7 Passos Importantes Para se Tornar Uma Revendedora de Roupas

Como se Tornar Uma Revendedora de Roupas
Ser uma revendedora de roupas é uma ótima opção para mulheres que desejam ter seu próprio negócio, pois a revenda de roupas é um setor que sempre há demanda.

Já pensou em se tornar uma revendedora de roupas? Esta é uma área que sempre possui demanda, além do mais, para quem gosta de moda e de vendas é a oportunidade perfeita, confira agora como se tornar uma revendedora de roupas de sucesso!

Frequentemente estamos em busca de um negócio que seja “a nossa cara” e que possa trazer bons rendimentos. Tornar-se uma revendedora de roupas pode ser o “sonho” de muitas mulheres, e, na verdade, é um sonho perfeitamente possível de ser realizado.

Um dos produtos mais vendidos no Mundo são as roupas, movimentando somas de dinheiro incríveis. Um ponto importante é que as roupas são produtos que sempre possuem demandas, indiferente de questões sazonais, além disso, você precisa “renovar” o guarda roupa de X em X tempo, ou seja, a compra é continua e não ocasional.

Ficou interessada em se tornar uma revendedora de roupas? Vamos a um passo a passo de como fazer e o que observar, pronta?

7 Passos Para se Tornar Uma Revendedora de Roupas

1. O Que é Revender Roupas?

Revender roupas não é abrir uma loja e oferecer os produtos, isso é vender roupas! Existe uma diferença significativa entre uma e outra, principalmente no tocante ao custo, forma de obter lucro e quantidade de percentual de ganho que se pode alocar em cima de cada peça.

Tornar-se uma revendedora de roupas significa comprar de uma fábrica ou distribuidora mais barato e vender para lojas/clientes com um percentual de ganho em cima.

Caso você escolha revender roupas para empresas e lojas, o percentual que colocará em cima das peças deve ser menor, no máximo 50% de lucro, já que as lojas terão de colocar uma porcentagem alta de ganho, normalmente entre 100% a 150%, assim, caso o preço esteja alto, as mesmas não irão comprar o seu produto.

Quando se tratar de venda direta para clientes, o percentual que pode ser colocado é bem maior, algo em torno de 100% a 150%. Contudo, o problema de vender para pessoas em particular é a dificuldade de receber (pagamentos parcelados e cheques) e a baixa quantidade de peças adquiridas.

Tente economizar recursos para comprar tudo de uma só vez, porque assim conseguirá adquirir as roupas na modalidade atacado, conseguindo um bom desconto. Para comprar em atacado você terá um limite mínimo de peças de roupas que deverão ser adquiridas, consulte a empresa antes de comprar.

Roupas para revender EUA

2. Faça Uma Pesquisa Para Saber Quais Roupas Revender

Quer ser uma revendedora de roupas de sucesso? Descubra quais roupas revender. Se você encontrar o que os consumidores desejam, com certeza irá ‘zerar’ seu estoque sempre que comprar.

Fazer uma pesquisa de mercado significa conhecer o que seu público alvo quer adquirir, e acredite, não adianta tentar vender algo que as pessoas não querem, por mais barato que seja, você não conseguirá!

Analise o que o seu público quer e leve em consideração os valores que você pode ganhar em cima, lembrando sempre que procurar por peças de roupas que estão na moda e seguem as tendências é fundamental.

É aconselhável especializar-se em algum setor de roupas, por exemplo, moda feminina, moda masculina, roupas sociais, vestidos de noivas, vestidos de festas, roupas casuais, assim será mais fácil de ficar conhecida e ganhar espaço no mercado como revendedora de roupas.

3. Formas de se Tornar Uma Revendedora de Roupas

São duas as principais formas de se tornar uma revendedora: filiando-se a uma empresa/marca ou autônoma.

Revender roupas de uma empresa/marca específica é um tanto complicado, porque provavelmente você poderá representar apenas aquela marca, além disso, o percentual de ganho em cada peça é bem reduzido, sem contar o fato de que estará limitado as linhas daquela marca e, muitas vezes, seus clientes não vão querer aquele estilo de roupa.

Quando se trata de ser uma revendedora de roupas autônoma você terá “mais trabalho”, principalmente no tocante a escolha das roupas, já que você não terá quem lhe forneça toda a coleção. Contudo, as vantagens são inúmeras, dentre elas o fato de poder colocar um percentual de lucro maior nas peças de roupa, escolher peças distintas de marcas diversas, variedades de modelos e estilos.

4. Como Escolher Fornecedores Para Revender Roupas

Como Escolher Fornecedores Para Revender Roupas
Escolher os fornecedores certos para trabalhar como revendedora de roupas é o passo principal para trabalhar com revenda de roupas.

Os fornecedores são o ponto chave de uma revendedora de roupas, por isso é imprescindível saber o que analisar no momento da escolha dos fornecedores, até mesmo porque comprará em grande escala (atacado), consequentemente, caso faça uma má escolha poderá sofrer um prejuízo altíssimo.

Sugiro fazer uma relação de 10 fornecedores que considera atraentes e depois escalonar por pontuação, observando os seguintes critérios:

  • Preço;
  • Roupas que seguem a tendência;
  • Qualidade das roupas e tecidos;
  • Marcas;
  • Condições de pagamento;
  • Qualidade no atendimento;
  • Quantidade mínima de peças de roupas para comprar em atacado;
  • Possibilidade de envio;
  • Exclusividade;

Essas são as características que costumam ser mais importante em um fornecedor, atribuir pontuação para cada fornecedor de acordo com esses fatores é uma boa forma de facilitar a visualização de qual é melhor.

Outro ponto importante é que você não precisa manter um fornecedor por anos, caso você perceba que não está como deveria, troque! Além disso, sempre sugiro todos os anos avaliar a possibilidade de trocar de fornecedores, até mesmo porque novas opções surgem no mercado.

5. Melhore Seu Gosto Para Roupas

Por melhor que seja o seu bom gosto para escolher peças de roupas, você não pode pensar em você, mas sim no que seus clientes irão gostar, e os clientes gostam do que está em evidência, na moda, seguindo as tendências.

Fazer um curso intensivo de moda pode trazer um grande aumento nos seus lucros, até mesmo porque você pode falar para as pessoas que é uma expert em moda, com cursos sobre o assunto e que com certeza trará roupas que seguem as tendências de cada estação.

6. Como Vender as Roupas e Acessórios

Apenas comprar bem não é sinônimo de sucesso, é preciso saber vender. Existem pessoas que “nascem” sabendo vender, é impressionante, simplesmente tudo que oferecem as pessoas compram, mas não se desespere, é possível aprender.

O primeiro aspecto a se analisar é a hora certa de tentar revender roupas. Se você chegar em um momento inadequado em uma loja, com certeza será mal recebido e as vendas se tornarão quase impossível. Ligue antes e marque um horário. Procure não chegar em momento que serão recebidos clientes.

Um erro bastante comum em uma revendedora de roupas é tentar “empurrar” seus produtos quando o cliente não quer. Evite “empurrar” algo, tente convencê-la de que o produto terá saída, mesmo que seja para vender 1 ou 2 peças, assim, quando ela conseguir vender, ela perceberá que você foi honesta e, além de pedir novas peças de roupas, também comprará mais da próxima vez que você disser que irá vender bem.

Não tenha pressa para vender, esta é a regra básica.

Quando você está com pressa e afoita, raramente mostrará as peças de roupas de forma a expor as reais qualidades, sem contar que a cliente se sentirá mal por estar ao seu lado, irritada e inquieta, e você como boa revendedora de roupas não deseja isso, concorda?

7. Como Fidelizar os Clientes

Como Fidelizar os Clientes
Para trabalhar como revendedora de roupas é importante fidelizar os clientes e um grande passo para conseguir isso é a simpatia.

Melhor do que conseguir novas clientes é fidelizar as que você já tem. Pense da seguinte forma, caso você consiga uma boa carteira de clientes como revendedora de roupas, poderá comprar praticamente sob encomenda, tendo uma margem de lucro garantida. Também, não precisará ficar se esforçando tanto para vender e passar uma boa imagem, já que as clientes já lhe conhecem e sabem que podem confiar em você.

Para fidelizar um cliente você precisa conseguir conquistar 3 fatores:

  • Confiança
  • Empatia
  • Credibilidade na qualidade do produto

Nos primeiros contatos com o cliente você precisa conquistar a empatia, ou seja, ele precisa se sentir a vontade com a revendedora de roupas. Você já deve ter vistos vendedores experientes compartilhando de momentos de “lazer” ao vender, como é o caso de tomar um café, mate ou coisas do gênero, isso tudo tem como enfoque ganhar a empatia do cliente.

Quando você consegue a empatia a probabilidade de ganhar “sim” como resposta é maior.

A confiança ocorrerá quando ele tiver alguma situação que exija a colaboração de você, por exemplo, uma roupa com defeito que precisa ser devolvida, a necessidade de novas peças urgentemente porque clientes solicitaram, enfim, ele precisa sentir que você estará sempre lá quando ele precisar.

Por fim, temos a credibilidade na qualidade do produto. Em um primeiro momento é difícil conseguir convencer os clientes da qualidade, porém, com o passar do tempo e a medida que forem percebendo que os produtos raramente voltam devido a defeitos, costuma-se conseguir a credibilidade.

Uma boa forma de conseguir a credibilidade é se tornando uma revendedora de roupas de marcas mais conceituadas, assim, por si só é provável que a qualidade do produto seja boa. Caso você trabalhe vinculada a uma marca, você pode  revender roupas por catálogo com um risco menor de prejuízo.

E agora que já sabe como se tornar uma revendedora de roupas, que tal ganhar dinheiro? Deixe seu comentário e cadastre seu e-mail para receber mais dicas de negócios!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

5 COMENTÁRIOS

  1. Adorei a matéria, estou estudando com uma amiga a possibilidade de trabalharmos juntas, em revender roupas, estou lendo bastante sobre o assunto, e essa matéria foi bem esclarecedora. Obrigadaaa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here