Como Abrir um Comércio de Joias

Como abrir um comércio de joias
O mercado de comércio de joias é um setor luxuoso, atrativo e disputado. Veja como abrir um comércio de joias e se destacar da concorrência.

Já pensou em abrir um comércio de joias? Hoje em dia usar belas joias é sinônimo de requinte e sofisticação. Apenas os mais ricos portam os melhores colares, brincos, anéis, cordões, pulseiras e outros acessórios, este negócio tornou-se muito lucrativo a partir do investimento em pesquisa, tecnologia, atendimento ao cliente e alguns detalhes.

Qualquer mulher fica irresistível quando bem vestida e incrementada com belas joias, este é o privilégio de uma pequena parte da população. Até aqui, já temos um perfil mais ou menos traçado dos clientes que chegam ao comércio de joias para fazer compras: classes sociais mais elevadas, média e alta.

Uma loja de roupas pode ser um ótimo investimento também, saiba mais!

É interessante que todo o trabalho do empreendedor esteja focado na prestação de serviços para este público-alvo, evitando os erros da escolha de uma localização não apropriada ou outros que podem acontecer por falta de informações relevantes sobre a realidade dos clientes.

Saiba as características do empreendedor e descubra se você está dentro desta “categoria”.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O público, independente das classes sociais e do negócio que escolhem para consumirem produtos e serviços, sempre prefere um atendimento diferenciado. Isso é um argumento bastante usado, ultimamente, pelos novos empreendedores e que não deve ser deixado de lado, principalmente quando estamos trabalhando com pessoas com bom gosto e opinião formada.

Aprenda mais com esse artigo de dicas de vendas.

Público de um comércio de joias

O público-alvo é formado por pessoas de classe média e alta, tendo como principal característica a exigência pelos melhores produtos que estejam disponíveis no mercado, baseado em tecnologia e em conformidade com os padrões envolvidos com a moda e inspirações internacionais.

Ao abrir um comércio de joias, jamais se esqueça que seu público é exigente e quer peças únicas, que não encontrará todos os dias na rua!

Além disso, o público de um comércio dejoias lida com a sofisticação de forma natural e, geralmente, não se sente à vontade quando o estabelecimento está fora das medidas consideradas atraentes. Por isso, é bom investir na estrutura do local, na forma com que os funcionários irão trabalhar, na iluminação como um todo, vitrines e muito mais.

Veja como decorar vitrine aqui!

Cada parte do negócio de comércio de joias deve ser pensada cuidadosamente para corresponder às expectativas das pessoas e com isso proporcionar um bom lucro ao empreendedor.

Localização ao abrir um comércio de joias

O comércio de joias tem tudo a ver com as partes nobres da cidade para ser instalado. Regiões de classe média e alta perto dos centros comerciais e shoppings centers são a alternativa mais rentável para começar a comercialização deste tipo de produtos. Isso dá a comodidade aos clientes e a segurança dos lojistas e empreendedores.

Quanto mais próximo do público estiver seu comércio de joias, maior será a possibilidade de entrarem na loja após ver a vitrine, lembre-se disso.

A localização também deve contar com uma segurança reforçada por se tratar de um estabelecimento que comercializa mercadorias caras. Em todo o mundo, as joalherias são frequentemente alvo de assaltos e é definitivamente indispensável que o estabelecimento esteja adaptado para garantir o cuidado com seus funcionários e clientes.

Já pensou em montar uma empresa de segurança? Se sim, confira nosso artigo!

Profissionais especializados na área de segurança podem ser acionados para dar dicas e trazerem benefícios ao comércio de joias. Cabe ao empreendedor organizar esta parte, assim como discriminar entre as regiões a que melhor se adapta as suas condições.

Lembre-se sempre de pensar em todos os detalhes ao montar seu plano de negócios!

Estrutura do comércio de joias

As joalherias devem ser um ambiente confortável, luxuosas, portadoras de uma gama qualificada de funcionários especializados e bem apessoados para tratamento com o público. Nas vitrines, as principais ofertas da loja devem estar expostas.

Pode ser preciso que um profissional de design de interiores tenha contato com a sede do comércio de joias para fazer um trabalho adequado de decoração. É difícil que o ideal seja atingido sem as mãos de um profissional deste tipo e o empreendedor deve julgar o que for mais favorável às suas condições.

A iluminação é parte essencial da estrutura do comércio de joias. Nas vitrines, destaca a beleza e os detalhes do produto, dando ao consumidor um efeito muito favorável esteticamente; no ambiente, gera um espaço climatizado e que produz bem estar e satisfação por parte do público em permanecer pelo local. O incentivo para fazer mais compras pode ser dado por muitas maneiras e investir no conforto do público é uma das táticas principais.

É evidente que mesas, cadeiras e balcões sejam de materiais finos e sofisticados para realçar a beleza de todo o negócio. As cadeiras devem ser confortáveis e estar em locais específicos que deem condições aos consumidores de apreciarem as demais ofertas da loja.

Dependendo da cidade, é necessário contar com o ar condicionado ou aquecedor para deixar as pessoas confortáveis.

Comércio de joias – Estoque

É bom contar com designers e fábricas que forneçam as joias em consignação. Tal medida evita que o dinheiro fique preso em estoques, favorecendo o empreendedor. As parcerias com as melhores marcas e fornecedores garantem mais um ponto para o sucesso do comércio de joias, principalmente se a parceria for duradoura e fornecer os produtos com preços mais em conta. A dica é pesquisar.

Ei, tem curiosidade de saber algumas frases empreendedoras?

Investimento inicial no comércio de joias

abrir um comércio de joias
abrir um comércio de joias

Para abrir um comércio, deve-se investir para conseguir um espaço com boa estrutura, contratação de funcionários e garantir certo estoque. No caso do comércio de joias, é possível investir em equipamentos e instalações como quatro telefones fixos, fax, quatro computadores, um ponto comercial de 70 m² e depósito de 30 m². Dependendo do tamanho do empreendimento, pode-se precisar mais ou menos destes itens e, com isso, aumentar ou diminuir o valor final do investimento.

Você sabe o que é um plano de negócio? Ele será responsável por mensurar os riscos e tudo mais do seu negócio!

O capital de giro está em torno de R$ 12.000,00 reais e o faturamento médio mensal de R$ 60.000,00 reais. Tudo isto é um comparativo para um empreendimento de pequeno porte, com o número mínimo de quatro pessoas trabalhando e com risco baixo. Entre os quatro trabalhadores, já está incluso o empreendedor e três vendedores.

Comércio de joias – Pessoal

O pessoal de um comércio de joias deve fazer cursos para conseguir tratar o cliente de forma respeitosa e com o objetivo de criar vínculos com ele, garantindo a sua volta. Isso pode ser feito pelo empreendedor, que já tem alguma experiência com outros tipos de comércios, ou a partir de palestras e até leitura de textos pela internet.

Você pode aproveitar e fazer as vendas pela internet!

Além disso, a questão da aparência física conta muito e os funcionários devem contar com uma boa vestimenta, corte de cabelo, maquiagem (no caso das mulheres) e bons modos. O uniforme deve ser posto impecavelmente e o ideal é transmitir uma imagem sofisticada ao cliente.

Os funcionários são a “cara” do seu comércio de joias, treine-os bem e tenha certeza que estão aptos a vender para os clientes mais exigentes e “chatos”.

Quanto ao trabalho, é imprescindível que todos os funcionários saibam as características do produto que estão vendendo. Estamos falando de preços, marcas, opções de parcelamentos, dúvidas gerais e qualquer outra dúvida que venha a surgir para esclarecimento. Não é tolerável a falta de informação de vendedores que, além de prejudicarem as vendas, passam a imagem de desorganização por parte de toda a equipe.

Lembre-se de que você pode registrar sua própria marca! Aprenda aqui como registrar uma marca.

Divulgação ao abrir um comércio de joias

Um profissional de Marketing pode ser contratado para começar a divulgação de comércio de joias. Caso o empreendedor tenha conhecimento sobre o assunto, pode optar por direcionar a propaganda para o público-alvo.

Aprenda o que é email marketing e como fazer.

A própria aparência da loja numa localização bem sucedida já dá uma certa visibilidade para o comércio de joias, não descartando, em hipótese alguma, a presença de outras formas de conseguir mais vendas.

Você sabe como divulgar serviços? Senão, é só olhar nosso artigo que vai aprender rapidamente.

Gostou? Que tal abrir um comércio de joias agora mesmo?

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA