Como Montar Uma Fábrica de Temperos

Como montar uma fábrica de temperos
Como montar uma fábrica de temperos

A fábrica de temperos tem a possibilidade de trabalhar com uma diversidade de aromas, sabores, cores e com criatividade que faz com que os temperos tornem a cozinha mais bonita e criativa.

Há espaço no mercado para explorar diversas possibilidades de temperos, que já são tradicionais e temperos novos.

Para entrar no negócio e se dar bem no ramo de temperos é necessário que a fábrica de temperos receba fornecimento constante de matéria-prima para transformação em temperos e outros insumos.

Mercado da fábrica de temperos

O mercado da fábrica de temperos é relativamente a metade do comércio, pois o ele é formado por empresas médias, grandes e pequenas e não possui altas barreiras de entrada, uma vez que a produção não é cara. O que diferencia o sucesso das empresas é a capacidade gerencial, capacidade de distribuição e de marketing.

É necessário que os novos empresários, que estão entrando no ramo de temperos, pesquisem quais as possibilidades reais de realização de  negócios e de se fechar contratos com  diferentes segmentos.

Localização da fábrica de temperos

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 5 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

A fábrica de temperos deve se localizar próxima a redes de fornecimento, se localize próxima a supermercados grandes e pequenos,quitandas e outros comércios.

A localização deve garantir também que as fábricas recebam matéria-prima constante e, portanto, deve estabelecer uma eficiência logística tanto para recebimento de matéria-prima e insumos quanto para a expedição de produtos.

Estrutura da  fábrica de temperos

A estrutura básica de uma fábrica de temperos tem um espaço entre 100 a 160 m² com departamentos divididos em espaços para recepção da matéria-prima, planta para fabricação, outros espaços que são reservados para montagem de escritório, depósito, expedição e vendas dos produtos.

Organização do processo produtivo na fábrica de temperos

A fabricação de temperos é bem simples e existem métodos específicos para tratamento e conservação de temperos que não requer muito trabalho, para que sejam processados e conservados os temperos.

As etapas de produção na fábrica de temperos seguem o processo produtivo: secar os temperos – reduzir a matéria-prima a pó – com o volume reduzido de temperos, logo após os temperos serão embalados.

Os custos de fabricação dos temperos são bem reduzidos, pois a matéria-prima é reduzida de volume para só então ficar pronta para o consumo, o que representa que se terão baixos custos com a matéria-prima.

Este é um fator que é vantagem na produção de temperos é que os produtos à base de temperos representam uma economia de escala, pois a fábrica de temperos possibilita que sejam produzidos saquinhos em grande escala para um determinado volume de matéria-prima.

A conservação é realizada em estufas com baixa temperatura, o que promoverá uma melhor conservação dos produtos.

O processo de conservação é realizado de forma a preservar as vitaminas, sais minerais e outros produtos a serem conservados, inclusive os aromas.

Dominando todas essas técnicas de produção, os temperos conservarão suas propriedades e substâncias, mantendo um bom prazo de validade padronizado.

Concorrência de uma fábrica de temperos

Para produzir temperos não são necessários altos custos com fabricação e empacotamento, por isso para que haja concorrência na produção e venda, a fábrica de temperos concorrerá com a qualidade e eficiência na produção, pois não existirá concorrência por custos, sendo que os temperos possuem um preço baixo no mercado.

Portanto, para concorrer no mercado de temperos, é necessário que o empresário encontre uma forma de concorrer com diferenciação do produto, seja na embalagem, na escolha de aromas, etc.

Os riscos do empreendimento em uma fábrica de temperos

O maior risco do empreendimento é quanto ao fornecimento de matéria-prima, que de acordo com as sazonalidades de colheita e economia poderão sofrer oscilações, o que proporcionará desníveis na produção, armazenamento e vendas da fábrica de temperos.

Equipamentos da fábrica de temperos

Os equipamentos necessários para a fabricação de temperos são: moinhos, balanças de precisão, utensílios, seladoras automáticas, rotuladoras, datadoras e outros equipamentos.

A fábrica de temperos investirá também em móveis para o escritório, material de expediente, veículos utilitários, etc.

Rótulos e embalagens na fábrica de temperos

Após serem produzidos, os temperos serão conservados em vidro ou recipientes de porcelana para depois serem embalados.

De forma resumida, eles são fabricados da seguinte forma: os temperos são secos e depois moídos, são acondicionados em saquinhos fechados com seladoras automáticas para melhor conservação e logo após, embalados e rotulados. 

Os rótulos e embalagens, segundo normas expedidas pela Vigilância Sanitária, devem descrever o peso, valor nutricional, validade, data de fabricação, ingredientes e outros.

Os tipos de temperos que poderão ser produzidos serão: pimenta em pó, cheiro verde, cravo da Índia, canela e outros.

Marketing da fábrica de temperos

A divulgação da fábrica de temperos é algo que deve ser planejado quanto aos custos e benefícios e quanto ao poder de fortalecimento da marca, imagem, comunicação com o público e outras providências como vídeo institucional, folhetos, catálogos e outros materiais.

Para abrir uma fábrica de temperos é necessária a análise dos pontos fracos, fortes, ameaças e oportunidades.

Os pontos fracos para fabricação de temperos é quanto ao sistema logístico, que se não for eficiente, o abastecimento não será constante, não terá redução de custos ou a qualidade da matéria-prima e insumos será insatisfatória, sendo que a logística deve também ser eficiente para  o escoamento da produção.

Os pontos fortes na produção de temperos são quanto à comunicação com diferentes segmentos como: atacadistas, varejistas, distribuidores em geral.

A forma eficiente de comunicar um novo produto pode ser considerada um ponto forte, já que os produtos são produzidos e comercializados com barreiras de entrada para posicionamento e participação no mercado.

As ameaças encontradas para comercializar os produtos são as barreiras de entradas para a participação e posicionamento dos produtos.

As oportunidades encontradas serão para o diferencial de produtos, como salsas desidratadas e outras possibilidades de diferenciação como a mistura de temperos, a forma de embalar e outros.

Pessoal da fábrica de temperos

A fábrica de temperos pode empregar operadores para fabricação dos temperos em si. Os outros colaboradores trabalharão com administração, compras de matéria-prima e insumos, representantes comerciais e outros.

Exigências legais da fábrica de temperos

Para produzir de acordo com as normas expedidas pela Anvisa, a fábrica de temperos deve organizar a sua produção de acordo com a divisão de Vigilância Sanitária para Alimentos – DINAL.

A Lei nº 7.967/89 institui normas sanitárias e multas para o desacordo das normas. O Decreto-Lei- nº 986/69 fala sobre Normas Básicas sobre alimentos em geral e é útil em sua fábrica de temperos.

Como Montar Uma Fábrica de Temperos
3 votos, nota média 4.00 ou 80% de avaliação

 

DICA IMPORTANTE!

Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Contrate uma consultoria, estude em livros, use o kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas não arrisque suas economias em um chute!

2 COMENTÁRIOS

  1. gostei muito das dicas p. ganhar dinhiero facil.Mas quero abrir, comprando de uma distribuidora. ex. bala. pirulito. ou franco assado. etc.

DEIXE UMA RESPOSTA