A Importância do Fluxo de Caixa

Fluxo de CaixaCom o aumento da competitividade os recursos empresariais têm que possuir uma maior eficiência, até porque as empresas têm o compromisso de oferecer para o mercado produtos ou serviços de qualidade, com custos e preços cada vez menores. Neste âmbito não há nas empresas espaço para a falta de profissionalismo. Por isso te mostraremos aqui tudo que você precisa saber sobre a importância do fluxo de caixa para a sua empresa, veja a seguir!

A Importância do Controle do Caixa na Pequena Empresa

As empresas precisam exercer uma gestão mais organizada, coordenada e integrada com o uso de ferramentas para análise e tomada de decisões. Quanto a finanças a preocupação é maior, pois a empresa tem a necessidade de contar com uma ferramenta que dê subsídios para que sejam identificados necessidades de capital e equilíbrio financeiro.

Para isso, um dos instrumentos mais eficazes para a gestão empresarial é o fluxo de Caixa. Para entendermos o Fluxo de Caixa e sua importância iremos conceituar  sistema de gestão, controle de gestão e planejamento.

Um sistema de gestão consiste em um conjunto de instrumentos e ferramentas que são úteis para a eficiência e eficácia da gestão empresarial e ainda tem o compromisso de ajustar e revisar o andamento da gestão empresarial para o crescimento constante.

O Planejamento consiste numa ferramenta essencial para o desenvolvimento saudável da organização, pois quando a organização planeja consegue vislumbrar o futuro e trabalhar os pontos fracos até que sejam atingidos os objetivos.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

O planejamento é estritamente útil no atual ambiente tão intenso, dinâmico em um ambiente competitivo. O interessante é que quando se planeja é possível olhar para o futuro e assim construir uma gestão eficiente e corrigir os erros do passado.

O Controle de Gestão

O controle de gestão consiste em uma ferramenta que é essencial para o desenvolvimento, análise, o que permite tomada de gestão para objetivos atingidos.

É necessário controle para que seja possível a identificação dos pontos fracos da organização, comparar indicadores e ainda vislumbrar oportunidades.

O controle é um instrumento importante na gestão, sendo que o controle pode ser utilizado com o auxílio de ferramentas de gestão, ferramentas da Qualidade e Ferramentas financeiras como o controle e fluxo de caixa.

Um controle de gestão é, portanto, um conjunto de controle para variáveis internas e externas a organização e que influenciam os resultados empresariais, neste processo é importante o planejamento e a definição de objetivos e metas para os departamentos e unidades de negócios.

É importante ressaltar, porém que para existir controle é necessário que exista planejamento de metas, resultados e objetivos.

Por isso, são necessários instrumentos de controle para o controle operacional, tático e estratégico, com o levantamento necessário de informações.

Sistemas de Informação Nas Pequenas Empresas

Para manter um controle eficaz na gestão como um todo, como também na gestão financeira, é necessário o bom uso dos Sistemas de Informação que dê para os gestores um respaldo sobre a situação da empresa e condições para o planejamento e ainda a aprendizagem contínua da empresa como um todo.

Não tem como falar sobre controle em finanças sem mencionar sistemas de informações, isso porque atualmente o controle e informação na área de finanças está diretamente relacionada ás informações e sistemas de informações nos quais a empresa utiliza.

O Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é um essencial instrumento de gestão financeira para o acompanhamento dos resultados, gestão dos recursos, planejamento da alocação de recursos, o que auxilia na interpretação e gestão de dados financeiros, como também a criação de cenários e planejamento, identificando as áreas em que a empresa é mais rentável e áreas que necessitam de atenção.

Para entender o funcionamento de um Fluxo de Caixa é necessário entender o Sistema de Fluxo de Caixa. Um Sistema de Fluxo de Caixa consiste na entrada de recursos com: vendas à vista, capital próprio, capital de terceiros e outros. E ainda a saída de recursos com investimentos, amortizações e pagamentos; e ainda investimentos operacionais. Informações que darão respaldo sobre como a empresa irá empreender no mercado.

Se considerarmos as variações financeiras e seu dinamismo e por isso, o risco financeiro que incorre para as organizações; o fluxo de caixa é importante para aferição de compromissos assumidos e o restante para a disponibilidade de investimentos.

A Demonstração do Fluxo de Caixa

A Demonstração de Fluxo de Caixa é um tipo de controle que não é considerado pela legislação contábil e fiscal brasileira como um documento, a sua importância reside mais na gestão e administração de recursos, para verificação de fatores importantes como:

Liquidez – A liquidez é um conceito bem simples, pois consiste na capacidade que a empresa possui de pagar seus compromissos e ainda para atividades que mantém o negócio lucrativo.

Demonstração de Operações Financeiras – esta é outra função essencial do fluxo de caixa, pois consiste em melhorar a análise de recursos financeiros que a empresa dispõe para melhores decisões.

Origem e Aplicação de Recursos – outra função do fluxo de caixa é sua utilidade para origem e aplicação de recursos, considerando o regime de caixa.

O regime de caixa consiste em todo movimento de dinheiro que passou pelo caixa em determinado período. Mas todos esses fatores são importantes para que os empresários avaliem e controlem o fluxo financeiro. Esta avaliação será imprescindível para avaliar se houve excesso de caixa que é prejudicial para a empresa ou falta de recursos para liquidação dos compromissos; todos essas características que são fruto da falta de planejamento.

Sendo que o planejamento financeiro dará para o empreendedor uma ideia do que quanto de montante a empresa tem a disposição para sanar suas dividas e ainda investir em novos empreendimentos ou a realização de aplicações financeiras. Para isso, os empresários devem avaliar as fontes de recursos e sua aplicação com gráficos como este:

Ingressos Internos ou Externos

Desembolso: Duplicatas a receber, vendas a vista, com saídas regulares,  vendas a prazo periódicas ou irregulares

Caixa: Compras de estoques, Depreciações, Ativo imobilizado, Compra de ativo permanente

Componentes do Fluxo de Caixa

Com o gráfico acima os empresários têm uma ideia de todos os componentes do fluxo de caixa e sua importância para a saúde financeira da empresa, sendo que os componentes do fluxo de caixa são:

Fluxo Operacional – são entradas e saídas de recursos ligados a atividades operacionais.

As atividades operacionais da empresa compreendem as atividades que mantêm a finalidade da empresa, como: vendas, atendimento, produção e etc. Entre as despesas operacionais principais estão: O pagamento de fornecedores; salários, encargos sociais e outros.

Fluxo de Investimentos – o fluxo de investimentos compreende os ativos permanentes da empresa com fluxo de acionistas, decisões de capitalização e ainda decisões para distribuição do lucro.

Fluxo Financeiro – o fluxo compreende a análise da falta ou equilíbrio de recursos para investimentos, captação de recursos ou ainda lidar com a insuficiência de recursos.

Entre as principais atividades do fluxo financeiro estão: a captação de  recursos dos acionistas, rendimentos de dividendos, captação de empréstimos e outros.

A Importância do Fluxo de Caixa

A Importância do Fluxo de Caixa é de cunho bem prático, isso porque a principal função do fluxo de caixa é a projeção financeira para determinado período que pode ser uma quinzena, um mês, um bimestre. Facilita a gestão de pagamentos, recebimentos; dando ao empresário a possibilidade de tomar decisões de forma assertiva e em curto prazo. E ainda a possibilidade da empresa se organizar financeiramente para não zerar o caixa, honrar com seus compromissos e o suprimento de eventuais necessidades.

Outra função importante do fluxo de caixa é quanto ao planejamento financeiro, isso porque por meio do fluxo de caixa o administrador poderá avaliar a necessidade de captar recursos, possíveis empréstimos ou operações que possam ser rentáveis para a empresa. Ou ainda investimentos no mercado financeiro ou em itens do ativo permanente.

Com isso, a importância do fluxo de caixa reside também na determinação de metas e objetivos que possam ser estabelecidas de forma racional e consistente de acordo com as informações colhidas.

E por fim, uma das principais funções do fluxo de caixa é evitar o desembolso de grandes montantes de capital em determinado período e a falta de recursos para obrigações, o que possibilitará que futuramente as empresas se planejem de forma mais acertada sobre prazos de pagamento em equilíbrio com prazos de recebimentos de clientes.

Já Sabe a Importância do Fluxo de Caixa Para a Sua Empresa? Que Tal Colocar em Prática?

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA