Fábrica de Redes Esportivas

Fábrica de redes esportivas
Fábrica de redes esportivas

Em tempos em que o Brasil se prepara para receber a Copa do Mundo de 2014 e os jogos olímpicos de 2016, é hora de aproveitar essas duas grandes oportunidades e ganhar dinheiro com isso. Uma alternativa é atender exatamente o mercado esportivo, criando uma fábrica de redes esportivas.

Mercado

O Brasil se prepara em todos os sentidos para abrigar os jogos mundiais: há obras sendo feitas em todos os lugares, planos de reorganização urbana e ainda diversas escolinhas de vários esportes estão na esteira dessas mudanças. Por conta disso, um empreendimento que vai fabricar redes esportivas pode se encaixar perfeitamente nesse momento que o país se encontra.

Segundo o Ministério dos Esportes, o Sebrae fez um estudo que mostrou que a Copa do Mundo 2014 deve gerar cerca de 930 oportunidades de negócios para micro e pequenas empresas nas 12 cidades-sede em todas as regiões do Brasil. As oportunidades estão em muitas áreas, inclusive no comércio varejista, com materiais esportivos.

É claro que esse não é o único motivo, nem deve ser. A demanda por tal produto não ocorre somente por conta dos principais jogos, mas também por ordem natural do setor.

Quem são os clientes da fábrica de redes esportivas

Os clientes da fábrica de redes esportivas são os intermediários, as lojas, mercados, e todo e qualquer tipo de estabelecimento que seja responsável por comercializá-las.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Por conta disso, na verdade o empreendedor terá então dois clientes: o lojista e o consumidor final. Sendo assim, a atenção deve ser dobrada, pois ela pede foco desde a elaboração do material até a chegada às mãos dos esportistas.

Como funciona esse negócio

Quem pretende abrir um negócio como esse deve saber então que ele funciona da seguinte forma: há a fábrica de redes esportivas para futebol society, de salão, de campo (grama), basquete, tênis e vôlei. Cada uma é feita de acordo com dimensões próprias e também conforme o grau do atleta. No caso de futebol, são feitas em polietileno virgem (nylon) e polipropileno virgem (seda). Para basquete e tênis, o material é polietileno e polipropileno. Para vôlei, só polietileno (nylon).

Após a produção, a encomenda é feita e deve ser enviada ao lojista. Alguns empreendedores também escolhem vender pela internet e isso engloba o consumidor final.

Localização do imóvel do negócio

Escolher onde a fábrica de redes esportivas será sediada é fundamental para o sucesso da empresa. Existem alguns detalhes que devem ser extensivamente explorados para poder fazer a escolha certa do lugar onde funcionará o empreendimento, são eles aspectos referentes aos clientes, aos fornecedores, aos concorrentes e à infraestrutura existente ao redor.

Já foi citado que a fábrica atenderá basicamente lojas que vão vender esses produtos feitos por ela, por conta disso, é fundamental que o imóvel esteja próximo a essas lojas. É preciso que haja um espaço suficiente no local ou mesmo uma rua que dê essa possibilidade de ter o transporte de veículos grandes que vão fazer a entrega dos produtos. Por exemplo, uma rua muito movimentada talvez não seja indicada porque o movimento intenso de entrada e saída dos caminhões pode piorar ainda mais a realidade daquele lugar.

Há áreas que a prefeitura não permite que haja atuação de atividade industrial, por conta disso, é preciso então procurar essa informação junto ao governo municipal, só ele mesmo poderá dar dados precisos.

Embora a fábrica seja fornecedora de lojas, ela também precisa de fornecedores dos produtos para poder produzir as redes esportivas. Sendo assim, é necessário que ela também esteja em um ponto que seja bem perto dos seus fornecedores, para que a distância não represente impactos financeiros e custos altos.

Como tornar a empresa conhecida

A publicidade deve ser feita, sendo necessário investir nessa área, pois se a empresa não é conhecida pelo público, consequentemente, não há vendas e portanto, caminho certo para a decadência do negócio. É claro que existe um tempo normal e aceitável de um nível baixo de vendagem e isso ocorre muito quando a empresa está chegando ao mercado, afinal, ela é nova, ninguém conhece e a confiança ainda é colocada em xeque.

Por conta disso, um trabalho de comunicação é essencial para tornar tais produtos acessíveis, públicos e confiáveis.

Todo esse planejamento será feito de acordo com a clientela a qual se pretende atingir. Como é basicamente para lojas que se vai vender esses produtos, o ideal é ir pessoalmente falar com os responsáveis por esses estabelecimentos, levar uma amostra do produto, estar aberto a fazer promoções e a aceitar negociações, já que a empresa está entrando no mercado.

Após isso, um segundo passo a ser dado é investir em publicações que possam esclarecer esses intermediários, impressos e digitais. Não há como não fazer isso, porque eles precisam de material que vai ajudá-los a fixar e acrescentar informações que já foram faladas nas reuniões.

O impresso deve ser um folder, com um resumo de tudo o que é oferecido pela empresa. Já o online deve ser um site esclarecedor e de fácil navegação. Pagar anúncios em publicações especializadas também é bem eficiente, pois dessa maneira atinge diretamente o público-alvo desse negócio.

Dicas de negócio

Uma dica para quem vai abrir uma produção de redes esportivas é fazer uma vasta varredura da área na qual se pretende atuar. Procure quem são os concorrentes, o que eles oferecem, quais pontos estão faltando ser atendidos, o que eles fazem para agregar valor a seus produtos e onde atuam. Entrar em um mercado sem ao menos conhecer quem já está nele há muito tempo é arriscar demais e jogar os investimentos à sorte.

Reparar também as diversas lojas que comercializam esse tipo de material é fundamental para estabelecer quem serão os clientes. Por exemplo, os fabricantes A e B fornecem redes esportivas para as lojas C e D, contudo, o estabelecimento E não recebe produtos desses mesmos fabricantes. Por quê? Essa é uma questão que pode ser desenvolvida e a resposta dela pode ainda mostrar um caminho, melhor dizendo, um nicho ou segmento de mercado onde o novo empreendimento pode atuar.

Pesquisar o grau de satisfação dos clientes finais também é tão importante quanto. Verificar o que eles gostariam que existisse a mais nos produtos ou identificar a insatisfação é fundamental também para encontrar espaços que talvez ainda não estejam sendo ocupados por aqueles que já estão no mercado.

Olhar para quem atua há anos não significa dizer que esses podem ser concorrentes, ao contrário, eles podem ser somente agentes a mais em uma realidade que é suficiente para comportar novos empreendimentos. Isso é inovação, verificação de novas necessidades, agregação de valores.

Gostou das dicas para ter sua fábrica de redes esportivas? Comente:

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA