Como Montar Uma Fábrica de Conservas

Fábrica de ConservasAprenda como montar uma fábrica de conservas e ingressar neste ótimo setor alimentício!

Pepino, cenoura, palmito, cebola, brócolis e azeitona, estes são apenas alguns dos alimentos que podem ser tratados e transformados em conservas, considerados excelentes acompanhamentos pelos brasileiros, tanto nas refeições diárias quanto nos aperitivos. As conservas surgiram da necessidade de prolongar o período de consumo dos alimentos, de modo a conservá-los com sabor e qualidade, como sugere o próprio nome.

Você já pensou em montar um empreendimento de pequeno ou médio porte no setor alimentício? Uma boa oportunidade de mercado é investir em uma fábrica de conservas, a qual produz um produto que tem volume grande de vendas durante o ano todo, tem um nível de complexidade baixo e também pode buscar um diferencial no mercado, fazendo conservas através de alimentos típicos da sua região.

Uma fábrica de conservas tem boas expectativas de ser bem sucedida, no entanto, para que isso se concretize é necessário que o interessado no negócio conheça os meandros desta modalidade de produção e manipulação de alimentos, encontrando o jeito mais apropriado de oferecer uma mercadoria de qualidade e atender as necessidades do seu público consumidor.

Além disso, é preciso fazer com que os custos para manter a fábrica de conservas seja baixo, aumentando a lucratividade e, ao mesmo tempo, sem perder na qualidade do produto final. Perceba que não é uma tarefa simples!

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Caso você esteja interessado em uma franquia de baixo custo, em que se tenha toda a estrutura “pronta”, confira nosso texto sobre franquias baixo investimento.

Quer saber mais sobre como montar uma fábrica de conservas? Reunimos informações de como montar, aproveite e preste atenção nos detalhes!

Consumo de Conservas no Brasil

As conservas foram feitas pela primeira vez na França, no final do século XVIII, sendo produzidas por uma combinação de vegetais, hortaliças e vinagre, que prolongava a qualidade dos alimentos. Ao longo dos anos, as técnicas de produção de conserva evoluíram, sendo possível fazê-las até mesmo nas versões doces. Esta especiaria culinária ganhou o mundo, sendo introduzida no mercado gastronômico brasileiro no início do século XIX.

Em pouco tempo, as conservas conquistaram o paladar dos brasileiros, sendo fabricadas tanto em versões mais artesanais quanto de forma industrial. O consumo de conservas no Brasil cresce consideravelmente anualmente, o que está relacionado à praticidade que estes alimentos oferecem, vistos que os vegetais em conserva podem facilmente substituir a elaboração de uma salada para acompanhar as refeições. Sem falar na variedade de conservas que é possível fazer e que aguçam o interesse dos consumidores.

O consumo de conservas é grande no Brasil, sendo que uma pessoa consome no mínimo 2 vidros de conserva por ano, o que também se deve ao fato de ser um produto de preço bastante acessível, isto que custam entre R$ 4,00 reais e R$ 15,00 reais, permitindo que as conservas estejam nas mesas dos brasileiros de todas as classes sociais.

Procura trabalhar em um negócio que não lhe prenda? Já pensou em utilizar a internet para isso? Criamos um texto sobre ideias de negócios na internet.

Vantagens de Montar Uma Fábrica de Conservas

O mercado para a fabricação de conserva é bastante atrativo, visto que oferece uma série de vantagens. Em primeiro lugar, esta atividade permite a atuação em diferentes nichos de mercado, sendo possível fabricar tanto conservas salgadas quanto doces. Existe a possibilidade de trabalhar com produtos regionais e orgânicos, o que torna o processo de fabricação mais barato e o resultado final é saudável.

Além disso, a fábrica de conservas pode embarcar no cenário de sustentabilidade, otimizando os processos de fabricação para oferecer um produto livre de ingredientes que façam mal à saúde e que imprimam um conceito politicamente correto na marca, o que é uma propaganda gratuita e bastante positiva.

Outro fator que torna a fábrica de conservas um bom meio de negócio é a baixa concorrência de grandes marcas. Muitas das fábricas de conservas são de pequeno porte, o que facilita o novo empreendedor conquistar parcela do mercado.

Normalmente, os consumidores escolhem as conservas observando o preço e a qualidade, o que é um ponto positivo, já que a divulgação não tem muito impacto, consequentemente, as empresas de maior renome acabam por perder a vantagem.

Desvantagem de Uma Fábrica de Conservas

Montar uma fábrica de conservas também tem alguns riscos que o seu dono deve estar ciente antes mesmo de ingressar no mercado. Uma das principais ameaças é a alta concorrência que existe neste setor, pois existe um número grande de fabricantes artesanais. Veja, a existência da concorrência se dá em razão das pequenas fábricas de conservas, são poucas as marcas conceituadas no setor, contudo, pequenas empresas acabam por disputar entre si.

Talvez a maior dificuldade no setor seja a concorrência dos produtos em conserva importados, que estão cada vez mais presentes nas prateleiras dos supermercados. A fábrica de conservas envolve a manipulação constante de alimentos, o que faz com que o empresário crie e estipule um padrão de qualidade, devendo estar sempre o controlando para evitar o comprometimento do sabor.

Como Abrir Uma Fábrica de Conservas

A fabricação de conservas em si é um processo de baixa complexidade. No entanto, ao decidir transformar esta habilidade culinária em um negócio, você precisará conhecer todas as medidas que devem ser tomadas para que a fábrica renda os lucros esperados. Acompanhe abaixo como abrir uma fábrica de conservas.

Local Adequado Para a Fábrica de Conservas

A fábrica de conserva pode ser montada em qualquer cidade, tanto rural quanto urbana. O importante é dispor de um sistema de transporte que consiga manter a qualidade dos vegetais até o momento em que eles serão misturados com o vinagre e colocados no recipiente, pois a partir daí eles terão uma validade prolongada.

Veja também como trabalhar com vegetais desidratados, outro setor alimentício que tem tido uma expansão significativa e trazido bons lucros aos empresários.

A estrutura da fábrica de conservas é bem simples, precisa-se basicamente de um espaço com 50 m², composto pela área de elaboração das conservas e outra para embalar os produtos. Para montar uma fábrica de conserva de pequeno a médio porte você terá que fazer um investimento de aproximadamente R$ 60.000 reais.

Tipos de Conservas Para Fabricar

Uma das principais vantagens da fábrica de conservas é o fato de ser um produto que pode ser fabricado em várias versões. Para quem está ingressando neste mercado, o mais recomendado é optar pelas conservas mais tradicionais e que possuem uma demanda grande como, por exemplo, azeitona, pepino, pimenta, palmito e cebola.

Conforme o negócio crescer pode-se fazer outros tipos de conservas. O empresário pode explorar os vegetais ou frutas que são típicas da sua região. Por exemplo, quem mora no Nordeste pode optar por fazer conserva de pimentões, que são abundantes nesta região do país.

O lado bom de fazer conservas de vegetais que são abundantes em determinada região é o fato de você mesmo poder plantá-lo ou até mesmo comprar por um preço mais baixo, já que tem uma oferta muito alta, consequentemente, sua lucratividade será maior, ainda mais se conseguir vender os produtos para outros estados.

Fornecedores Para Fabricar as Conservas

Você não quer causar indigestão nos consumidores das suas conservas, não é mesmo? Portanto, um dos melhores métodos de ter a garantia da qualidade dos seus produtos é escolhendo os melhores fornecedores disponíveis no mercado.

Se a sua fábrica vai trabalhar com a conserva de vegetais ou legumes, você tem três opções: adquirir os vegetais em feiras, no SEASA da região ou dos agricultores mais próximos, esta última que é a alternativa mais recomendada, pois desta maneira garante-se que os itens estão em um estado mais fresco, e normalmente tem um preço mais baixo. Dê preferência para os vegetais e legumes produzidos de forma orgânica, pois são livres da adição de produtos químicos.

Recipientes Para as Conservas

As conservas possuem este nome porque são condicionadas em recipientes com vinagre ou salmoura, responsáveis por mantê-las conservadas por mais tempo. Por isso, é preciso comprar diretamente da fábrica os recipientes de vidro de 300 ml e com tampa. O vidro é o material mais indicado para conservar os alimentos, sendo capaz de manter a qualidade por mais tempo e sem perder o gosto.

Também é recomendado desenvolver uma logomarca para identificar os produtos da sua fábrica de conservas, que pode ser encomendada em uma empresa de fabricação de papel adesivo, que são mais baratos e funcionais, proporcionando uma boa divulgação.

Quando o cliente comprar as suas conservas no mercado e gostar, irá assimilar a logomarca e comprará sempre de você, por isso é tão importante.

Para Quem Vender as Conservas

Para empreender em uma fábrica de conservas é necessário saber negociar os produtos que serão fabricados, encontrando o seu público-alvo. Inicialmente, as conservas podem ser vendidas para os supermercados e restaurantes regionais. Quando o negócio crescer, a fábrica pode expandir as suas vendas fazendo parcerias com compradores nacionais e internacionais.

Uma boa oportunidade para encontrar os consumidores da sua fábrica de conservas é montar stands em feiras gastronômicas e em mercados municipais, onde há a aglomeração de pessoas que já estão ali no espaço para consumir este tipo de produto.

Pronto Para Começar a Sua Fábrica de Conservas? O Que Achou da Opção de Negócio?

3.33 avg. rating (69% score) - 3 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA