Franquia Cereja

Franquia de Acessórios Femininos

Franquia Cereja

Milton Moreira Gonçalves deixa seu depoimento sobre a Franquia Cereja

Conte um pouco sobre a sua trajetória com a empresa:

“”Éramos fornecedores de serviço de identidade visual e frequentávamos as lojas da rede onde vimos que era um mercado promissor e pudemos ver de perto a seriedade no negócio. Conversamos com o Anderson sobre a intenção de abrir uma loja na cidade de Mauá e abrimos nossa unidade no principal shopping da cidade””.

Qual conselho você daria para quem deseja abrir uma franquia?

“”É um ramo de negócio muito seguro e verificar se o ramo que deseja entrar está em expansão. O know-how da rede também é muito importante, além claro de levar em consideração o prazo retorno do investimento e as vantagens financeiras no custo do produto””.

Em uma escala de zero a dez, qual seria o seu nível de satisfação?

“”Satisfação total, 10″”.

Milton Moreira Gonçalves

Mauá – SP

Franqueado Cereja

 

O Negócio / Conceito Franquia Cereja

Diante do seu histórico de sucesso a Cereja Franchising se sente confiante em oferecer a investidores e empreendedores uma oportunidade de expansão no Brasil de sua marca, dentro de padrões rigorosamente implantados e controlados, ou seja, uma receita de sucesso a ser compartilhada com homens e mulheres de visão e coragem.

História da Franquia Cereja

A história da Cereja Jóias Franchising começou bem antes da sua abertura. O proprietário da marca, Anderson Pereira Silva, trabalhou nas lojas do pai durante vários anos, cuidando desde o atendimento aos clientes até a negociação das compras. A experiência e o conhecimento adquiridos foram fundamentais para a criação de uma rede própria, focada na revenda de joias em prata e ouro, voltadas para as classes B e C.

A primeira loja da marca foi aberta no Shopping Tatuapé em São Paulo no ano de 2005, tendo levado 75 dias para montagem e inauguração. O destaque sempre foi o resultado, já que a loja atingiu o seu ponto de equilíbrio no primeiro mês de operação. Nessa situação, a própria loja gerava receitas suficientes para cobrir todo o seu custo.

Em 2006 houve adaptação da linha de produtos à demanda dos clientes e, associado à promoção de uma funcionária de destaque para a função de gerente, proporcionou no ano de 2007 um crescimento mensal das vendas na ordem de 40%, quando comparado a 2005 e 2006. Esta evolução permitiu a adequação da remuneração dos vendedores ocasionando redução de turnover (troca de pessoal).

Em 2008 o mundo viveu uma crise econômica e isto afetou as vendas da Cereja Jóias, tendo reduzido em 3% em relação a 2007. A empresa adaptou seu quadro de pessoal para manter a lucratividade sem perder em qualidade. Como diz o ditado, `Afiou-se os Machados` ou seja, na crise, quem se ajusta e se prepara adequadamente, ganha na retomada do crescimento.

Em 2009 com a retomada gradual do crescimento econômico no Brasil a Cereja Jóias iniciou operações com nova loja no Shopping Diadema. Neste mesmo ano a Loja Metrô Tatuapé atingiu crescimento de 84% nas vendas em relação ao ano anterior.

Em 2010 a loja do Shopping Diadema atingiu seu ponto de equilíbrio financeiro (2º. Semestre de operação) com crescimento nas vendas de 63% em relação ao 1º. Semestre de sua inauguração. Ainda em 2010, demonstrando arrojo, preparo e senso de oportunidade é aberta a 3º. loja da rede, localizada no Shopping Aricanduva, considerado o maior shopping da América Latina. Essa nova loja atingiu o ponto de equilíbrio no primeiro mês e lucro a partir do segundo mês. Neste mesmo ano a loja do Shopping Tatuapé cresceu suas vendas em 16% em relação ao ano anterior.

Em 2011 com as medidas de estímulo econômico do governo do Brasil, o público alvo da Cereja Jóias foi às compras e impulsionou um crescimento consolidado das vendas das três lojas em aproximadamente 51% em em relação ao ano anterior. Com isto, o empreendedor Anderson P. Silva sentiu que precisava expandir o seu canal de vendas, surgindo então a ideia de franquear o seu negócio.

No segundo semestre de 2012 foi feita uma parceria de implantação e gestão da rede de franquias com a empresa IBS Consulting & Business Audit, cujos diretores são oriundos de grandes empresas de auditoria e consultoria em nível mundial. Foi então elaborado o plano de negócios para expansão organizada, resultando na criação em 2013 da empresa focada na gestão e expansão da rede de franquias, a Cereja Franchising, já registrada na ABF – Associação Brasileira de Franchising.

Suporte da Franquia Cereja

  • Apoio para financiamento
  • Escolha do equipamento
  • Material promocional
  • Orientação sobre método
  • Projeto arquitetônico
  • Projeto de operação
  • Projeto financeiro
  • Projeto mercadológico
  • Projeto organizacional
  • Propaganda e publicidade
  • Seleção de ponto
  • Treinamento

Investimento Para Montar Uma Franquia Cereja

  • Oferece: Acessórios Femininos
  • Faturamento Médio: 91 a 100 mil
  • Lucro Mensal: 20000
  • Tempo de Retorno: 1 a 2 anos
  • Taxa de Publicidade: 3% sobre o faturamento bruto
  • Royalties: 28% sobre as compras
  • Taxa de Propaganda: 3% sobre o faturamento bruto

  • Segmento: Bijuteria/Joias e Óculos
  • Ano de Fundação: 2005
  • Início da Franquia: 2012
  • Área Mínima: 33 m2
  • Funcionários: 3
  • Unidades Próprias: 3
  • Unidades Franqueadas: 5

Taxa de Franquia
R$ 60000.00
+ Instalação
198000
+ Capital de Giro
R$ 32000.00
Investimento Total:
290000

 

Contato da Franquia Cereja

Anderson Pereira Silva
Telefone: (12) 3942-2620
Endereço: Largo da Misericórdia, nº23, Sala 415 a 418 – 4º andar, Centro
Cidade: São Paulo – SP
Site: http://www.joiascereja.com.br

Porque Escolher a Cereja?


A Cereja Joias hoje é umas das poucas franquias que tem baixo investimento e alta lucratividade com um ticket médio alto. Um dos ideias da rede é formar uma parceria com o franqueado, é uma relação de troca, como comunicação permanente, regras e procedimentos com papéis claros e definidos. Além disso, temos conhecimento do mercado de varejo e experiência no ramo joalheiro. Nosso produto não é sazonal, o que trás ainda mais segurança para o franqueado. Temos uma linha de produtos inovadores e, por sermos fabricantes, conseguimos produzir e vender joias customizadas, atendendo ainda mais a expectativa dos nossos clientes. Tudo isso atrelado ao total apoio ao franqueado. A Cereja Joias está há quase 10 anos no mercado e a cada dia mais fortificada”.

Franquia Cereja – Acessórios Femininos


Com sete anos de mercado, porém com know how de 15 anos dos sócios no segmento de comercialização de joias, a Cereja alcançou e manteve excelentes resultados. Com isso, o crescimento é certo. Para montar uma loja da rede saõ necessários R$ 290.000,00. O faturamento médio mensal de cada unidade é de cerca de R$ 100.000,00.

Gostou da Cereja? Comente.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here