Produtos Alimentícios

Produtos AlimentíciosConheça mais sobre os produtos alimentícios e como trabalha-los para ganhar dinheiro!

Você tem interesse em trabalhar no setor de alimentos? Saiba que esta área é uma das que mais possuem potencial lucrativo em qualquer lugar do mundo, afinal de contas, ela comercializa produtos que todo mundo precisa consumir várias vezes ao dia. Há várias alternativas para trabalhar com produtos alimentícios, que vão desde a produção até a comercialização para o consumidor final.

Definitivamente, o campo para trabalhar com produtos alimentícios é bastante amplo, sendo necessário escolher aquele que mais compreende às suas habilidades e que está dentro da sua disponibilidade de orçamento para investir. Também é possível determinar o tamanho do seu negócio, que pode ser pequeno e atender a uma demanda local ou de grande porte para abastecer um determinado setor do mercado nacional.

Para abrir uma empresa de produtos alimentícios é necessário conhecer todas as variáveis que o envolvem como, por exemplo, os nichos de atuação disponíveis, além de ser exigido construir um planejamento detalhado que sirva para orientar todos os passos da atividade. Para você que quer começar a sua empresa agora mesmo, nós traremos aqui informações e dicas sobre como trabalhar com produtos alimentícios, além de uma lista de quais alimentos você pode gostar de trabalhar. Aproveite!

Vantagens de Trabalhar No Setor

Há diversas vantagens em trabalhar com produtos alimentícios, sendo que a primeira delas é o fato de este setor ser um dos mais consolidados do mundo, pois trabalha com a comercialização de itens que são a base para a sobrevivência dos seres humanos, apresentando uma demanda grande em qualquer lugar, o que o torno estável economicamente.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O ramo de produtos alimentícios também é muito amplo, o que permite que os empresários escolham os nichos que desejam trabalhar como, por exemplo, alimentos básicos, alimentos congelados, entre outros. Dessa maneira, a empresa seleciona um público-alvo, podendo aprimorar os seus serviços e aumentar os seus lucros.

Desvantagens de Trabalhar Com Produtos Alimentícios

Assim como qualquer outra área de atuação, a de produtos alimentícios também tem as suas desvantagens. Embora existam nichos diversificados para trabalhar com alimentos, há muita concorrência neste setor, tanto de pequenos quanto os de grande porte, sendo necessário desenvolver e oferecer diferenciais para conquistar a sua parcela de público consumidor.

Os alimentos são produtos que estão diretamente ligados à saúde das pessoas, logo, há muita fiscalização em cima das empresas que trabalham com a produção ou comercialização destes itens, que devem ser seguir rigidamente uma cartela de exigências. Se o negócio deixar de cumprir com as regras pode receber multas ou até mesmo ser interditado pela Vigilância Sanitária.

Nichos Para Trabalhar Com Produtos Alimentícios

Quando se fala em trabalhar com produtos alimentícios, algumas das principais formas de atuação são agir diretamente na fabricação dos produtos, fazer o beneficiamento e a comercialização de diferentes categorias de itens.

Já pensou em trabalhar com o beneficiamento de grãos e cereais? Pode ser uma ótima forma de negócio.

Veja a seguir quais são os nichos para trabalhar com produtos alimentícios:

Alimentos Congelados

A maioria das pessoas vive numa correria diária, precisando se desdobrar para conseguir realizar todas as tarefas do trabalho, estudos e vida pessoal, sobrando pouco tempo para cozinhar, o que as leva a recorrer aos alimentos congelados, que são semiprontos. O consumo dos produtos alimentícios congelados cresceu mais de 40% nos últimos dez anos no Brasil.

Gostou da área? Temos um texto específico ensinando exatamente como montar uma loja de alimentos congelados, aproveite!

Algumas das tendências que podem ser seguidas para obter sucesso neste ramo é investir na fabricação de refeições completas congeladas, não só as básicas como lasanha e pizza, mas também macarrão, arroz, frangos em pedaços, entre outras. Também tem crescido o número de pessoas que estão morando sozinhas, o cria uma oportunidade de negócio de fazer alimentos congelados em pequenas porções.

Doces

O Brasil é um dos melhores locais para investir na fabricação e comercialização de doces, pois o país ocupa a quarta colocação no ranking dos que mais consomem alimentos doces per capita. Este mercado está em constante evolução, apresentando novas opções de produtos para os consumidores frequentemente.

Para atuar no nicho de produtos alimentícios doces você pode optar por fazer itens caseiros ou industrializados, além de vendê-los diretamente para o público consumidor ou transferi-los para os distribuidores, que se encarregarão de vender para os comerciantes.

Produtos Alimentícios Salgados

Os produtos alimentícios salgados de consumo rápido também têm uma boa aceitação no mercado como, por exemplo, pastel, coxinha, esfirra, quibe, sanduíches, empadinha, entre outros. Neste nicho de mercado o empresário trabalha com o comércio direto, fabricando e vendendo os alimentos para o cliente final.

Alimentos da Cesta Básica

Os alimentos da cesta básica são os que mais movimentam o setor de produtos alimentícios como arroz, feijão, farinha de trigo, óleo de cozinha, açúcar, café, carne, biscoitos, leite, macarrão, etc. Ao decidir trabalhar com estes produtos alimentícios o empresário atuará na área de comércio, fazendo a distribuição para o consumidor final ou para outros comerciantes.

Veja também como montar um supermercado, é uma boa ideia de negócio e que movimenta um bom dinheiro ao mês.

Produtos Alimentícios In Natura

A preocupação com a saúde e o consumo de alimentos saudáveis é algo que está cada vez mais presente entre os brasileiros, o que abriu o mercado para a produção e comércio de alimentos in natura. Este nicho tem um potencial de crescimento e faturamento alto nos próximos anos. Algumas das possibilidades de atuar no ramo é vender frutas, verduras e legumes, além de porções pequenas para serem consumidas in natura como cenourinhas, mini-maçãs e pepininhos.

Beneficiamento de Produtos Alimentícios

Se a sua intenção não é atuar diretamente na fabricação, uma oportunidade para trabalhar como produtos alimentícios é investir no beneficiamento de alimentos, fazendo a seleção para garantir a qualidade, processando-os ou embalando-os. Esta atividade é mais comum no setor de grãos, frutas, legumes e verduras.

Caso deseje se aprofundar mais no assunto, temos um texto voltado a ensinar o funcionamento do beneficiamento de legumes.

Como Montar Uma Empresa de Produtos Alimentícios

Independente do nicho de produtos alimentícios que você escolha trabalhar será necessário estruturar um planejamento para o negócio, cuidando das questões que são essenciais para que o seu funcionamento seja bem sucedido e lucrativo. Acompanhe abaixo como montar uma empresa de produtos alimentícios:

1- Selecione Um Público-Alvo Para a Empresa de Produtos Alimentícios

Para montar uma empresa de produtos alimentícios, a primeira coisa a se fazer é selecionar o público-alvo para o qual irá trabalhar. Este processo é de suma importância para trilhar com caminho de sucesso. Faça uma pesquisa para descobrir quais são as maiores demandas que existem na localidade em que o negócio será instalado.

Além disso, também é recomendado fazer um estudo da concorrência, ou seja, das empresas que já oferecem os mesmos ou produtos alimentícios semelhantes. A partir daí você pode montar um planejamento estratégico para combater os concorrentes e oferecer produtos diferenciados, cativando a preferência dos consumidores.

2- Escolha o Local Para a Empresa de Produtos Alimentícios

A escolha do local para instalar a empresa de produtos alimentícios deve levar em consideração o seu nicho de atuação. No caso de optar pelo comércio de alimentos de consumo rápido como, por exemplo, salgados ou doces, o ideal é escolher um ponto urbano, em que haja um grande fluxo de pessoas.

Para o negócio de beneficiamento de alimentos ou alimentos in natura, o ideal é instalar o estabelecimento perto dos fornecedores como agricultores ou feiras, visto que a proximidade e os custos com o transporte evitam que as mercadorias pereçam e percam as propriedades naturais.

3- Regularize o Negócio de Produtos Alimentícios

Você não quer ter problemas com multas ou interdição, não é mesmo? Então é necessário priorizar a regularização do negócio de produtos alimentícios, que consiste em obter o Alvará de Funcionamento, Licença de Corpo de Bombeiros, Licença do Meio Ambiente e CNPJ.

Outro documento importante é a autorização da Vigilância Sanitária da prefeitura da cidade, que é o órgão responsável por fiscalizar se os alimentos estão sendo beneficiados, processados ou fabricados dentro dos padrões exigidos, evitando contaminações ou alterações que possam comprometer a saúde de quem irá consumi-los futuramente. O órgão costuma fazer fiscalizações anuais aos estabelecimentos desta categoria.

4- Cuidados Com a Manipulação dos Alimentos

Ao entrar para o setor de produtos alimentícios o empresário deve assumir um compromisso com a qualidade do que será fabricado ou processado. Nesta situação, um dos principais quesitos a serem levados em consideração são os cuidados com a manipulação dos alimentos, que são os mais rígidos possíveis.

Os alimentos precisam ser manipulados com luvas para evitar a contaminação das bactérias nas mãos humanas, devem ser condicionados em locais refrigerados quando forem perecíveis, não serem expostos ao excesso de luz, receberem a devida higienização antes de serem preparados e guardados em recipientes adequados. Enfim, o ideal é estabelecer um padrão de qualidade para a manipulação dos produtos alimentícios.

5- Distribuição dos Produtos Alimentícios

Não basta apenas produzir, a empresa de produtos alimentícios também precisa montar um sistema de distribuição do que produz. Se a empresa trabalha com o comércio direto, a distribuição se torna mais fácil, basta expor os itens ou divulgá-los para o consumidor final no estabelecimento comercial.

Mas, se o negócio trabalha com a venda indireta dos produtos alimentícios, é necessário fazer uma prospecção de vendas, ou seja, descobrir quem são os seus clientes em potencial, ir até eles, oferecer e comercializar as suas mercadorias. Recomenda-se começar com os consumidores da região, conforme o negócio for crescendo pode-se atender à demanda nacional e até mesmo internacional.

Despertou Seu Interesse em Trabalhar Com Produtos Alimentícios? Compreenda Mais a Área e se Aventure!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA