Como Montar Uma Loja de Móveis Usados

Como montar uma loja de móveis usados
Como montar uma loja de móveis usados

O bom momento para o mercado de móveis não se restringe somente aos itens novos, mas também às lojas de móveis usados.

A cada dia é mais comum ver pessoas que optem por móveis usados, tanto em suas casas como também em escritórios. Os vendedores de móveis usados possuem um amplo nicho de mercado que não se limita à classe social, pois entre os clientes estão as escolas, residências, empresas, lojas entre outros. Esses móveis são procurados hoje em dia por pessoas de todas as classes, muitas das vezes com o objetivo de fazer uma decoração exclusiva e aproveitar peças clássicas em casa, modelo antigo rejeitados pela industrialização das peças de decoração que são iguais em qualquer casa do Brasil e por isso não dá para evitar ter uma casa decorada igual a do seu vizinho. Para aproveitar esse nicho de compradores do mercado, uma dica é aprender a como montar uma loja de móveis usados.

Montar uma loja de móveis usados para os novos empreendedores pode ser uma boa dica de empreendimento. Este modelo de negócio tem sido bem apreciado por designers e decoradores de interiores que conseguem enxergar em peças antigas uma beleza que os móveis modernos não possuem. Muitos chamam a compra de móveis usados de garimpar produtos, quando se sai olhando lojas e mais lojas, e bazares em busca de objetos antigos que caibam bem em um determinado espaço para decoração. Portanto, montar uma loja de móveis usados é uma oportunidade de negócio que poderá terá muito sucesso, dependendo da capacidade gerencial e mercadológica de inovar, criar diferencial e conquistar uma fatia interessante de mercado.

Para quem quer começar a investir neste seguimento saiba que pode ser uma boa pedida. O setor de decoração é um dos mais aquecidos no mercado e tem se mostrado uma boa forma de investir. Decorar casas, apartamentos e escritórios é uma atividade corriqueira e sempre com um mercado que pode variar entre diversas classes sociais, sendo mais um motivo para investir. Caso queira levar a nossa idéia adiante, veja a seguir algumas informações importantes de como montar uma loja de móveis usados.

Mercado de uma loja de móveis usados

O mercado de móveis usados é bem atraente e as lojas encontram um nicho de mercado bem interessante por parte de estudantes universitários que vão residir em outra região e pensam em economizar na hora de montar o apartamento ou casa.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Os móveis usados também podem ser revendidos para escritórios, lojas, bancas de feiras e lanchonetes.

A preferência por móveis usados não está apenas na esfera econômica, mas é uma alternativa no ramo de decoração para aqueles que buscam exclusividade com um toque de sofisticação.

Por isso, as possibilidades para vendas de móveis usados vão desde a venda para estudantes, passando por pousadas que pensam em economizar e criar no local um estilo original e interessante e até restaurantes, que investem em um ambiente retrô e mais informal.

Além de ser um bom negócio para quem compra ou vende, os móveis usados representam consciência ecológica, pois significa que são madeiras a menos retiradas da natureza.

Público-alvo de uma loja de móveis usados

Jamais comece um empreendimento sem ter ideia de quem seria o seu público-alvo. E quem seria ele em uma loja de móveis usados? Ao montar uma loja de móveis usados seu foco é bem diversificado, por isso podem ser pessoas de classe baixa que querem economizar algumas centenas de reais ao comprar móveis de segunda mão e também pessoas que querem artigos diferenciados, sem necessariamente querer economizar.

Não existe uma faixa de idade para seu público consumidor, pois existem diversos jovens interessados em moveis usados. Decoradores podem ser seu foco se você se especializar em móveis raros, um mercado bem complexo mas que pode ser bem rentável. Vender móveis antigos, entretanto, é outro modelo de empreendimento que requer avaliadores, conhecimentos de peças e também conhecimento histórico na área para poder avaliar e escolher o modelo ideal de um novo negócio.

Localização de uma loja de móveis usados

Ao montar uma loja de móveis é bastante importante escolher a localidade da mesma. O ponto comercial escolhido influencia demais no sucesso do negócio. Também é preciso escolher que tipo de público-alvo a loja irá trabalhar, uma vez que este setor está aberto a diferentes públicos. Mesmo na venda de móveis residenciais a diversidade é bastante.

Tudo vai depender em que público-alvo você vai focar. Vai vender móveis usados para o público de baixa rende? Monte uma loja em bairros populares, próximo a comunidades de baixa renda e ofereça preços bem em conta. Se você quer atingir compradores medianos, escolha sua localidade próximo a centros comerciais e os valores podem ser medianos em aluguel, mas vai valer a pena porque você vai poder aumentar a sua margem de lucro.

Abrir o seu negócio próximo à outras lojas de móveis pode ser uma estratégia para quem pretende conquistar clientes que estejam procurando mais opções de compras. Porém, também é interessante localizar a sua loja de móveis usados, próxima à avenidas movimentadas e regiões moveleiras.

A maioria das lojas de móveis não se preocupa com layout e arrumação adequada dos móveis de forma que se tornem mais atraentes para os clientes. Por isso, uma boa forma ter um diferencial é investir em um layout que dê uma sensação agradável e que possibilite maiores vendas. Além disso, é importante a escolha de um local livre de sujeira, infiltrações e poeira.

Concorrência de uma loja de móveis usados

O mercado de móveis é bem concorrido, mas com bom atendimento e qualidade é possível se destacar. Como a maioria da população opta sempre por comprar móveis novos, é bem que em algumas cidades nem existe uma loja de móveis usados. Outras possuem um número baixo, mas de boa forma é importante que se avalie o mercado local para se ter certeza se vale a pena o investimento e se há público na localização a qual você escolheu.

Evite se situar próximo à outras lojas de móveis usados, mas se ocorrer essa situação estabeleça políticas estratégicas de vendas, ofereça exclusividade em produtos ou ainda tenha diversidade de produtos que não são oferecidos pela concorrência.

Outro aspecto que poderá representar maior competitividade para móveis usados é oferecer produtos com aspectos que lembram estilo de vida e sofisticação, do que oferecer produtos que sejam apenas funcionais. O mercado de móveis antigos e feitos de madeira de demolição tem encontrado um nicho bem lucrativo e ainda em forte expansão.

Outro fator capaz de vencer a concorrência são as entregas. Entregue o produto fora do horário comercial, nos sábados e seja eficiente e veloz nas entregas.

Aumente o nicho de mercado oferecendo serviços interessantes como restauração de móveis e limpeza de móveis, sofás com manchas e móveis de madeira que precisam restaurar o brilho devolvendo a originalidade.

Estrutura de uma loja de móveis usado

A estrutura da nova loja deve conter pelo menos um espaço de 100m², podendo ser maior de acordo com  o porte do empreendimento. Este espaço deve ser dividido em ambientes como a área de atendimento e exposição dos produtos, escritório para a administração e também uma área reservada para reparos e limpeza dos móveis antigos adquiridos para a venda.

A boa notícia é que não é preciso investir em prateleiras ou vitrines, o que já vai diminuir o custo em um grande percentual de gastos. O que você vai precisar é de um espaço amplo, tanto para reformar os móveis que precisem de alguns reparos e você já os queira vender em bom estado visual ou apenas para organizar mais os produtos e oferecer um pouco de conforto aos clientes, como em uma loja multimarcas tradicional.

Uma boa apresentação da loja de móveis usados também é fundamental na hora de sua montagem. Então o empreendedor deve está atento a decoração da loja, a sua fachada e até mesmo a sua entrada. Lembre –se de que estes fatores devem servir para demonstrar as características da loja de móveis usados. Também é bem indicado que a decoração do interior seja feita de uma forma que leve o consumidor ao contato direto com os móveis usados.

Divulgação de uma loja de móveis usados

Invista em uma fachada interessante que leve a logomarca da loja e que atraia clientes.

Uma alternativa interessante são as paredes pintadas no exterior da loja que poderão chamar a atenção dos clientes e sinalizar a preocupação da loja em estabelecer um ambiente agradável. Lembre-se de que atitudes falam mais que palavras e os consumidores prestam atenção em pequenas atitudes.

Compre móveis que estejam em bom estado de conservação e que possuem design retrô, bastante pedido hoje em dia, ou com estilo contemporâneo mesmo se o móvel for muito antigo. Invista também em estilos vintage que são contemporâneos, apesar da possibilidade de serem  bem antigos.

Alguns logistas compram somente móveis para reforma, sendo preparados para as vendas. Lembre-se que essa estratégia só funciona se os reparos forem pequenos, senão o custo com os reparos não compensará o lucro final.

Funcionários para a loja de móveis usados

Na hora das contratações, o empresário deve tomar como base o porte do estabelecimento para determinar o número de funcionários. Porém, geralmente uma loja de móveis usados que tenha porte pequeno possui três pessoas, ou seja, o empresário e mais dois funcionários que são o vendedor e um outro funcionário que é o responsável pelos reparos e a limpeza dos móveis da loja.

Caso haja necessidade de outro funcionário, como um faxineiro, por exemplo, ele pode ser terceirizado ou contratado de acordo com a necessidade do estabelecimento. O sistema de contratação por diária pode ser bem rentável no caso do funcionário de limpeza, bem como contratação por processo necessário em caso de precisar contratar um contador.

Dicas ao montar uma loja de móveis usados

Este mercado é bastante heterogêneo e uma loja de móveis usados é bastante diferente das demais. Então, o ideal é que o estabelecimento tenha bastante variedade e agrade a variados tipos de consumidores para assim o empreendimento superar a concorrência. Além de móveis para residências, também é possível montar uma loja de móveis usados especializada em móveis para escritórios, salões de cabelereiros, hotéis e até mesmo hospitais dentre outros segmentos.

O importante é que, antes de começar sua loja de móveis usados, o empreendedor planeje bem todos os mínimos detalhes. Este planejamento deve ser feito para a escolha do segmento para a escolha do ponto comercial, na decoração e também aos demais pontos do novo negócio. Com esse planejamento é mais provável que o empreendimento faça mais sucesso e seja bem mais rentável para o empresário, que deve ter em mente que também será preciso investir em marketing para torna seu estabelecimento conhecido e que nos primeiros meses será preciso uma quantia para capital de giro. Pois sem este investimento de capital de giro a empresa não irá funcionar corretamente.

O serviço de entrega deve estar em sua lista de investimento, que pode ser um entregador contratado ou um serviço terceirizado, que pode custar mais barato também.

Produtos Oferecidos em uma loja de móveis usados

A loja de móveis usados deverá estabelecer seu catálogo de produtos, de acordo com os custos, com a saída de estoques e com a demanda.

Verifique que móveis têm maior demanda e se concentre na oferta desses móveis, que podem ser camas, mesas, cadeiras, armários, escrivaninhas ou outros itens.

Alguns empreendedores limitam as vendas de determinados tipos de móveis, por já terem encontrado problemas em comercializar alguns tipos de produtos e daí, escolhem o segmento de produtos oferecidos de acordo com a aceitação, os custos e a melhor forma de vender produtos que não causem problemas futuros.

Canais de vendas de uma loja de móveis usados

As lojas de móveis usados podem oferecer e divulgar seus produtos também pela internet. Então invista na possibilidade de criar um site com ajuda profissional que tenha os principais produtos, preços, condições de vendas e localização da empresa.

Mas atenção: não basta apenas ter um site, pois o site deve ser interessante, criativo e ter capacidade de atrair e reter clientes.

Mas como conseguir os móveis? Este talvez seja o ponto mais importante do seu empreendimento. Como conseguir o produto para vender? Siga a maioria dos empresários deste empreendimento: compre em sua própria loja. Muitas pessoas colocam placas de compra e venda e assim os clientes vão até você, o que é mais simples e prático de fazer. Outra dica é comprar de outras lojas de móveis usados por um preço baixo e fazer a revenda, que pode ser um formato bem lucrativo.

Investimentos para montar uma loja de móveis usados

As lojas de móveis usados terão investimentos com estrutura, compra de produtos, informatização com softwares voltados para controle de estoques. A loja também terá gastos com computadores para o caixa, para escritório, impressoras fiscais e para impressão geral, fax, aparelhos de telefone e outros materiais que serão de expediente.

O empresário deve possuir um valor aproximado em R$ 40.000,00, que será o valor de investimento inicial de uma loja de móveis usados, incluindo taxas de documentação. Dentro deste investimento inicial devem está incluídos fatores como abertura da empresa, o estoque inicial da loja, decoração e reformas do local onde será montada a loja, o marketing inicial e também os equipamentos necessários para escritório administrativo como linha telefônica, computador, impressora, móveis dentre outros matérias necessários. Este valor de investimento inicial pode variar de acordo com o porte da empresa.

Outro gasto será com a compra de veículos, que para início das operações, poderá ser apenas um veículo para entregas, aumentando dependendo da demanda.

Se a loja oferecer também serviços de manutenção e reparos, então terá custos com colas, martelos, pregos, furadeiras, madeiras auxiliares, tintas, verniz, ferragens, materiais para limpeza, conservação e restauração de móveis.

Gostou da ideia de montar uma loja de móveis usados? Conte para a gente!

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

5 COMENTÁRIOS

  1. Acho 40.000 muito dinheiro. Talvez a metade seja suficiente. Preciso de um bom negócio com baixo investimento. As dicas são boas, mas realmente tem muitos detalhes que podem definir o sucesso ou fracasso no negócio. Vou me informar melhor.Obrigado

  2. sou formado em administraçao de empresa e possuo uma loja de moveis usados á 17 anos e gostei muito da estrutura do conteudo de voces me identifiquei bastante com o mesmo .sou de uma cidade de 15000 habitantes e sou realizado com meu comercio abraços

DEIXE UMA RESPOSTA