Acarajé – Produção e Comercialização

Acarajé
Acarajé – Produção e Comercialização

O acarajé é uma especialidade gastronômica vinda da cultura afro-brasileira, composta de massa de feijão fradinho, cebola e sal frita no azeite de dendê. Acompanhando o acarajé, podemos ter pimenta, camarão seco, vatapá, cururu ou salada que são pratos típicos da culinária da Bahia, que é o local que mais aderiu o acarajé dos estados brasileiros.

Embora seja um prato a cara do Brasil, nem todo mundo tem a oportunidade de comer acarajé. Certas regiões do Brasil carecem da oferta deste prato em seus estabelecimentos comerciais, e então há uma grande variedade de locais que pode ser implantada a comercialização de acarajé.

Na Bahia é comum que as baianas vendam caracterizadas os acarajés pelas ruas, sendo legalizadas pelas prefeituras e pelo Estado, reconhecidas como parte da cultura do local.

Para a Produção e Comercialização do acarajé, o empreendedor deve ter um local para vender a especialidade, livre de concorrência e com bom preço e qualidade. Além disso, temos uma série de detalhes que podem ser estudados para contribuir com o sucesso da Produção e Comercialização de acarajés. Veja um pouco mais sobre isso nos tópicos a seguir.

Acarajé – Produção e Comercialização – Receita

Para fazer o acarajé, é preciso que haja um pessoal especializado e saiba combinar os ingredientes de forma certa respeitando os limites de tempo de preparo e fritura. Com a receita, fica bem mais fácil produzir o acarajé. Mas mesmo assim bons cozinheiros devem ser contratados, de preferência com experiência no preparo deste tipo de prato.

Acarajé – Produção e Comercialização – Ingredientes

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Os ingredientes utilizados para a produção de acarajé são: 500g de feijão fradinho cru, 500g de cebola, sal a gosto, 1 cebola pequena com casca, 500 ml de óleo, 500 ml de azeite de dendê, 2 xícaras de chá de vatapá e 150 g de camarão seco.

É necessário que os ingredientes estejam frescos para contribuir com o resultado no gosto do prato final. Para isso, o empreendedor deve ter parcerias com distribuidores de camarão principalmente, e conseguir bons preços com descontos na compra dos outros ingredientes.

Acarajé – Produção e Comercialização – Modo de Preparo

Para preparar o acarajé, cada passo a seguir deve ser feito cuidadosamente, respeitando o bom senso e os limites de tempo.

Primeiro, coloque os feijões inteiros num processador de alimentos. O ideal é bater por alguns segundos para quebrar os grãos, com cuidado para não esmigalhá-los. Agora, os feijões devem ser cobertos totalmente por água, sendo o ideal um recipiente limpo e transparente. Deixe de molho por no mínimo 12 horas. Se for deixar muito pouco tempo, o feijão não ficará ideal para um prato perfeito. Por isso, todos os dias deve-se pensar em deixar os feijões de molho para o dia posterior.

Agite os feijões com uma colher e retire todas as caixas que se desprendem deles. Isso pode ser feito facilmente com uma peneirinha, e é muito comum que a prática torne estes procedimentos simples o mais rápido possível, deixando a produção mais rápida e menos trabalhosa. Depois de retirar as cascas, o ideal é lavar os feijões sob água corrente terminando de retirar o que resta das casas, retirando o máximo possível.

Retire o máximo possível, reserve, descasque as cebolas, corte em pedaços, reserve e coloque os feijões e cebolas em um processador. Para obter a pasta, deve-se bater por 3 minutos, e sua consistência ideal é lisa e uniforme. Qualquer alteração nesta parte determina algum erro no preparo, e deve ser corrigida.

Toda a pasta do processador deve ser retirada do processador, transferida a uma panela grande e funda. Agora, utiliza-se uma colher de pau para bater a massa do acarajé até que a massa ganhe três vezes o volume da mistura inicial. Pode ser um pouco demorado este processo, mas é muito importante para a fermentação, que é parte da produção do acarajé deixando a massa e gosto com aspecto e gosto muito específicos.

Numa panela média, a mistura de óleo, azeite de dendê e cebola com casca deve ser levada ao fogo para aquecimento. Agora chega a parte manual, que consiste na modelação dos acarajés.

Acarajé – Produção e Comercialização – Modelação dos acarajés

Para modelar os acarajés, deve-se encher uma colher com massa, passar de uma colher para outra até que o material fique em formato de bolinho. Estes bolinhos no óleo devem ficar por 3 minutos de um lado, tendo em vista a mudança de lado para que fiquem fritos e dourados dos dois lados. A temperatura do óleo deve ser ajustada para não comprometer a modelação dos acarajés. Estes podem abrir e jogar seu conteúdo dentro do óleo.

Dicas de Acarajé – Produção        

Na produção de acarajés, o ideal é abaixar o fogo para que o óleo não queime. Esta parte é muito importante, pois trata-se da estética da especialidade. Qualquer tipo de comida quando em aspecto não favorável leva ao consumidor a quebra de expectativa, podendo sair do estabelecimento alegando que a “cara do acarajé” não estava boa. Então, todos os passos devem ser seguidos exatamente como foram citados, fazendo apenas as adaptações necessárias para incrementar o prato.

Acarajé – Produção e Comercialização – Como servir?

Para servir o acarajé, é necessário retirar os bolinhos do óleo colocando sobre papel absorvente para tirar o excesso. Depois, pode-se recheá-los com vatapá por exemplo. O camarão seco deve ser colocado dentro do acarajé e fechado. Com apenas estes passos o acarajé já está pronto para ser servido. As pessoas podem temperar o acarajé da maneira que desejarem. Por isso os molhos e principalmente a pimenta devem estar disponíveis.

Localização: Acarajé – Produção e Comercialização

A localização da comercialização de acarajé pode ser uma loja de salgados que tenha a especialidade como uma de suas opções no cardápio. Além disso, a vendedora pode se vestir de baiana e fazer um comércio ambulante, regulamentado pela cidade e com o pagamento de impostos. Para isso, é necessário que o empreendedor entre em contato com os órgãos responsáveis pela abertura de novos negócios na cidade, aproveitando ainda para saber se a localização escolhida pode ser realmente a sede de um comércio de acarajés.

Acarajé – Produção e Comercialização – Perfil do Empreendedor

O empreendedor deve procurar novos métodos de conseguir mais clientes, divulgar seus negócios, apurar a quantidade de acompanhamentos e promover sua venda junto aos acarajés. Bebidas e outros produtos também podem ser vendidos no mesmo local da comercialização de acarajés, no sentido de complementar os lucros do comércio de acarajés.

O empreendedor de Acarajé – Produção e Comercialização deve ter conhecimento sobre o público-alvo de seu estabelecimento, formulando métodos que atraiam o público consumidor. Isso pode ser feito a partir de pesquisas com a população local, identificando suas preferências.

Acarajé – Produção e Comercialização – Vigilância Sanitária

A Vigilância Sanitária é o órgão responsável pela fiscalização dos estabelecimentos que vendem comida no sentido de garantirem a boa procedência dos alimentos, datas de validade, preparos adequados, condições de higiene de armazenamento de alimentos, condições de higiene por parte dos funcionários e outros aspectos. É comum encontrarem irregularidades nos estabelecimentos, e o empreendedor de comercialização e produção de acarajés deve trabalhar para ficar dentro das normas e conseguir a licença para continuar com seus serviços.

3.00 avg. rating (66% score) - 2 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA