Como Montar Uma Mini Fábrica

Mini FábricaPensando em montar uma mini fábrica? Criamos esse texto para você!

Você tem uma boa ideia de negócio e está cansado de trabalhar para os outros e não obter os resultados dos seus esforços? Que tal ousar na sua vida profissional e criar a sua própria empresa? Alguma vez já falou para si mesmo, Quero Montar Uma Fábrica? Quando se pensa nesta questão, muita gente pensa que é necessário ter um grande capital disponível para colocar este projeto em prática, mas não é bem assim. É preciso ter dinheiro para montar a estrutura do empreendimento, mas pode-se começar com uma atividade pequena, o que diminui os gastos.

Caso você deseje começar negócios baratos e que não seja preciso montar uma estrutura tão grande, com uma taxa de retorno relativamente atrativa, confira nosso texto sobre pequenos negócios para lucrar em casa.

Uma das formas de abrir um negócio próprio é investir na abertura de uma mini fábrica, a qual pode ser criada para a fabricação de diferentes produtos como, por exemplo, bolos, cervejas, coxinhas, sorvetes, entre outras inúmeras possibilidades. Para ingressar nesta área é recomendado escolher uma modalidade de atividade que esteja de acordo com os seus conhecimentos e habilidades. Afinal de contas, trabalhar com algo que não se domina é sinônimo de transtornos e prováveis fracassos.

Gostou da ideia de trabalhar com cervejas? Veja como fazer cerveja, pode ser uma atividade muito lucrativa, porém, exigirá certo investimento.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Independentemente do tipo de serviço que será desenvolvido, para montar a mini fábrica é necessário seguir um planejamento rigoroso para que seja viável conseguir obter êxito desde o início.

Quando se trata de abrir um novo negócio nada é “simples”, pelo contrário, são dezenas, às vezes centenas de pontos a serem estudados. Montar uma mini fábrica não é diferente, e é exatamente por isso que criamos esse texto com informações valiosas sobre como montar uma mini fábrica e fazer com que se tenha o mínimo de problemas durante o período. Aproveite!

Defina a Atividade da Mini Fábrica

Antes de qualquer coisa, para montar a sua mini fábrica é necessário definir o tipo de atividade que será executada, para chegar a esta resposta tem-se que levar em consideração diversas questões. Em primeiro lugar você precisará conhecer quais são as suas habilidades e conhecimentos, pois somente a partir daí será possível escolher um serviço que esteja adequado ao seu perfil.

Um erro bastante comum de empresários de primeira viagem é justamente buscar por ideias de negócios que tenham suposta propensão a trazer bons resultados e deixar de lado um dos fatores mais importantes, conhecimento no setor.

Lembre-se, em todas as atividades você encontrará concorrência e a melhor forma de conseguir “vencê-la” é através da qualidade, diferenciais e atendimento. No caso, você conseguirá isso se tiver habilidades no setor, até mesmo para conseguir analisar o que se pode fazer de diferenciais.

Se já não bastasse, não basta apenas escolher uma atividade que esteja dentro dos seus conhecimentos, pois também é importante verificar se é uma oportunidade de mercado que é ou pode vir a ser lucrativa. Afinal de contas, ninguém quer perder dinheiro, não é mesmo? Portanto é recomendado fazer uma pesquisa para descobrir se este serviço já é executado, quem são os concorrentes, o que eles oferecem para os clientes e o potencial de lucros que possuem.

A atividade escolhida para executar na mini fábrica pode ser algo que já é executada (concorrência), mas o ideal é que você traga algum fato novo para chamar a atenção do seu público consumidor, estimulando-os a conhecer os seus serviços e posteriormente consumi-los, este é o famoso diferencial.

Dificuldade em encontrar as ideias de negócios que se adequem ao seu perfil? Sem problemas, veja agora mesmo algumas excelentes oportunidades de negócios.

Selecione o Público-Alvo da Mini Fábrica

Uma questão importante para a sobrevivência de qualquer negócio é ter para quem oferecer os seus serviços, pois do contrário não haverá lucro. Levando isso em consideração, é preciso selecionar quem será o público-alvo da mini fábrica. Ao determinar o tipo de atividade que será desenvolvida pode-se ter uma noção de quem serão os seus consumidores, mas é necessário aprimorar esta definição.

Por exemplo, se a fábrica vai fazer bolos, ela pode se especializar em fabricar bolos de casamento, aniversário, entre outras comemorações. Ter a definição de público-alvo bem clara é importante para desenvolver produtos que realmente atendam às necessidades dele, prolongando a sua sobrevivência no mercado.

Além disso, quando você segmenta o seu negócio, torna-se mais fácil especializá-lo e ganhar parcela do mercado de forma mais rápida, ganhando estabilidade. Além disso, reduz o tempo que sua empresa poderá gerar prejuízos.

Como Montar a Mini Fábrica

Você já sabe que tipo de atividade vai desenvolver, correto? Então, na sequência é necessário dar início ao processo de estruturação do negócio por meio da construção de um planejamento, o que é de fundamental importância para que a sua mini fábrica possa ser bem sucedida em todos os detalhes desde o início. Conheça abaixo nossas dicas de como montar uma mini fábrica do zero:

1- Escolha o Local Para Instalar a Mini Fábrica

Ao decidir montar uma mini fábrica a sua primeira preocupação deve ser em relação ao local em que ela será instalada, pois isto pode fazer diferença para obter sucesso ou fracasso. Para fazer esta escolha é necessário estudar vários pontos, dentre eles se o lugar está próximo do seu público-alvo, pois é preciso que ele visualize com facilidade a mini fábrica.

Dependendo o tipo de produto que você estará fabricando pode ser uma boa opção escolher como ponto da sua mini fábrica locais mais afastados, com isso conseguirá reduzir o custo de aluguel. Para avaliar qual é a melhor opção, pense da seguinte forma: como será realizado o processo de venda? Terá vendedores especializados na rua ou precisa de uma vitrine para que os clientes vejam seu produto e comprem?

Além disso, também é necessário que o local escolhido para instalar a mini fábrica seja de fácil acesso para os funcionários e para os fornecedores, permitindo que o processo de entrega das matérias-primas seja realizado sem transtornos, evitando mais gastos ou prejuízos para o seu negócio.

2- Questões Legais Para Abrir a Mini Fábrica

Para abrir qualquer tipo de negócio é preciso conhecer as questões legais e aplicá-las corretamente, pois do contrário ele estará sujeito a multas, penalizações e até mesmo ao fechamento. Por isso procure a Associação Comercial da sua cidade e solicite a abertura da empresa na categoria de fábrica.

Na sequência, é necessário ir até a prefeitura da cidade para pedir a Licença Ambiental, Licença de Funcionamento e Licença dos Bombeiros, estas autorizações dependem da realização de vistorias dos órgãos competentes para analisar se a fábrica está em condições de operar as suas atividades. Para finalizar este processo, tem-se que obter o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), o qual pode ser solicitado através do site da Secretaria da Receita Federal.

Quer saber mais sobre o assunto de abertura? Veja como abrir uma empresa.

3- Monte a Estrutura da Mini Fábrica

Após obter as autorizações para abrir a mini fábrica é necessário começar a montar a sua estrutura. Neste caso é preciso contar com um espaço físico adequado para o tipo de atividade que será desenvolvida. Por exemplo, se você vai montar uma fábrica de coxinhas é preciso dispor de, pelo menos, 80 m², distribuídos entre cozinha para fabricação do alimento, escritório para tratar das questões administrativas, estoque para armazenar a matéria-prima e banheiro para os funcionários.

Além do espaço, também é preciso adquirir os equipamentos e móveis para a área administrativa como mesa e cadeira para escritório, computador com internet, telefone, impressora e as ferramentas específicas para a área de produção, que não necessariamente precisam ser compradas novas, mas devem estar em boas condições de uso.

Antes de realizar as compras dos equipamentos para a mini fábrica é recomendado fazer uma pesquisa de mercado para descobrir quais são as melhores empresas para negociar e quais os benefícios que podem lhe oferecer.

Analisar os gastos que você terá para montar a mini fábrica é fundamental, inclusive, lembre-se de ter um plano de negócios, no qual descreverá detalhadamente todos os aspectos, inclusive financeiros, como capital de giro e investimento inicial. Confira mais sobre o assunto com o nosso texto sobre plano de negócios exemplo.

4- Pesquise os Fornecedores Para a Mini Fábrica

Independente dos serviços que serão prestados pela sua mini fábrica, você vai precisar de fornecedores, sendo recomendado tomar vários cuidados nesta etapa. Para escolher os melhores parceiros tem-se que fazer uma pesquisa para descobrir quais são as opções disponíveis no mercado.

Antes de fechar parcerias com os fornecedores é preciso averiguar se eles oferecem todos os produtos que a sua empresa necessita, possuem uma boa reputação com os demais clientes, preços que praticam e as condições de pagamento, neste último ponto pode-se tentar negociar, encontrando um modo de pagar que seja vantajoso para as duas partes.

Lembre-se de entrar em contato com diversos fornecedores e solicitar orçamentos. Muitas vezes você pode apresentar os orçamentos oferecidos e as demais fornecedoras farão o possível para cobrir o preço do concorrente, é a famosa guerra de preços.

5- Publicidade da Mini Fábrica

Depois de montar a mini fábrica é preciso se preocupar com a publicidade, pois as pessoas precisam saber da existência do seu negócio, não é mesmo? Pensando nisso, é indicado buscar meios de divulgar as suas atividades e produtos para o seu público-alvo, este processo pode ser feito de várias formas.

Para investir na publicidade da mini fábrica não é preciso gastar muito dinheiro, uma vez que é possível recorrer a canais de comunicação mais acessíveis e baratos como a construção de sites e páginas nas redes sociais na internet ou até mesmo a criação de folders para serem distribuídos.

Uma boa dica para quem busca economizar ao montar um negócio é iniciar uma Mini Fábrica Em Casa.

O Que Acha de Montar Uma Mini Fábrica? Confira Mais Textos Sobre Como Abrir um Negócio Aqui no Site!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA