Como Montar Uma Loja de Artigos Para Bebês

Como Montar Uma Loja de Artigos Para Bebês
Como Montar Uma Loja de Artigos Para Bebês.

Em teoria, qualquer loja que venda produtos que as pessoas precisam pode ser um bom negócio e nesta linha de pensamento se encaixa uma loja de artigos para bebê. Este não é um segmento de comércio mais cotado para quem quer investir em um negócio próprio. Isso, porque há uma tendência dos novos empresários em pensar que as pessoas não compram tantos produtos e roupas para recém-nascidos, já que estes crescem rápido e as peças não cabem mais. Ledo engano.

As lojas de produtos para bebês são um dos ramos que mais fatura anualmente. O motivo é que este setor ainda não é tão explorado quanto deveria e os comerciantes ainda possuem um certo receio de investir por o desconhecerem. É apenas uma falsa impressão, pois quanto mais aumenta a população, mais é preciso comprar itens para os novos seres que estão chegando, não é mesmo? Estima-se um crescimento de mais de 20% nas vendas nos últimos anos, um sinal do quanto este mercado ainda tende a crescer.

A concorrência deste tipo de empreendimento são apenas as lojas de bebê. Eventualmente lojas como supermercados e de itens para o lar podem oferecer produtos inovadores, mas não são considerados seus concorrentes pela pouca variedade de acessórios. Mães e casais preferem comprar em lojas específicas para estes itens, principalmente pela comodidade de montar um quarto em um único espaço.

Passo a Passo Para Montar Uma Loja de Artigos Para Bebês

O primeiro passo é escolher a localização da loja. Você ao menos tem ideia de onde montar tal empreendimento? O melhor é em centros comerciais populares, mas isso vai depender muito do público o qual pretende atingir. Se seus itens para vendas são finos e caros, melhor optar por bairros nobres, em galerias e locais bem bacanas de alto nível. Esteja vendendo onde seu nicho de compradores estiver.

Se sua intenção é vender para o povão mesmo, para o popular, fique próximo a centros comerciais movimentados, onde há uma grande circulação de transporte público e boa visibilidade. Quanto mais as pessoas puderem ver o seu empreendimento, melhor. Estar em avenidas é uma ótima ideia, mas pode não ser tão rentável pelo valor do aluguel ou compra do imóvel. Preze também pelo seu bolso e faça o que ele lhe aconselhar e for possível também.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Se seu ponto for visível, com bom valor de aluguel, fácil de encontrar e próximo a pontos de estacionamento, então você está no lugar perfeito, pode alugar!

Estrutura a Ser Montada

Lojas de produtos para bebês pedem um requinte especial. Você quer mostrar um espaço lindo ou ao menos deveria querer mostrar um espaço bem organizado e distribuído, porque seu público é essencialmente feminino e de casais. É básico ter uma vitrine externa, além das prateleiras com produtos e um salão para montagem de itens para venda. As mamães adoram observar berços, trocador de fralda e vê-los montados, sendo essencial a loja oferecer isso. Por isso, você vai precisar de ao menos uns 60 metros quadrados para ter uma loja bem variada.

Em sua maioria as gôndolas vão resolver o seu problema de amostragem de produtos. Feitas de metal, elas possuem espaço para mais de 100 itens em alguns casos. A organização é feita por meio de setor, como para fraldas, para sapatos ou para itens voltados para a alimentação do bebê. Pode haver também outra área só de roupas para os pequenos, um espaço exclusivamente para móveis de quarto de bebê e assim por diante. Na dúvida, observe a concorrência em lojas bem visitadas e de nome conhecido em sua cidade e pegue uma inspiração para saber quanto de gôndola é preciso e o quanto é necessário ter em itens para arrumação.

Vidros serão precisos para montar a estrutura de uma vitrine espaçosa. Para tal, melhor contratar um arquiteto ou designer de interiores, para medir uma área ideal para mudança de vitrine a cada nova promoção.

É preciso ainda ter um espaço para estoque. Lojas de produtos para bebês costumam vender bastante e por isso, o estoque é bem utilizado para reposição e guardar o excedente da loja. Nem que seja um quarto em andar superior, não deixe de ter um para não tratar a sua loja como depósito devido à quantidade de produtos a ser exposta.

Será preciso ainda ter balcão de atendimento, uma sala para gerência se assim o preferir. A maioria das lojas possui apenas um espaço administrativo resumido a uma sala, onde ficam os livros caixas, controle de pessoal, entre outros itens. É preciso para tal sala apenas um computador com internet, telefone e pequenos produtos de um escritório. Veja mais.

Capital Inicial Para Uma Loja de Produtos Para Bebês

O valor a ser investido inicialmente neste empreendimento pode chegar facilmente a R$ 150 mil. Estão incluídos aí o aluguel, montagem da estrutura e compra de produtos para iniciar as vendas. Não se esqueça de reservar um pouco do valor conseguido para abrir sua nova empresa para divulgação, ponto chave para a vinda de clientes. Uma loja sem clientes não sobrevive e eles só vão saber que você existe se houver uma divulgação adequada, com um plano de marketing. Para este setor não deve ser gasto mais que R$ 1 mil com banners, cartazes, anúncios e outros mimos para mostrar que a loja já está aberta. Veja também nosso artigo sobre capital de giro.

Produtos a Serem Vendidos em Loja Para Bebês

Tudo o que você imaginar para uso de um recém-nascido deve estar em suas prateleiras, em variedade de marcas e preços. São produtos a serem obrigatoriamente vendidos em uma loja para bebês:

  • Chupetas
  • Mamadeiras e itens para alimentação, incluindo as bolsas de passeio com porta mamadeira interno
  • Fralda de tecido e descartáveis
  • Roupas, incluindo aqui sapatos e meias
  • Mantas e acessórios para banho
  • Material para banho: banheira, brinquedos de plástico para banheira, toalhas e mantas.
  • Produtos de higiene íntima do bebê
  • Móveis – estes podem não possuir uma grande variação, mas os básicos são berço, trocador de fralda, armário, cadeiras de balança ou poltrona para a mamãe, entre outros.
  • Carrinhos para bebê
  • Cadeira para carro

O Que Achou do Passo a Passo Para Montar Uma Loja de Artigos Para Bebês? Deixe Seu Comentário:

3.67 avg. rating (74% score) - 6 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

10 COMENTÁRIOS

  1. Adorei, estou colhendo informações, pois pretendo abrir, mas o meu ponto próprio fica em um minishopping, não vou ter muito espaço e na cidade não se encontra ponto bom, só distante do centro, por isso quero arriscar mesmo sendo pequeno.

  2. adorei tirei todas minhas duvidas só que quero começar com um negocio mais simples sem os moveis de decoração,estou satisfeita agora é só planejar para entrar em contato com representantes dos produtos para venda.muito obrigada!!

  3. eu quero começar meu novo negocio,e gostaria muito de montar uma loja de artigos para bebê,mas gostaria de começar com coisas pequenas,tirando da lista, berços,cadeiras,poltronas,etc.

  4. Gostei muito da matéria sobre como montar uma loja de artigos para recém nascidos. vou fazer um plano de negócio para ver a viabilidade seguindo todas as dicas da matéria. obrigada.

DEIXE UMA RESPOSTA