Como Ser Freelancer

Como Ser Freelancer
Como Ser Freelancer

É cada vez mais comum que as pessoas deixem os seus trabalhos em formato tradicional e partam para uma forma de atuação bem mais autônoma, como freelancer. Sem vínculo empregatício, é possível ganhar bem mais com uma produção igual ou menor e a este formato de trabalho se dá o nome de freelancer. Este formato de trabalho vem ganhando mais destaque e visibilidade, porque para algumas pessoas é bem mais lucrativo que trabalhar com um vínculo empregatício.

Um freelancer é um profissional sem carteira assinada que atua sozinho. Ele trabalha por produção, recebendo por quantidade ou por dia de trabalho. Um bom exemplo é o fotógrafo que, sem vínculo com qualquer empresa, recebe por evento. Ele pode ser uma pessoa jurídica ou não, ter nota fiscal ou não, não vai importar ou diferenciar em sua designação como freelancer.

Quando ser freelancer?

Ser freelancer traz vantagens e desvantagens. A desvantagem é a bem óbvia: não existe um salário mensal fixo e nem os benefícios que uma carteira de trabalho trazem juntos. O vínculo com a empresa traz algumas vantagens como férias remuneradas, um 13º salário, folgas pagas, em alguns casos, plano de saúde, vale transporte e refeição. Infelizmente, um freelancer não tem tudo isso e pode não ser tão vantajoso se não souber ter as suas economias em dia.

Você deve optar em ser freelancer apenas quando a sua renda média puder pagar todos os gastos acima e for bem superior a um salário fixo. Para algumas profissões, este formato é bem interessante como fotógrafos, editores de textos, escritores, desenhistas, arquitetos, decoradores de ambiente, design de produto, web designer, entre outros.

Citemos como exemplo um web designer que recebe por tipo de projeto. Com um vínculo em uma empresa, ele receberá mensalmente o mesmo salário e com a desvantagem de estar apenas em um projeto, sem ganhar portfólio com isso. Já como freelancer, ele pode atuar em vários projetos simultaneamente, recebendo um valor por cada um e quadruplicar a sua renda. O mesmo vale para um fotógrafo, recebendo por evento um valor que poderia ser apenas um salário mensal.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O freelancer deve apenas ter cuidado na sua escolha antes de largar o certo pelo duvidoso. Jamais deixe uma empresa se não tiver certeza de receber ao menos uma quantia igual. Na dúvida, tente conciliar seu tempo livre com uma outra atividade e vá dosando até se firmar em seu mercado autônomo e poder seguir sua carreira sozinho, ganhando dinheiro.

Desvantagens de ser um freelancer

Já enumeramos acima algumas desvantagens de ser um freelancer, mas há algumas mais que devem ser levadas em consideração. Uma delas é quanto às folgas remuneradas. No começo das atividades sem um chefe, todos se animam a trabalhar quando quiser. Porém, quanto menos você produzir, menos você ganhará.

Outra questão a ser levada em consideração é quanto a horários. Ter disciplina é importante, pois sem ter um chefe e trabalhando por produção, é preciso ter bastante organização e isso só é conseguido com horários. O maior problema dos freelancers é quanto ao prazo de entrega, pois com tamanha liberdade de tempo, fica bem complicado seguir um plano de trabalho.

Outra desvantagem é quanto ao auxílio-doença. Infelizmente, se você trabalha por produção e por uma eventualidade ficar doente, não irá receber pelos dias não trabalhados e ainda vai atrasar o trabalho. Já com uma empresa isso não irá acontecer e esta situação deve ser levada em questão. Principalmente porque não há um plano empresarial, você tem que pagar o seu plano de saúde sozinho e é mais um gasto no orçamento.

Vantagens de ser um freelancer

Apesar das desvantagens, é bem animador ser um freelancer. Você terá uma renda maior e pode tirar quantos dias de folga quiser. Se o trabalho está em dia e não tem o que fazer, tire uma tarde para você e aproveite para ir ao cinema, descansar ou simplesmente dormir. Se quiser ganhar mais e estiver com mais tempo livre, é só começar a produzir ainda mais.

Outra vantagem é quanto às férias. Por mais que se programe, é o calendário da empresa que vai dizer quando você vai tirar férias e geralmente não é igual a do seu companheiro (a). Fazendo freelas você pode simplesmente dar uma pausa na produção e ir viajar ou trabalhar fora da sua cidade se sua função depender apenas de um computador. É bom ou não é?

Cuidados ao ser um freelancer

O maior cuidado que tais profissionais sem vínculo empregatício devem ter é quanto ao pagamento. Como ter certeza que seu esforço vai ser pago? Por isso, todo cuidado é pouco e é importante elaborar um contrato com a orientação de um advogado. Leia com atenção cada linha, avalie se é mesmo vantagem para você e certifique-se de cobrar multa caso não seja pago. Assim, você pode entrar com uma ação, caso tenha entregado o serviço e não tenha recebido o dinheiro. O contrato pode ser em formato simples, mas peça ajuda a um advogado para elaborar o documento e assim não ter erros.

Outro ponto importante é quanto a sua profissionalização. Que tal ser um profissional autônomo? Você pode ter o seu próprio CNPJ como autônomo, sem sociedade e assim adquirir material profissional com preços mais em conta. É também uma forma de obter empréstimos em banco, já que não há um vínculo empregatício e um salário fixo, bem como abrir contas bancárias e obter crédito em cartão de crédito.

O que acha de se tornar um freelancer? Conte para a gente!

4.14 avg. rating (82% score) - 7 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

6 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA