Negócio Próprio Baixo Investimento

Negócio próprio baixo investimento
Negócio próprio baixo investimento.

O Negócio próprio com baixo investimento financeiro – Isso é basicamente o que muita gente procura para começar a ser o próprio patrão. É salário atrasado, defasado, com valores muito aquém das reais necessidades, são chefes incoerentes, empresas que não valorizam funcionários, enfim, a lista de motivos para deixar de ser empregado e ter o seu empreendimento é enorme.

Sendo assim, confira idéias que não vão puxar tanto pelo seu bolso e vão lhe trazer ótimas rentabilidades.

Vender produtos e serviços pela internet

Um tipo de comércio que até há alguns anos era impensável é o eletrônico, aquele feito exclusivamente pela internet. Com a popularização do acesso à rede mundial de computadores, uma opção de negócio próprio de baixo investimento  é vender produtos e serviços pela internet.

Fazer parte de um programa de afiliados, por exemplo, é uma opção. Caso tenha um site ou blog, é momento de fazer um cadastro no Google Adsense para ter a permissão de colocar anúncios no seu site. A cada clique em cima deles, você ganha dinheiro. Outros programas são do Submarino, Mercado Livre, Hot Words etc. O único trabalho que deverá ser feito é o de gerar fluxo de visitantes na sua página. Por alguns, o dinheiro é ganho somente em cima das vendas feitas através de anúncios que estejam na sua página, como o Mercado Livre.

Sobre a importância do tráfego para ganhar dinheiro online veja nosso artigo o que não é dito sobre ganhar dinheiro na internet.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Também existe a possibilidade de fazer parte de programas de afiliados, mas sem ter um site próprio, podendo abrir espaço para os anúncios nas redes sociais, em classificados virtuais, fóruns, grupos de discussão, e-mails e anúncios em jornais de sua cidade. Um exemplo é a Imagem Folheados, Consultor Bodygênics, Comprafácil etc.

Outra orientação para quem deseja iniciar o negócio próprio baixo investimento é vender os seus produtos ou serviços pela internet, como artesanato, costura e serviços de web design. Quem não domina nada disso, também tem a chance de comprar produtos e colocá-los para serem vendidos na rede, saindo bem mais barato do que gastar com aluguel de ponto comercial.

Saiba como ter o seu negócio próprio com baixo investimento na internet

A empresa E-bit, que analisa comércio eletrônico, afirma que existe uma estimativa de que até 2015 o comércio eletrônico no Brasil chegue aos R$40 bilhões, o que fará com que o país fique em quarto lugar no ranking mundial, perdendo para China, EUA e Japão. Neste contexto, certamente um negócio próprio com baixo investimento na internet pode ser uma excelente alternativa.

Mas para ter sucesso na rede, é preciso seguir alguns caminhos. O consultor em web marketing, diretor da agência E-market e editor do blog Publicidade na Web, Ricardo Prates Morais, dá as orientações.

Para ele,  é necessário encontrar um nicho de mercado que seja atrativo e viável e começar a planejar o negócio de forma global, com foco no público-alvo e faturamentos a curto e longo prazos.

Se você vai vender poucos produtos, construa uma loja virtual e busque os diversos tipos de layouts que já vêm prontos. A grande questão é que esses possuem poucas opções de personalização, mas são adequados para esse tipo de pequeno negócio de baixo investimento.

O especialista também afirma que  mais de 80% das vendas feitas pela internet são com cartões de crédito e o site precisa oferecer essa oportunidade. Na opinião dele, o PagSeguro UOL e PayPal são ótimas opções para a realização de pagamentos e isso é vantajoso para o empreendedor, pois ele não vai se preocupar com questões burocráticas de cartões e emissão de boletos, pois aqueles serviços já realizam isso tudo.

Com o site pronto, o momento é o de gerar fluxo nele e para isso é preciso investir em publicidade, que pode ser o link patrocinado, no qual a cada clique ou visita feita o dono do negócio paga por isso. Esse estilo de anúncio é oferecido pelos sites de busca e por aqueles que fazem comparações de preço. O valor mínimo é R$0,10, contudo, o valor máximo é definido pelo mercado. Desse jeito, quem paga mais alto tem mais prioridade no resultado da busca.

De acordo com Morais,  a taxa de conversão é bem alta, mas como a concorrência está aumentando, esse tipo de investimento pode sair caro para as pequenas empresas.

Ao fazer anúncios pagos por clique é muito importante contratar alguém ou tornar-se especialista neste tipo de publicidade para aproveitar o máximo da ferramenta. Fatores como a página de destino do anúncio, o próprio anúncio, preço, produto e sistema de pagamentos da sua loja virtual / site determinarão uma maior ou menor taxa de conversão destes visitantes em vendas.

Uma alternativa aos anúncios pagos para o sucesso do seu negócio próprio de baixo investimento na internet é investir na otimização do site usando técnicas de SEO. Isso porque assim os resultados vão aparecer no Google e você não vai precisar pagar nada por isso, além de poder ficar ali aparecendo nos resultados e conquistando mais clientes durante muito tempo.

Setor de beleza é uma opção de negócio próprio com baixo investimento

Iniciar um salão de beleza em uma região onde não há nenhum é uma ótima oportunidade de trabalho para quem busca oportunidades de negócio com baixo investim

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

10 COMENTÁRIOS

  1. Trabalho como autonomo, sou técnico de informática, há alguns meses atrás encarei o desafio de fabricar e vender perfumes contratipos, estavam indo bem até o Google não mais permitir o uso do Adwords alegando pirataria. Fiz um investimento, meu material era totalmente personalizado, tudo de marca própria. Vendi para várias regiões do Brasil, sentindo que estava indo bem, investi em mais produtos, foi quando o todo podereoso Google me bloqueou. Lamentável o que ocorreu, tentei diversas vezes a liberação, mas não permitiram. O mais engraçado é que meus concorrentes de grande porte continuam anunciando, vendendo os mesmos tipos de produtos. Vai entender. Vou tentar reativar, mudando de nome e ainda por cima vou associar MMN, espero que não me derrubem de novo.

    • Olá Agnaldo;

      Uma alternativa seria você fazer o planejamento de um site para conseguir buscas orgânicas do Google. Ou seja, o dinheiro que você investiria em anúncios pagos seria utilizado para planejar, criar e manter o site posicionado nas primeiras posições do Google para os termos desejados, aqueles mesmos que você usava para gerar vendas quando pagava anúncios.

      Boa sorte!

  2. Olá,tenho uma microempresa. É uma loja de roupas femininas e masculinas, tem apenas 5 meses e está sendo uma sucesso.
    Estou pensando em abrir uma filial, será que é cedo pra isso ? Devo esperar?

  3. olá,gostaria de receber informações sobre abrir uma empresa de consultoria em rh( ou departamento pessoal terceirizado).

    Moro na bahia e queria saber como anda esse mercado.
    obrigada

Comments are closed.