ambiente de trabalho, como todo bom gestor.

O que achou dos falsos mitos empresariais? Deixe seu comentário!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

1 COMENTÁRIO

  1. EM MEU CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS EU PERCEBIA NITIDAMENTE QUE OS PROFESSORES AO FALAREM CERTAS COISAS O FAZIA COM TOM DE VOZ TERRORISTA PARA GERAR MEDO, OU FAZIAM COMENTARIOS DE FORMA ISOLADA, DIZENDO APENAS OS PROBLEMAS JURIDICOS E TRIBUTARIOS QUE A EMPRESA POSSUI, MAS NAO CONTAM DO PATRIMONIO LUXUOSO QUE O PROPRIETARIO POSSUI NEM DA VIDA LUXUOSA QUE LEVA.

DEIXE UMA RESPOSTA