Como montar uma fábrica de óleo de coco

Por:

Como montar uma fábrica de óleo de cocoO óleo de coco é um alimento com propriedades benéficas à saúde e que, inclusive, faz parte de um grupo seleto de substâncias que aumentam a defesa do organismo, participando indiretamente do fortalecimento do sistema imunológico, facilitando ainda a digestão e absorção de nutrientes.

Na culinária, o óleo de coco é bastante usado, principalmente, para o preparo de sobremesas doces, como bolos. Em altas temperaturas, vemos que as características nutricionais do produto se preservam, ajudando a manter o peso, diminuindo o colesterol e prevenindo contra doenças cardiovasculares.

Além da culinária, o óleo de coco também pode ser usado para diversos outros fins, como industrialmente como biodiesel, para a produção de sabão e resinas para a indústria química.

O empreendedor que deseja entrar no mercado de óleo de coco deve ter algumas características específicas e buscar aproveitar a matéria-prima e produto final para diversos fins, sendo a primeira grande dica para aumentar os lucros e já começar um negócio com um passo a frente da concorrência. Aqui você verá um pouco mais sobre o assunto, confira!

Público-alvo de fábrica de óleo de coco

Geralmente, os principais interessados na aquisição de óleo de coco barato são os profissionais que lidam com a gastronomia. Confeiteiros, cozinheiros, chefes e outros profissionais da área são os mais adeptos dos principais negócios que fabricam óleo de coco, e devem ter uma parcela significativa de atenção por parte do empreendimento em promover um atendimento diferenciado para este setor.

Além disso, grandes empresas precisam de matéria-prima para a produção de sabão e energia e, geralmente, se aproximam das fábricas de óleo de coco a partir da promessa de melhor preço do mercado ou por facilidades no pagamento ou concessão de brindes.

Por abranger tantas áreas, a fábrica de óleo de coco deve focar no vasto público-alvo para direcionar sua propaganda e marketing e abranger todos os setores se quiser progredir e conseguir melhores rendimentos.

Como extrair o óleo de coco – Fábrica de óleo de coco

A questão da extração de óleo de coco é a raiz do negócio e deve ser feita a partir de técnicas modernas que facilitem o trabalho da fábrica de óleo de coco e forneçam a mercadoria de forma rápida e segura.

Primeiramente, o coco deve estar maduro para ser colhido e isso demora algum tempo. Depois de maduro, o coco é utilizado seco e dele retira-se a castanha, repartindo-o. Então, esta castanha deverá ser ralada e batida no liquidificador com água quente. Caso a película escura atrapalhe, esta pode ser retirada antes deste processo.

Como preparar o óleo de coco – Fábrica de óleo de coco

Ralada, a massa deve ser espremida num pano para que o leite seja extraído de forma exuberante e a possibilidade de acrescentar mais água depende da experiência do profissional e seu gosto. O leite deve ser deixado num local seguro de um dia para o outro, de forma que haja a separação do soro, ficando a massa na superfície bem delimitada. O soro será descartado ou reutilizado para a fabricação de outro componente.

A partir da massa branca, é só colocá-la em uma panela e levar ao fogo baixo para separar o óleo. Este processo consiste numa fritura e este óleo deve ser guardado, posteriormente, num vidro, de preferência, numa cor escura.

Pessoal para fabricação de óleo de coco

Para a extração do coco não é necessário que os funcionários sejam próprios da fábrica, sendo a terceirização o mais recomendado. Devemos também lembrar que o serviço braçal de coleta de mantimentos naturais deve ser remunerado de acordo com as leis do Brasil, sendo o trabalho escravo crime e que vincula diretamente o empreendedor e nome da empresa a esta prática.

Na parte de conservação e preparo do óleo de coco, o empreendedor tem uma grande vantagem em relação a outros tipos de negócios: pode contratar a quantidade de funcionários que achar necessário, visto o tamanho do negócio, as encomendas e suas disponibilidades. No começo do trabalho, não são necessárias muitas pessoas, mas bastante investimento em propaganda e estoque.

Propaganda da fábrica de óleo de coco

O óleo de coco pode ser vendido em supermercados, mercadinhos e afins. Para isso, a própria empresa pode formular uma marca e revender diretamente para estes locais, embora, prioritariamente, uma fábrica com este fim esteja mais interessada em vender grandes encomendas destes produtos diretamente para os estabelecimentos que vão utilizá-los.

Então, a dica é pesquisar entre os estabelecimentos comerciais que tenham grande chance de adquirirem o produto e mandar um representante comercial na própria sede para explicarem sobre os benefícios da compra do óleo de coco, as vantagens em cima da concorrência, as facilidades e descontos apresentados.

Embora tenhamos uma grande quantidade de métodos de divulgação para lançar um produto, trata-se de um produto muito específico e que faz parte do universo de compra de poucas pessoas, por isso um direcionamento no marketing da empresa seria o mais econômico e inteligente a se fazer.

Além do óleo de coco, o empreendedor pode utilizar sua empresa para a produção de outros produtos com a base na mesma matéria-prima. É uma excelente fonte de renda combinar múltiplos produtos a uma só fábrica, além de gerar certa proteção contra imprevistos.

Localização da fábrica de óleo de coco

A fábrica de óleo de coco não precisa de uma localização tão específica como uma lanchonete ou loja de roupas, por exemplo, mas apenas uma sede que fique próxima ao público-alvo, se este já for definido e caracterizado. É necessário apenas um bom espaço para a produção do óleo de coco, inclusive com uma garagem para que caminhões e carros possam estacionar para carregar e descarregar o estoque de mercadorias.

Em algumas cidades é preciso ir até a Prefeitura e consultar se o local escolhido para uma fábrica de óleo de coco ou qualquer outro tipo de comércio pode ser mesmo utilizado pelo empreendedor.

Fábrica de óleo de coco – Validade

A validade dos produtos é um dos assuntos mais comentados hoje em dia quando se trata de vistorias. Sobre o óleo de coco utilizado como alimento é lógica tal importância, porém para os outros tipos de atividades também é necessário que o produto apresente a validade apropriada para evitar problemas para o consumidor e, principalmente, para a empresa mais tarde.

A vigilância sanitária visita todo o tipo de estabelecimento que trabalha com comida e, caso o óleo de coco produzido tenha fins alimentícios, esta visita sempre será feita e a fábrica de óleo de coco deve apresentar toda a documentação e práticas sanitárias em dia.

DICA IMPORTANTE!

Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Contrate uma consultoria, estude em livros, use o kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas não arrisque suas economias em um chute!



Um comentário sobre “Como montar uma fábrica de óleo de coco
  1. rosa helena disse:

    muito util as informações,tudo bem explicado e com muita clareza. muias benças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Vai Abrir Um Negócio?

Curta O Novo Negócio!

Divulgue o Novo Negócio

Novo Negocio

Copie e cole o texto abaixo no seu site!
x

740 Ideias Práticas de Negócios (GRÁTIS)!

Faça como 350 Mil Empreendedores, participe do meu grupo particular de negócios e descubra o que é necessário para ter um negócio de sucesso.

(Ou continue na dúvida...)