7 Passos Para Montar Uma Fábrica de Farinha de Mandioca

Farinha de mandiocaJá pensou em montar uma fábrica de farinha de mandioca? Aprenda em 7 passos como montar uma Fábrica de Farinha de Mandioca.

Bolos, farofas, paçocas, queijadinha e pão, estes são apenas alguns dos alimentos feitos com farinha de mandioca, que é um dos ingredientes mais apreciados pelos brasileiros. A farinha de mandioca é um dos elementos mais importantes da culinária brasileira, sendo utilizada para o preparo de diferentes pratos, tendo como característica ser uma importante fonte de carboidratos, ideal para quem deseja manter a forma de um jeito saudável.

A farinha de mandioca é um ingrediente bastante democrático, sendo consumida em praticamente todas as regiões brasileiras, desde o Norte até o Sul. A grande diversidade deste alimento faz com que além de uma boa fonte de nutrientes, ele também seja uma ótima oportunidade de negócio para quem deseja atuar em uma atividade do ramo alimentício e que tenha potencial para render bons lucros financeiros.

Uma das alternativas para ingressar nesta área é montar uma fábrica de farinha de mandioca, que é um negócio de porte mediano, tendo um investimento relativamente baixo. Para que esta atividade seja um sucesso é importante primar por todas as questões que a envolve, desde o modo de operação até a distribuição do produto.

Como montar uma fábrica de farinha de mandioca exige a execução de diversas etapas, criamos esse texto com o intuito de te auxiliar nessa difícil missão! Está pronto?

Conheça Mais Sobre o Consumo da Farinha de Mandioca no Brasil

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Para obter sucesso em qualquer atividade é preciso conhecer tudo sobre ela. A farinha de mandioca é um alimento consumido em bastante quantidade no Brasil, o que se deve ao fato de ter uma grande variedade culinária, visto que ela pode ser usada em diferentes pratos, desde os simples até os mais sofisticados.

A farinha de mandioca é mais consumida na região Nordeste do país, onde o cultivo de mandioca é abundante, o que faz com que esta leguminosa seja utilizada para diferentes finalidades. Além disso, este alimento está entre os preferidos dos brasileiros pelo fato de ser rico em carboidratos e demais nutrientes que fazem bem à saúde.

Mercado Para Montar Uma Fábrica de Farinha de Mandioca

Fazer um estudo do mercado que se pretende entrar é de fundamental importância para buscar um posicionamento adequado da empresa, evitando os erros e ampliando as possibilidades de sucesso. O setor de produção de farinha de mandioca tem se mostrado bastante lucrativo, tendo produzido nos últimos dois anos mais de 800 mil toneladas do produto, consumido no Brasil e exportado para alguns países da América do Sul e Europa.

Segundo um estudo da USP (Universidade de São Paulo), o consumo de farinha de mandioca é de 5,33 kg por ano por cada brasileiro. Sendo que o maior consumo acontece nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste. Esta condição faz com que o mercado de produção de farinha de mandioca seja muito estável e com boas possibilidades de lucro.

Outro fator que serve como um estímulo para quem ingressa neste setor é o fato de haver matéria-prima abundante, visto que a mandioca pode ser cultivada facilmente em qualquer lugar, principalmente nas regiões de temperaturas elevadas.

Como Montar Uma Fábrica de Farinha de Mandioca

A fábrica de farinha de mandioca é um negócio de médio porte, que requer diversos cuidados para que a sua estrutura seja montada de maneira apropriada, as atividades sejam executadas com o intuito de obter um produto de qualidade, além de promover a distribuição da mercadoria.

Desenvolver um plano de negócios, ter bons funcionários, maquinário adequado e uma gestão “impecável” são alguns dos pontos intrínsecos do negócio que precisam ser trabalhados com cuidado, paciência e profissionalismo.

Acompanhe abaixo mais informações sobre como montar uma fábrica de farinha de mandioca.

1- Plano de Negócios da Fábrica de Farinha de Mandioca

O plano de negócio é um dos pontos mais importantes, porque é realizado antes de começar a fábrica de farinha de mandioca em si. Através dele você poderá estruturar todo o seu negócio, estabelecer potenciais de ganho, fornecedores, custo do processo, rendimento esperado, antecipar problemas e desenvolver soluções.

Confira quem precisa de um plano de negócio.

Outro ponto de suma importância que contempla o plano de negócio é o investimento inicial real que será necessário. É bastante comum as pessoas iniciarem uma fábrica de farinha de mandioca e achar que vão gastar X e custar Y, através de um plano de negócio efetivo você conseguirá mensurar exatamente os seus gastos.

Por fim, tem-se uma redução de gastos e uma melhor organização. Veja, você iniciará o negócio com tudo pronto, sabendo exatamente o que fazer e qual “caminho” seguir, com isso, não irá alugar uma peça e terá de pagar aluguel enquanto estará providenciando documentação, procurando fornecedores e etc, pois seguirá o cronograma do plano de negócios, reduzindo a margem de erros.

2- Exigências Legais Para Abrir a Fábrica de Farinha de Mandioca

Para executar as atividades de qualquer empresa é preciso estar dentro da lei, do contrário você estará sujeito a receber multas e ter seu negócio fechado pela vigilância. Para abrir a fábrica de farinha de mandioca é necessário solicitar o registro do negócio na Associação Comercial da cidade e na Junta Comercial Estadual. Na sequência, também se tem que requerer o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) na Receita Federal e o ICMS na Secretaria Estadual da Fazenda.

Após obter estes registros é preciso recorrer a Prefeitura Municipal para solicitar o Alvará de Funcionamento, ISS, Enquadramento na Entidade Sindical Patronal, Licença de Bombeiros, Licença Ambiental e Licença da Vigilância Sanitária. Este processo é burocrático, mas essencial para trabalhar de forma regular.

Quer saber mais sobre o processo burocrático para abrir uma empresa?

3- Escolha o Local Para Montar a Fábrica de Farinha de Mandioca

O local em que a fábrica é instalada é um fator que pode contribuir para o seu sucesso ou fracasso, logo, esta tarefa deve ser realizada com calma e cautela. É necessário ter em mente que é preciso escolher o local que mais tenha possibilidades de render lucros para a empresa e com um valor acessível.

O local selecionado para instalar a fábrica de farinha de mandioca tem que estar próximo aos fornecedores e aos consumidores varejistas, o que facilita o transporte da matéria-prima e do produto pronto. O estabelecimento também tem que estar perto dos empregados para evitar despesas altas com transporte. O espaço físico deve ter, no mínimo, 80m², para comportar as repartições para estoque, setor administrativo e de produção.

Como você produzirá em grande escala e terá, provavelmente, que utilizar o transporte de caminhões para levar a farinha de mandioca, o ideal é que você consiga um local com pouco trânsito de pessoas e que, ao mesmo tempo, seja possível que caminhões estacionem com tranquilidade.

4- Equipamentos Para a Fábrica de Farinha de Mandioca

Além das questões que envolvem a estrutura física da fábrica de farinha de mandioca, também é preciso adquirir os equipamentos que serão utilizados na execução das atividades. Para as tarefas administrativas é necessário comprar mesas para escritório, cadeiras, computadores, impressoras, telefone, além de instalar internet que facilita as negociações com os fornecedores e clientes.

Para a área de operação da fábrica de farinha de mandioca você vai precisar adquirir 2 raladores e trituradores de mandioca, 1 lavador e descascador de mandioca, 1 prensa elétrica,  peneira elétrica, 1 forno mecanizado, 1 desintegrador, 3 cochos para armazenar a farinha, 1 balança com base e plataforma em ferro, 1 conjunto para empacotamento de farinha, além de embalagens. Para adquirir estes equipamentos, o empresário vai gastar aproximadamente R$ 70.000,00.

5- Equipe Para Trabalhar na Fábrica de Farinha de Mandioca

Os principais responsáveis pelo sucesso de qualquer empresa são os seus funcionários, logo é necessário montar uma equipe para trabalhar na fábrica de farinha de mandioca. Primeiramente, saiba que se trata de uma empresa de porte mediano, necessitando de poucos funcionários, até mesmo por uma questão de economia no orçamento da empresa.

Para começar a desenvolver as atividades da fábrica de farinha de mandioca é necessário contratar em torno de 12 funcionários, começando pela área administrativa que deve contar com um administrador, um contador e dois auxiliares administrativos. Para o setor operacional tem-se que contratar duas pessoas para atuar no tratamento da mandioca, dois funcionários para fazer o descascamento, dois operários para atuar na moagem, além de um profissional da área de limpeza.

Dificuldades com o entusiasmo dos seus funcionários? Confira algumas dicas para motivar seus funcionários.

6- Matéria-prima Para a Fábrica de Farinha de Mandioca

Para produzir a farinha de mandioca é preciso adquirir a matéria-prima, que é apenas a mandioca, a qual deve ser comprada de preferência de produtores locais, visto que o deslocamento pode prejudicar a qualidade desta raiz. Normalmente, para uma produção mediana usa-se 100 kg de mandioca quinzenalmente.

Também, adquirindo diretamente dos produtores, tem-se um custo mais baixo e, consequentemente, uma maior lucratividade no produto final.

7- Distribuição da Farinha de Mandioca

Depois de produzir a farinha de mandioca é preciso investir na distribuição do produto para o público consumidor. Neste caso, é necessário fazer uma pesquisa para descobrir quem são os consumidores em potencial como, por exemplo, supermercados e mercados pequenos, que vão levar a mercadoria até o consumidor final.

O Que Achou da Ideia de Montar Uma Fábrica de Farinha de Mandioca? Conte-nos Aqui Embaixo!

5.00 avg. rating (94% score) - 3 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA