Como montar uma clínica médica

Por:

Como montar uma clínica médicaCada vez mais os profissionais de saúde estão descobrindo como se tornar empresários de sucesso, através da abertura de uma clínica médica, conduzindo seus negócios de forma a atender melhor as expectativas de sua comunidade, contribuindo para que o sistema de saúde seja mais humano, acolhedor e eficiente.

O primeiro passo é escolher como a clínica médica se organizará para prestar seus serviços:

A Agência nacional de Saúde (ANS) categorizou os estabelecimentos médicos em 54 tipos de consultórios, mas só veremos alguns como exemplos, sendo os mais utilizados no mercado:

  • Consultório médico com até duas especialidades médicas,
  • Consultório geral que é aquele em que são executados  procedimentos médicos acima de duas especialidades médicas,
  • Clínica geral que efetua pequenos procedimentos médicos,

Mercado de clínicas médicas

Para montar uma clínica médica, que atende diversas especialidades, o empresário concorre diretamente com os consultórios que atendem até duas especialidades, o que se nota é que a clínica consegue agregar um maior atendimento, pois possiblita maior facilidade de pagamento, além de ter como característica o diferencial de estar próxima das comunidades que requerem atendimento médico de qualidade a um custo acessível.

Os pacientes comparam o atendimento do SUS ao das clínicas médicas, sendo que nas clínicas, os pacientes se sentem mais ouvidos e sentem que seus problemas de saúde têm maior atenção.

Uma clínica médica popular opera com ou sem planos de saúde e essa é mais uma vantagem mercadológica que faz com que esse negócio consiga um número crescente de pacientes.

Muitos consultórios médicos se agregaram a outros para constituirem as clínicas populares, visulizando assim uma oportunidade imperdível em que se têm baixos custos de implantação, sendo que os pagamentos costumam ser pontuais, mesmo a clientela fazendo parte das classes C e D.

Os consultórios médicos enfrentam uma forte concorrência com as clínicas médicas populares e clínicas particulares em geral. Mesmo diante disso, alguns profissionais de saúde preferem abrir um consultório médico de até dois sócios e profissionais, como no caso de fisioterapeutas e clínicas de estética.

Para vencer no mercado e oferecer serviços de qualidade os consultórios médicos devem estar aptos para concorrer através do diferencial no atendimento e outras questões mercadológicas como localização, divulgação e planejamento.

Escolher entre montar uma clínica médica ou consultório, depende do empreendedor.

Montar uma clínica médica popular

As clínicas médicas populares possuem diversas vantagens além do aumento rápido da clientela:

  • Os custos operacionais não são altos
  • A infraestrutura para um bom atendimento médico é coberta pelas economias de escala,
  • O nível hierárquico é enxuto,
  • A capacidade de investimentos é maior com a possbilidade de haver aumento no número de sócios.

Outra questão importante a ser levantada é que as clínicas populares, se bem administradas e com serviços de qualidade, possuem uma ótima capacidade de aumentar a rentabilidade média e reduzir custos e despesas operacionais.

Localização

Antes de escolher a localização ideal para a clínica médica, é necessário realizar uma pesquisa de mercado que descreva todas as características do local, como renda per capita, hábitos dos clientes e até moléstias que agravam a região em uma maior proporção.

O empreendedor por escolher alugar ou comprar um casarão para montar a clínica ou uma sala comercial para começar o negócio.

Divulgação de clínicas médicas

Os serviços médicos também devem ser divulgados, afinal os pacientes estão sempre à procura de um local em que possam iniciar um tratamento e obter sucesso.

Mas, a publicidade de serviços médicos possuem algumas regras e por isso, a Cremerj (Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro) organizou um manual que dita os procedimentos éticos e responsáveis de divulgação dos serviços médicos e que pode ser consultado no site do órgão estadual.

Planejamento estratégico

Os serviços de saúde também precisam ser estratégicos para obterem sucesso, sendo necessário um planejamento dos negócios para garantir a estabilidade da clínica no mercado e gerar lucro.

O planejamento estratégico é um importante recurso mercadológico e de gestão. De uma forma geral, os consultórios médicos devem considerar em sua estratégia fatores como: localização, ambiente externo e interno e análise das forças, fraquezas, oportunidades e ameças. E ainda considerar os fatores como: gestão interna, público-alvo, fornecedores e concorrência. A empresa deve pensar sua estratégia de acordo com todos os recursos disponíveis a fim de concretizar seus objetivos.

É recomendado é definir melhorias nos processos burocráticos, que tornem o atendimento mais dinâmico. A marcação de consulta costuma ser um desses processos. Com melhoria nos processos, os pacientes esperarão menos tempo para que os horários estejam vagos, menos tempo nas salas de espera e, em consequência, menor erro nos processos de convênios e na emissão de boletos.

Pessoal para uma clínica médica

Os funcionários que ficarão responsáveis pelo atendimento da clínica médica deverão ser devidamente qualificados e treinados a oferecerem um atendimento acolhedor e ético, ou seja, que não invada a intimidade dos pacientes e seja livre de preconceitos.

Além disso, os recepcionistas devem possuir a capacidade de atendimento diferenciado para cada público, como crianças e idosos, e ainda habilidade para trabalhar em equipe.

Também será necessário a contratação de auxiliares para organizar o material dos consultórios médicos e até para auxiliar algum pequeno procedimento que o médico realize.

Gestão de Custos

As clínicas médicas têm custos, despesas e investimentos inevitáveis para o seu bom funcionamento. Por isso, o empresário deve administrar seus custos de forma eficiente e sustentável.

A primeira providência é estabelecer qual a forma de custeio ideal para os consultórios. Não existe um sistema de custos que valha para todos os consultórios médicos, pois os consultórios se organizam em realidades diferentes, os clientes são específicos e as comunidades atendidas pelo consultório também. Além disso, os procedimentos mudam conforme as especialidades médicas oferecidas e por isso, a apuração de custos será também diferente.

Os custos totais são divididos em custos diretos e indiretos, além do custo de qualidade que está relacionado aos custos dispendidos com os programas de qualidade e de diferencial dos serviços de acordo com o valor agregado.

Para escolher um sistema de custos adequado, deverá existir um método que requer controle e elaboração de planilhas de custos, considerando previsões de atendimento, previsões de consumo de material direto e indireto e ainda desperdícios e depreciações.

O custeio por absorção é um dos sistemas mais utilizados no ramo hospitalar e também por empresas de serviços. Esse sistema considera os custos indiretos e os rateios.  Esse método tem a desvantagem de não considerar o total de desperdícios, limitando o orçamento e planejamento de alocações. O custeio por absorção também não dá suporte às decisões gerenciais, mesmo assim, o sistema é aplicado largamente pelos consultórios médicos para fins de custos gerenciais, contábeis e apurações tributárias.

Mesmo com o uso de um sistema de custos por absorção, os empresários devem analisar seus custos de forma a obter um maior controle sobre os desembolsos, informações de despesas, comparação entre custos e receitas e outras iniciativas.

Uma boa avaliação de custos e orçamento é primordial para que os consultórios implantem um planejamento estratégico que considere objetivos a longo prazo, decisões quanto à ampliações e expansões de negócios, investimentos futuros e etc.

Para montar uma clínica médica é preciso se informar sobre as regulamentações, legislações gerais e orientações quanto à gestão. Muitas dessas informações estão contidas no site da Anvisa.

O que achou das nossas dicas de como montar uma clínica médica? Fale para a gente!

DICA IMPORTANTE!

Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Contrate uma consultoria, estude em livros, use o kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas não arrisque suas economias em um chute!



5 comentários sobre “Como montar uma clínica médica
  1. lisiane disse:

    Gostei,muito importante estas informações para mim.

  2. alex disse:

    não sei o que vou colocar

  3. Lia Lucas disse:

    Gostaria de obter informações de como montar uma clinica para dependentes quimicos.
    Obrigada pela atenção.

  4. nely disse:

    clinica medica e odontologica como montar

  5. eliane disse:

    gostei, mas gostaria mesmo de ter os códigos do programa desta clinica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Vai Abrir Um Negócio?

Curta O Novo Negócio!

Divulgue o Novo Negócio

Novo Negocio

Copie e cole o texto abaixo no seu site!
x

740 Ideias Práticas de Negócios (GRÁTIS)!

Faça como 350 Mil Empreendedores, participe do meu grupo particular de negócios e descubra o que é necessário para ter um negócio de sucesso.

(Ou continue na dúvida...)