Como Montar Um Serviço de Guincho

como montar um serviço de guinchoVeja como montar um serviço de guincho, equipamentos, valores, custos mensais e muito mais!

Pare e pense, na sua cidade, quantos veículos e motos existem? O setor automobilístico talvez seja um dos que mais cresceu nos últimos anos e, com isso, alguns negócios se tornaram ótimas fontes de renda.

Também, com a maior tecnologia empregada nos veículos, tornou-se quase “impossível” um mecânico resolver problemas de panes em uma rodovia, por exemplo, sendo necessários seus equipamentos, o que exige a necessidade de um transporte de “socorro”, o famoso guincho.

Para se ter uma ideia do potencial do serviço de guincho é possível analisar a quantidade de novos veículos que ingressam no mercado todos os dias. Veja, apenas em São Paulo, tem-se mais de 800 veículos novos nas ruas todos os dias. Hoje, o Brasil possui mais de 50 milhões de veículos circulando.

Gosta da ideia de trabalhar no setor de prestação de serviço de guincho? Confira como montar seu próprio negócio!

Exigências Legais Para Montar Um Serviço de Guincho

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O serviço de guincho não é um dos mais simples para montar no quesito burocracia, então vale se preparar para algumas dores de cabeça neste sentido.

Como em qualquer empresa, você precisará seguir o procedimento padrão, que é fazer o registro da empresa na junta comercial, na qual deverá fornecer o contrato social da empresa e documentos básicos como RG, CPF, preencher o requerimento que será fornecido.

Depois de feito o registro da empresa na Junta Comercial e obtido o número de identificação do registro de empresa (NIRE), será preciso solicitar o CNPJ na Receita Federal. Faça também a inscrição estadual e no cadastro da Previdência Social. Você precisará fazer o cadastramento Social para efetuar o pagamento das contribuições do FGTS na Caixa Econômica Federal.

Depois disso deve-se dar a entrada do pedido de alvará de funcionamento na Prefeitura da sua cidade, recolher as taxas e fornecer os documentos exigidos. Você precisará protocolar também um pedido nos bombeiros para conseguir o alvará dos bombeiros, sem ele não se pode iniciar o trabalho.

A burocracia não terminou por aí, ainda tem as exigências específicas para quem deseja oferecer o serviço de guincho. É preciso estar de acordo com a legislação e obter as autorizações da ANTT e DENATRAN para trabalhar com guincho. Lembre-se de verificar a legislação específica da sua cidade referente ao serviço de guincho.

Localização Para Montar Um Serviço de Guincho

A localização costuma ser decisiva nos bons negócios e em um serviço de guincho não é diferente, contudo, o “ideal” neste negócio é diferente dos demais.

Para prestar o serviço de guincho você precisará de muito espaço, seja para armazenar o caminhão ou para deixar os veículos guinchados, os quais, muitas vezes, permanecerão no pátio por semanas, meses e até anos.

Por isso, procure por um espaço para o guincho que tenha um grande pátio, mesmo que seja mais “afastado”, você não precisa estar localizado no centro da cidade, a maior parte dos seus clientes entrarão em contato por telefone e não diretamente no estabelecimento.

Contudo, é importante fazer uma boa divulgação do seu serviço de guincho, conseguir com que as pessoas salvem o número do estabelecimento ou levem consigo um cartão é o que decidirá para quem elas ligarão ao acontecer um problema com seu veículo na estrada.

Equipamentos Para Prestar o Serviço de Guincho 24 Horas

Montar um guincho não é barato, já adianto! Quer saber vai gastar? Veja os preços de guinchos:

Para iniciar o negócio você irá precisar dos seguintes maquinários/equipamentos:

  • 2 Guindastes de 100 toneladas – R$ 4.000 mil reais;
  • 2 Prancha baixa – R$  90.000 mil reais;
  • 2 Carros hidráulicos com carga superior de 3 toneladas – R$  6.000 mil reais;
  • 2 Macacos hidráulicos com carga superior a 10 toneladas – R$ 2.400 reais;
  • 2 Talhas com capacidade superior a 5 toneladas – R$ 1.500 reais;
  • 2 Redutores hidráulicos – R$  6.000 mil reais;
  • 2 Alavancas – R$ 1.800 reais;
  • 2 Cunhas – R$ 2.000 mil reais;
  • 2 Veículos adaptados – R$ 150.000 mil reais;

Os valores citados referem-se a um guincho de porte médio, com 2 veículos que estejam atuando no socorro. É importante que você trabalhe com mais de um único guincho, pois é comum estar prestando socorro e ter chamadas para outro local.

 Também, não computamos os equipamentos do escritório, o qual será necessário para atender os clientes. O escritório deve compreender um computador, telefone, mesa, cadeiras, armário para escritório e etc, custando aproximadamente R$ 5.000 mil reais.

Assim, o total para montar um serviço de guincho de porte pequeno/médio é de aproximadamente R$ 269.000 mil reais. Você pode ficar interessado no nosso texto sobre como conseguir um financiamento.

Sugiro acrescentar mais 25% do valor investido para capital de giro.

Matéria-Prima é a Vantagem do Serviço de Guincho

Uma das grandes vantagens de montar um serviço de guincho é justamente o fato de não ter de gastar com matéria prima, já que são oferecidos serviços.

Contudo, um gasto importante e bastante comum é com manutenção dos equipamentos, óleos e peças que podem vir a estragar, principalmente se você comprar maquinários usados. Por isso, é interessante separar em torno de R$ 1.000 reais mensais para manutenção, não deseja ser “pego” desprevenido, concorda?

Funcionários Para Prestar o Serviço

Você precisará de basicamente 4 funcionários: 2 motoristas, 1 auxiliar de escritório e 1 auxiliar de serviços gerais.

É importante que o motorista tenha habilitação “E”, caso contrário não estará apto legalmente para trabalhar com guincho, também, sugiro que tenha boa noção de mecânica para conseguir reparar eventuais falhas e dificuldades que possam vir a acontecer.

Confira nosso texto sobre como contratar o funcionário ideal  para a sua empresa, pode ser esclarecedor e evitar problemas futuramente.

Organização e Automação

O cliente irá pedir o “socorro” para o serviço de guincho, isso costuma ocorrer normalmente por telefone. Hoje, algumas pessoas estão fazendo através de contatos por WhatsApp e páginas de Facebook, pode ser interessante utilizar as redes sociais para divulgar o negócio.

O atendente precisa ser instruído e bem treinado para obter as informações necessárias, como o local exato e necessidades do cliente, até para que se consiga oferecer a melhor solução. Lembre-se que você estará tratando, normalmente, com uma pessoa apreensiva, ansiosa, assustada e talvez até um pouco machucada, é preciso ter paciência, falar de forma clara e objetiva.

O serviço guincho precisa trabalhar 24 horas por dia, até porque é um serviço emergencial, não “tem hora para acontecer um acidente”, por isso você precisará manter seus funcionários em “sobreaviso”, com celulares, principalmente os motoristas. Verifique a legislação trabalhista, sobreaviso exige pagamento de hora adicional.

Os motoristas devem ser treinados para não encontrar dificuldades no momento de prestar o serviço, já que o cliente estará em um estado alterado. É comum chamar o serviço de guincho em acidentes, nos quais os carros estão em locais de difícil acesso.

Para a automação do serviço de guincho, o proprietário tem ao seu dispor uma vasta gama de softwares de gerenciamento, inclusive de rastreamento veicular para os guinchos, podendo encontrar o que estiver mais perto do local do cliente.

Canais de Distribuição do Serviço de Guincho

Os principais clientes dos prestadores de serviço de guincho são as seguradoras, isso mesmo, as seguradoras, pois são elas que recebem normalmente as ligações dos clientes e repassam o pedido para os guinchos irem socorrer. Para ser um dos contatados é preciso ser “conveniado” das seguradoras, por isso, entre em contato e informe-se.

Já os clientes particulares costumam ligar para o serviço de guincho, por isso é tão importante manter o seu contato bem divulgado e fácil de ser encontrado.

Custos Mensais do Serviço de Guincho

Como qualquer empresa, o serviço de guincho também terá alguns custos mensais de funcionamento, como é o caso do salário, limpeza dos veículos, taxas, refeições, seguros e etc.

O custo mensal para manter o negócio é de aproximadamente R$ 9.000 mil reais. Pode parecer, em um primeiro momento, um valor relativamente alto, mas não é, já que o valor cobrado para socorrer é bem atrativo, sem contar que não se utiliza matéria-prima, tão somente a prestação de serviços.

Tributação e Pagamentos Fiscais

Dificilmente uma empresa que presta serviço de guincho conseguirá se adequar as condições de MEI (micro empreendedor individual), pois terá mais de 1 funcionário e também a renda anual costuma ser superior.

Você poderá optar pelo SIMPLES Nacional, desde que a sua receita bruta anual não ultrapasse R$ 360.000 mil reais para Micro Empresa ou R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) para Empresa de Pequeno Porte (EPP).

Nesses casos, os valores dos tributos são pagos em um único documento DAS (documento de arrecadação Simples Nacional). O percentual cobrado pode variar entre 6% a 18%, dependendo do faturamento bruto da empresa.

Esperamos Ter Ajudado Com Este Texto Sobre Como Montar um Serviço de Guincho! Deixe Suas Dúvidas Nos Comentários.

3.00 avg. rating (66% score) - 2 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA