Como Montar Uma Indústria de Cerâmica

Como montar uma indústria de cerâmica
Como montar uma indústria de cerâmica

O mercado da construção civil no Brasil está aquecido e os negócios envolvendo o segmento têm se tornado uma boa opção de investimento, como é o caso da indústria de cerâmica.

Mas, as oportunidades necessárias para se investir em um negócio dependem do levantamento de informações e conhecimento necessário do setor. Dessa forma, no presente artigo iremos discutir sobre o mercado atual e a viabilidade para a implantação de uma indústria de cerâmica.

Mercado para indústria de cerâmica

As indústrias de cerâmica podem atuar em diversos nichos de mercado com a produção de uma variedade de produtos ou optar pela produção de apenas um tipo de produto, estabelecendo um nicho de mercado, uma fatia de público para as vendas de seus produtos e analisando a demanda que existe no mercado para aquele produto.

A indústria de cerâmica se divide, principalmente, em cerâmica branca, necessária para instalações sanitárias e de cozinha; cerâmica de revestimentos, responsável pela fabricação de pisos e azulejos; cerâmica vermelha, que faz a produção de tijolos, telhas e outros.

Os exemplos acima englobam apenas algumas indústrias de cerâmica, pois na verdade, ainda existem outros segmentos possíveis de atuação.

Análise de mercado

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Para entrar nesse mercado é necessário que os empresários avaliem o setor e as possibilidades de vendas. Para um estudo eficaz de análise de mercado, é necessário verificar num raio de 1 km mais ou menos, a quantidade de indústrias de cerâmica na região, a concorrência e as possibilidades de se fazer negócios e de se encontrar clientes que serão distribuidores ou varejistas.

Além de entender as possibilidades da indústria, a análise de mercado deve avaliar também quais as reais oportunidades para os empreendedores que galgam um espaço no setor.

Analisar o número de indústrias no Brasil é bem eficaz para conhecer os concorrentes. Outro ponto é avaliar a capacidade média produtiva e assim fazer um comparativo entre a estrutura existente e a estrutura da indústria que se deseja montar. Isso dará aos empresários uma ideia de viabilidade do negócio diante do mercado, do setor e da concorrência. Para realizar essa pesquisa, acesse o site: Associação Brasileira de Cerâmica.

Organização do Processo Produtivo

A matéria prima para transformação na indústria de cerâmica é a argila. Por isso, muitos empresários preferem se localizar bem próximo às jazidas de argila e assim tornar mais eficiente a produção de cerâmica.

Além da argila, os outros materiais que servem como matéria prima para azulejos e pisos são os minérios: quartzo, feldspato, caulim, talco, dolomita e outros. Claro que os minerais devem ser misturados à argila para obter resultado.

O fluxograma para elaboração das peças cerâmica é a seguinte:

Preparo da matéria prima e da massa ↔ Formação das peças ↔ Tratamento térmico ↔ Acabamento

Os processos complementares para cada etapa são:

Transporte e estocagem de matérias-primas ↔ Produção de moldes ↔ Preparação de esmaltes ↔ Armazenamento de combustíveis ↔ Queima e acabamento.

Dentro das etapas de preparação, formação e acabamento tem-se a etapa de corte, torneamento, secagem, além de outras etapas intermediárias.

A etapa mais importante para transformação da matéria prima em cerâmicas é a pesagem, dosagem e medida correta de matéria prima e produtos aditivos para que o resultado final seja satisfatório.

Estrutura da indústria de cerâmica

A planta para produção de cerâmica deve ser bem extensa, com espaço para armazenamento de matéria prima. É preciso ter um espaço com tonéis para preparação da massa e local para moagem.

Cada moinho de matéria prima possui 2,0m de diâmetro por 2,5m de comprimento, o que exige um espaço considerável para instalações de pelo menos três moinhos.

Deverá conter também um espaço de pelo menos uns 120 m² para preparação e montagem dos moldes e início de formação de peças. As peças depois de prontas precisam passar pelo processo de secagem e daí, a planta deve dispor de um espaço para secagem.

Além disso, a estrutura deve contar com um espaço de armazenamento para estocagem de esmaltes, preparação dos esmaltes e espaço para trabalhos manuais como a aplicação de decalques e outros processos de acabamento.

Clientes da indústria de cerâmica

Os clientes de uma indústria de cerâmica serão construtoras, grandes redes distribuidoras de materiais de construção e varejistas, ou seja, a empresa não vende diretamente para o público em geral. Assim, o atendimento a esse público deve ser de qualidade para conseguir bons contratos de fornecimento de material.

Para obter sucesso na produção de cerâmica, o empreendedor pode investir em uma boa equipe de representantes comerciais e bom atendimento via SAC.

O SAC é o serviço de atendimento ao consumidor e deve ser usado como uma ferramenta de qualidade e de marketing e um canal dos clientes para fazerem reclamações, tirarem dúvidas e darem sugestões.

Por isso, o setor deve ser estratégico e aparelhado, sabendo que o produto final vendido é representado não só pela venda, mas pelo pós-venda, serviços de entrega e outros componentes essenciais.

Logística

A logística é responsável pela satisfação dos clientes e pode garantir o sucesso da empresa. A logística é crucial para a fidelização de clientes, aumento da carteira de clientes e para manutenção de um serviço de qualidade. Por isso, conte com um sistema eficiente de logística, que tenha entregas no prazo, com prazo competitivos e que agreguem valor.

Uma saída poderá ser a contratação de uma transportadora que além de entregar os produtos no prazo certo, entregam os mesmos sem danos, de forma eficiente e com qualidade.

A logística é um dos setores que mais exige planejamento: planejamento de rotas, de serviços, de custos e outros itens.

Dicas do negócio

Para manter a competitividade no setor, muitas indústrias de cerâmicas estão inovando, oferecendo produtos para compradores específicos, produtos como peças de cerâmica que são utilizadas na alta decoração como lavatórios com prateleira acoplada também em cerâmica, pisos de alta tecnologia e design e outros produtos.

Oferecer um produto com design diferenciado, com beleza e qualidade no acabamento tem sido uma estratégia bem viável de indústrias recentes no mercado, como solução para entrar no ramo com uma carteira considerável de clientes. Para isso, a produção poderá ser mais compacta, com volume para compradores já estabelecidos e com certo grau de personalização.

A iniciativa é útil para produtores que almejam uma fatia de mercado, diferenciando a produção e oferecendo um produto final de qualidade para determinado nicho de mercado.

Outra estratégia é a flexibilidade de produtos, oferecendo um produto mais padronizado e outro de melhor qualidade e preço. Para acertar a produção dessa forma e manter a competitividade, é necessário obter ganhos de escala e diminuir os custos, de acordo com o volume de produção. A saída para isso, é vendas e implantação de tecnologia.

Aspectos legais e ambientais

O empresário da indústria de cerâmica deve observar quais autorizações são necessárias para o funcionamento do negócio, tendo uma organização de documentos. Para isso, é importante a criação de um setor para verificação de leis, portarias e normas.

A contratação de um escritório de advocacia e contábil ou ter um setor jurídico próprio que se atualize sobre as informações sobre normas e instruções para a indústria pode ser de suma importância.

Ao todo o setor de cerâmica, tem mais de 16 normativos, além de leis específicas, portarias, resoluções federais e outras.

Todas essas leis devem ser obedecidas sob pena de autuações, fiscalizações e até interdição do negócio. Para mais informações acesse o site a Associação Brasileira de Cerâmica.

Gostou da ideia de montar uma fábrica de cerâmica? Deixe seu depoimento:

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

2 COMENTÁRIOS

  1. godtei da ideia mas, preciso saber quis equipamentos nesseçario para abrio o negocio pro exemplo maquinas para fabricação de telhas tijolos revestimento ceramico.

DEIXE UMA RESPOSTA