Microcervejaria

Microcervejaria
Abrir uma microcervejaria é um excelente investimento para quem busca um negócio interessante e movimentado o ano inteiro.

Em um país como o nosso, em que a cerveja é uma bebida muito consumida, vale a pena pensar em ter um negócio ligado a isso, como uma microcervejaria.

De acordo com dados do Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindcerv), o Brasil está entre os quatro maiores fabricantes de cerveja do mundo. Já que há grandes indústrias de bebida por aqui, atuar com uma microcervejaria pode ser uma ótima forma de ganhar dinheiro e não precisar concorrer com empresas grandes diretamente.

Mas o que é exatamente uma microcervejaria? É uma cervejaria de pequeno porte que possui instalações voltadas à produção da bebida em pequenas quantidades, principalmente para consumo no local ou envasamento em barris de aço inox ou garrafas de vidro para que ela seja consumida em outros lugares.

A capacidade de produção de um empreendimento como esse vai de 1.000 a 2.000 litros por cozimento. Os equipamentos e instalações permitem produzir qualquer tipo de cerveja de baixa ou alta fermentação.

Essas empresas, ainda que produzam pouca quantidade, têm estrutura e controles que fazem com que qualquer tipo de cerveja seja elaborada, até porque seguem rígidos padrões de qualidade que dão total abertura para tal feito.

Veja como está o mercado

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

As microcervejarias começaram a aparecer no Brasil nos anos 1990 e atualmente existem cerca de 200 delas aqui, todas atuando em nichos de mercado. Comparando com o mercado de cervejas em geral, elas representam cerca de 5% dele. Perceba, 5% de todo o geral é muita coisa, sinal de que tem público para microcervejarias!

Com elas, os brasileiros começaram a consumir cervejas exclusivas e diferenciadas, com diversos tipos, sabores e aromas, dando a possibilidade de experimentar algo que não é tão comum nas cervejas de grandes distribuidoras. Muitas dessas bebidas são feitas com orientações da Reinheitsgebot, que é a Lei da Pureza Alemã, a qual exige que a bebida tenha água, fermento, malte e lúpulo, tudo sem qualquer conservante.

Esse tipo de empreendimento encontra grande quantidade de fábricas, especialmente no Sul, com foco em Blumenau, no estado de Santa Catarina, seguido do Sudeste.

Clientes de uma microcervejaria

Os clientes de uma microcervejaria podem ser os mais diversos possíveis, mas basicamente são empresas do setor cervejeiro, instituições do mundo corporativo, bares e restaurantes, buffets, reuniões e eventos em geral, de acordo com a proposta do negócio. Acima de tudo, a clientela quer mesmo é saborear, degustar uma boa cerveja da mais pura qualidade, sem qualquer química que possa atrapalhar o gosto.

Esse tipo de empreendimento não tem a intenção de entrar no mercado e disputar com as grandes indústrias, ao contrário, é voltado mesmo para um público que busca algo diferente.

Localização da microcervejaria

Como qualquer outro tipo de negócio, o primeiro ponto a ser considerado quando um empreendimento será aberto é estar perto dos seus clientes. Por conta disso, uma pesquisa de mercado para identificar hábitos dos possíveis consumidores é uma importante ferramenta para conseguir tais informações e não errar na escolha do lugar onde vai funcionar a microcervejaria.

Uma microcervejaria pode estar situada mais afastada do movimento, desde que seu foco não seja um ambiente para tomar cerveja no local, mas sim com venda para levar

É essencial que os seguintes aspectos sejam levados em conta, no momento da definição do bairro do imóvel: esse deve estar em um lugar que esteja dentro do poder aquisitivo dos clientes alvo, deve estar em uma rua movimentada ou shopping, precisa ter todos os serviços públicos funcionando plenamente, tais como água, esgoto, luz, segurança pública; precisa estar em uma rua asfaltada e a vizinhança deve estar disposta a ter uma microcervejaria por perto.

Aspectos legais com a prefeitura devem ser vistos, como a planta original para verificar se houve ou não modificações com obras e alvará de funcionamento, pois conforme o plano diretor das cidades, há bairros onde não podem funcionar determinados tipos de estabelecimentos.

No caso de microcervejarias que vão atender à outras empresas, pensar em um local com espaço para fazer o transporte com conforto e segurança também é um aspecto muito importante e que precisa ser considerado.

Concorrência não, parceria sim

Como a proposta de uma microcervejaria não é concorrer com as grandes indústrias, a dica é fazer delas uma parceira, que pode ser uma financiadora inicial do empreendimento, por exemplo.

Profissionais da microcervejaria

Os profissionais necessários para a abertura de uma microcervejaria não são muitos, sendo basicamente um mestre cervejeiro, um ou dois auxiliares para a produção, um contador e alguém que vai estar no atendimento, que pode ser o dono do negócio mesmo.

Foque em achar um cervejeiro top, bom, que realmente faça algo diferente, ele é o sucesso de como montar uma microcervejaria

O empreendedor que vai abrir uma microcervejaria deve levar em conta características individuais de cada profissional no momento da seleção. Isso é possível quando os que estão diretamente ligados à produção da cerveja são devidamente capacitados e treinados para fazer todas as tarefas inerentes à função.

Modelo do empreendimento

Como a produção de uma microcervejaria é relativamente baixa, a implementação deste projeto é um pouco mais econômico, fazendo com que a margem de lucro seja bem considerável para os investidores.

A produção é basicamente de 18 mil litros por mês, que pode ser uma carreta-tanque, 51 mil latas de 355ml ou 360 barris de 50 litros cada.

O processo produtivo na microcervejaria

A fabricação de cerveja em uma microcervejaria passa por sete fases: moagem, mistura, filtragem da mistura, borrifamento, fervura, resfriamento e fermentação.

Desnecessário frisar que você precisará de equipamentos para cervejaria né? Uma boa dica para comprar equipamentos microcervejaria mais baratos é procurar por seminovos.

  1. Na etapa de moagem, o moinho tritura o malte. Na mistura, ele é colocado em um tanque com água e ela ativa enzimas no interior do grão.
  2. Na filtragem, o mosto, que é o líquido doce resultante da mistura, é filtrado.
  3. Na fase de borrifamento, esse mosto é transferido para a caldeira, água quente é borrifada na superfície dos grãos que estão na caldeira e isso retira os açúcares remanescentes no malte.
  4. Na etapa de fervura, o mosto é fervido, o lúpulo é adicionado. Depois disso é preciso resfriar rapidamente para que não haja contaminação por microorganismos e é aqui que o líquido doce é oxigenado e transferido para o tanque de fermentação. Nesse, ocorre a fermentação primária que ocorre de quatro a 14 dias. Passado esse tempo, a cerveja é resfriada para maturação ou fermentação secundária, fase na qual as leveduras refinam o sabor da cerveja.

Dicas de negócio

Os empreendedores devem buscar o melhor para seus negócios e isso só se faz com muita pesquisa. Não são poucos os estudos que devem ser feitos e não somente referente ao que é preciso para montar um negócio, mas ao mercado e a atividade do setor como um todo.

Se você estiver interessado em algumas ideias de negócios, também pode encontrar clicando aqui!

Algumas publicações impressas devem fazer parte desse investimento intelectual e algumas dicas que ficam são o Manual Prático de Cervejaria (autor: Matthias Rembert Reinold), Revista Indústria de Bebidas, Revista Cozinha Profissional, Revista Guia de Cerveja e muitas outras em outros idiomas.

Eventos do ramo de atividade devem constar no planejamento de negócio de qualquer um que queira abrir o seu empreendimento. São feiras, concursos, encontros, tudo que pode trazer muita informação consistente para quem está querendo entrar nesse ramo.

Caso deseje mais informações de como abrir um negócio, poderá ser útil os seguintes textos:

Há também sites interessantes que podem ser visitados, tais como o do Sindcerv, da Associação Brasileira dos Profissionais em Cerveja em Malte (Cobracem), Associação de Cervejeiros Caseiros Nacionais (veja o do seu estado), de microcervejarias nacionais e internacionais. O importante é ter em mãos muitas informações sempre.

O que achou do nosso artigo sobre microcervejaria? Comente!

5.00 avg. rating (93% score) - 2 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

5 COMENTÁRIOS

  1. Bom Dia !!!!

    Eu preciso de mais informações sobre a microcervejaria, tais como: investimento, estrutura, custos, fornecedores ou até mesmo parceria/franquia/ou incubadora para desenvolver o referido projeto.

  2. Pretendo fabricar a cerveja caseira em quantidade 500l mês aproximadamente. Qual o equipamento e o que devo fazer. Gostaria de receber orçamento e modelos dos equipamentos. Agradeço a atenção.
    Fredolino

  3. Gostaria de receber os modelos dos maquinários e os valores correspondentes dos mesmos, para montar e fabricar cerveja artesanal em pequena quantidade.Obrigado.

  4. Boa noite! Minhas dúvidas são as mesmas do colega acima.Eu preciso de mais informações sobre a microcervejaria, tais como: investimento, estrutura, custos, fornecedores ou até mesmo parceria/franquia/ou incubadora para desenvolver o referido projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA