Como montar uma marmoraria

Por:

como montar uma marmorariaAs rochas ornamentais, tais como mármore e granito, são muito usadas no Brasil, por conta disso, montar uma marmoraria é uma oportunidade de negócio para quem está buscando uma ideia e ainda pretende ingressar em um mercado que já está consolidado. Veja mais dicas a seguir.

Mercado e clientes da marmoraria

O mercado é bem amplo, já que os mármores e granitos podem ser usados em diversas situações, tais como na arquitetura e construção, que é o setor que tem maior movimentação porque compra muito, já que o material é usado em todos os tipos de construção de edificações (casas, condomínios, escolas, hospitais, edifícios administrativos, esportivos, prédios comerciais, templos religiosos); revestimento de elementos urbanos (pavimentação de vias); arte funerária (construção e ornamentação de túmulos e mausoléus) e decoração (esculturas, estátuas, balcões, bancadas de pia, móveis e objetos decorativos). As marmorarias menores participam muito na produção de bancadas para mesas, cozinhas e banheiros.

Então o principal mercado é a construção civil, garantindo mais de 80% do volume, seguido da arte funerária, com 13%. O significado desses números é que o mercado de marmoraria está muito ligado ao da construção civil, ao comportamento da economia no geral. O que acontece também é que há uma segmentação da cadeia produtiva, com empresas responsáveis por cada uma das etapas de produção.

Essa divisão de trabalho faz com que os consumidores finais comprem blocos diretamente das pedreiras e contratem os serviços necessários até chegarem ao que pretendem. Desse jeito, os produtos das marmorarias ficam muito mais voltados às pequenas construtoras e aos consumidores que estão fazendo uma obra em casa.

Entrar em um mercado como esse significa ter estratégias bem definidas, já que a concorrência é grande. Uma orientação é conhecer profundamente o mercado e toda a cadeia de produção.

Fornecedor se concentra em um estado

As placas para as marmorarias são feitas pelas indústrias que beneficiam as rochas ainda em blocos, na forma bruta, fazendo a serragem.

O principal pólo industrial de blocos de mármore está localizado no Espírito Santo e a produção está cada vez mais crescente e aumentando as vendas para o exterior.

A produção nesse estado é feita de maneira que todos os outros são fornecidos com a matéria-prima, mas não há muitas marmorarias na localidade que adquirem chapas de outras regiões e atuem com produtos vindos de outros países.

Custos fixos

Os custos fixos para montar uma marmoraria são os seguintes: terreno, construção civil, galpão industrial, instalações elétricas, veículos utilitários, máquina politriz com acessórios, máquina de corte, furadeira para bancadas, ferramentas, mobiliário, depreciação, pessoal de escritório e encargos, honorários do contador, aluguel, energia elétrica, água, telefone, manutenção e despesas administrativas.

De acordo com o porte do negócio, há ainda a possibilidade de surgirem outros custos fixos e eles são essenciais para serem considerados no planejamento do negócio.

Fontes de financiamento

Montar um negócio requer muito dinheiro e existem fontes que estão disponíveis para micro e pequenos empresários.

O Espírito Santo possui como fonte básica o FUNRES, oferecido pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), que oferece até R$25 mil para investimentos. Mas também há recursos do BNDES, que são repassados ao Banco do Brasil, Banestes e Bandes e ainda os privados. É preciso analisar cada caso para haver a liberação do financiamento.

Localização da marmoraria

Quando o empreendedor for escolher a localização para montar sua marmoraria deverá levar em conta determinados itens na infraestrutura, como uma via de acesso que seja compatível para o trânsito de caminhões que obrigatoriamente vão passar por ali para transportar placas e produtos acabados; energia elétrica, que precisará estar disponível para que os motores das máquinas politrizes e de corte possam funcionar normalmente, assim como os demais serviços auxiliares e toda a iluminação da fábrica; a água é insumo básico do processo de produção, portanto, o lugar precisa ser abastecido por ela continuamente. Além disso, o dono do negócio precisa conferir também se há reservatório de água; o esgoto e seu tratamento são autorizados por órgão responsável pela preservação do meio ambiente.

É importante que o dono do negócio saiba que um empreendimento como esse usa bastante água e ainda gera muito resíduo, que deve ser guardado e depois enviado para um local apropriado.

Como funciona o processo de produção de uma marmoraria

Na verdade, é uma ligação de matéria-prima com diversos elementos, tais como água, energia, equipamentos, mão-de-obra, materiais abrasivos e tecnologia, trazendo como resultado produtos com grande valor final.

O beneficiamento das placas passa pelas seguintes fases: levigamento, polimento, lustração, corte e acabamento.

Hoje em dia, as marmorarias usam placas já polidas, ao invés das brutas e isso significa uma grande redução de tempo na produção. Mas de qualquer maneira, é essencial que haja equipamentos no empreendimento que sejam responsáveis pelo polimento para necessidades que possam surgir.

As lâminas de mármore ficam em cima de cavaletes, na vertical, em locais fechados ou abertos. O beneficiamento é iniciado no levigamento, que é o momento em que a superfície da placa é trabalhada, quando tiram tudo aquilo que a deixa áspera e rugosa. Nessa fase, usa-se politrizes manuais ou automáticas, que passam sobre a chapa diversas vezes. Após isso, ocorre o polimento, também chamado de esmerilhamento, e é feito pelo mesmo equipamento usado no levigamento, só mudando a granulometria do produto abrasivo usado. Feito o polimento, surge então uma superfície sem alto-relevos e opaca.

Depois disso, é o momento da lustração, para que possa haver aquele brilho que destaca a rocha e sua cor. Essa etapa é feita com politrizes que usam coroas de polimento com abrasivos. E a última fase é o corte, que é feito conforme o seu fim, de acordo com o que o mercado vai exigir. Isso aqui é feito com máquinas de corte a disco diamantado manuais ou semiautomáticos.

Em diversas situações, depois do corte ainda há o apicoamento ou afeiçoamento, que é o acabamento das partes cortadas e para tal são usadas lixadeiras. Essa etapa garante mais beleza ainda.

Dicas de negócio

Abrir um negócio requer muita dedicação do seu idealizador. Por conta disso, é muito importante estar a par dos assuntos referentes ao ramo de atividade que se pretende exercer. No caso de marmoraria, o empreendedor precisa conhecer bem o setor. Alguns sites podem ajudar a esclarecê-lo e ser o início de um a longa pesquisa que será feita, tais como o da Associação Brasileira de Rochas Ornamentais (Abirochas – www.abirochas.com.br), o da Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral (RedeAPLmineral – www.redeaplmineral.org.br) , que é uma rede de informação da cadeia produtiva do setor mineral e outros.

Também é importante para o empreendedor comparecer a eventos, tais como feiras, congressos e encontros, para poder ter contato com quem já está no mercado e que pode dar muitas orientações a respeito do que pode ser feito por aqueles que estão chegando. Muitos se enganam quando acreditam que não podem conseguir novas informações com empresários que já estão no setor, ao contrário, eles dão informações básicas sem problemas.

Gostou da ideia de montar uma marmoraria? Compartilhe!

DICA IMPORTANTE!

Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Contrate uma consultoria, estude em livros, use o kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas não arrisque suas economias em um chute!



6 comentários sobre “Como montar uma marmoraria
  1. carlos r nunes disse:

    Estou tentando montar uma marmoraria, pois já tem nove anos que trabalho nesta área, não quero mas ser funcionário, e sim, patrão.

  2. Roger disse:

    Existe alguma franquia de marmoraria?

  3. vicente domingues disse:

    trabalho nesse ramo desde meus 18 anos hj tenho 35 e resolvi encarar essa etapa, tenho primos empresarios nesse ramo entao serei um concorrentes deles se Deus quiser boa sorte a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Vai Abrir Um Negócio?

Curta O Novo Negócio!

Divulgue o Novo Negócio

Novo Negocio

Copie e cole o texto abaixo no seu site!
x

740 Ideias Práticas de Negócios (GRÁTIS)!

Faça como 350 Mil Empreendedores, participe do meu grupo particular de negócios e descubra o que é necessário para ter um negócio de sucesso.

(Ou continue na dúvida...)