Como montar uma assessoria de imprensa

Como montar uma assessoria de imprensaVeja o passo a passo de como montar uma assessoria de imprensa. Cada vez mais formados em jornalismo buscam alternativas de trabalho que não sejam em grandes veículos de comunicação. A grande maioria quer mesmo atuar na televisão, jornal impresso e rádio, mas há um bom segmento ainda a ser explorado que tem rendido bons lucros para quem investiu no negócio: as assessorias de imprensa.

O assessor de imprensa é o profissional responsável pela comunicação interna e externa da empresa. É um jornalista que eventualmente ocupa o cargo, mas pode ser um Relações Públicas também. É ele quem entra em contato com a imprensa para divulgar o que tem de novo na marca, lançamentos e receber os veículos de comunicação em caso de entrevistas.

As grandes empresas possuem um assessor interno, um funcionário, mas a grande maioria prefere contratar empresas e é ai que ter uma assessoria de imprensa se torna um negócio viável. As empresas andam se dedicando bastante em divulgar os seus produtos e sempre buscam os serviços de uma assessoria de imprensa.

Passo a passo para montar uma assessoria de imprensa

Documentos necessários para montar uma assessoria de imprensa

A parte legal é a mesma de se abrir qualquer empresa. É preciso registrar a empresa na Receita Federal, ter um contrato social e registro perante a Prefeitura.

Antes de começar a parte legal é preciso já ter em mente um espaço, seja uma casa que irá transformar em escritório ou um escritório, pois este endereço deve constar na Prefeitura da cidade para registro e correspondência.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

A parte burocrática de como montar uma assessoria de imprensa merece uma ajuda de um contador, o profissional que tem conhecimento na área e por isso irá  fazer tudo ficar mais rápido. O tempo total para abertura da empresa é de em média dois meses, podendo ser menos em alguns casos.

O nome deve ser escolhido antes que a empresa seja aberta para constar na Razão Social e no CNPJ. O nome que irá ficar na nota fiscal pode ser diferente do nome que irá usar em sites, a marca. É importante registrar também a marca, o nome fantasia, para que outras empresas não surjam com o mesmo nome.

Para trabalhar com os clientes e declaração de imposto de renda, é preciso ter nota fiscal. As empresas precisam justificar o gasto e por isso é importante ter direito a emitir nota fiscal, que pode ser eletrônica ou em talão. Porém, é importante avisar que a Nota Fiscal manual está com os seus dias contados, em breve será retirada do mercado e irá existir apenas o formato eletrônico. Ela é super simples de ser retirada, pela Internet e sai com a data a qual for impressa pelo site.

Estrutura de uma assessoria de imprensa

O local de trabalho de uma assessoria de imprensa é o mais simples possível. Não precisa de muita estrutura, apenas escrivaninhas, cadeiras, computador, impressora e telefone. Quase todo o trabalho é feito usando email e telefone. O telefone é para contatar os veículos de comunicação, então é bom que tenha um serviço com ampla cobertura e pacote de DDD, pois eventualmente será preciso entrar em contato com outros Estados para serviços mais específicos.

O serviço de assessoria de imprensa é essencialmente de imagem, então é importante cuidar do espaço de trabalho. Mesmo pequeno, invista em um bom escritório com cadeiras confortáveis e sala de reunião para apresentar os projetos aos clientes. Eles precisam sentir segurança no valor investido, que não é pouco, e por isso é importante que vejam um bom local de trabalho.

Serviços de uma assessoria de imprensa e valores

 

Os serviços básicos de uma assessoria de imprensa são:

  • Envio de notas e sugestões de matérias para jornais, revistas, rádios, sites e veículos de televisão. Eles podem ser fechados em pacote ou a assessoria cobrir tudo.
  • Clipping mensal – o registro de tudo que foi publicado deve ser enviado diariamente e ao cliente no fim do mês para que ele tenha uma idéia do que andou sendo falando sobre a sua empresa ou produto.
  • Atendimento a imprensa – quando os jornais e revistas quiserem marcar entrevistas ou ter informações sobre determinada empresa ou problemas com produtos, eles devem primeiro passar pela assessoria. As vezes nem é necessário entrar em contato com o dono da empresa, pode ser uma simples informação de fácil acesso.

 

Os serviços que não são tão básicos, mas uma empresa pode solicitar a uma assessoria de imprensa:

  • Criação e manutenção de redes sociais – Orkut, Facebook e Twitter ou qualquer outra que a empresa solicite.
  • Anúncios e newsletter – Este é mais um trabalho de agencias de publicidade e propaganda, mas nada impede que sejam feitos por uma assessoria caso o profissional tenha conhecimento.
  • Manutenção de site – Postagem de fotos, textos, matérias publicadas. São úteis para os jornais e úteis para a empresa divulgar  que está acontecendo.
  • Cobertura de eventos – O profissional de assessoria de imprensa pode ser convidado a fazer a cobertura de um evento com fotos e depois enviar textos e notas sociais para a mídia local e nacional.

 

Formação dos preços dos serviços de assessoria de imprensa

O valor a ser cobrado por tais serviços varia bastante conforme o pacote que for fechado. Eles podem ser cobrados em separado ou podem ser cobrados todos juntos, varia de acordo com o cliente. O ideal é que sejam cobrados juntos e assim se faça um abatimento.

É importante avaliar sempre o porte da empresa antes de dar um valor. Para pequenas empresas, o valor mensal de R$ 500 para envio de notas e matérias é de bom tamanho, mas o mesmo já não pode ser cobrado de uma multinacional que vai exigir cinco vezes mais atuação do assessor. O Conselho Nacional de Jornalismo dá dicas de como cobrar, basta acessar a página. O valor médio de assessoria de imprensa mensal com todos os serviços acima citados é de R$ 4.000, chegando até ao dobro se for uma multinacional.

Lembre que deve ser feito um contrato por serviço ou pacote com o cliente, assinado por ambas as partes. Uma forma de garantir que o pagamento será realizado.

E você está pensando em montar uma assessoria de imprensa? Comente!

4.00 avg. rating (79% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

7 COMENTÁRIOS

  1. Gostei do post. Acho importante também tentar visitar uma empresa já existente, pra ter uma noção mais real do trabalho. Se isso não for possível, olhar sites delas também já ajuda. Um que eu recomendo é o da Spindler:
    espero ter ajudado.

  2. Olá… foram muito bons esses esclarecimentos. Não sou formado em publicidade e nem tampouco tenho faculdade de jornalismo. Sou radialista e tenho uma vontade incrível de montar um escritório de assessoria para pequenas empresas e bandas musicais. É uma carência enorme em nosso município e é justamente pensando nisso que preciso entrar neste negócio. Obrigado pelas dicas… vou seguir à risca!

  3. Ótimo post. Sou formada em Jornalismo e estou pensando seriamente em montar minha empresa de assessoria de imprensa. As informações que você passou condizem com a realidade. É bom lembrar que possuir um bom mailing e ter um bom networking faz a diferença. Abraços.

DEIXE UMA RESPOSTA