Como Vender Roupas Importadas e Ganhar Dinheiro

Como Vender Roupas Importadas e Ganhar Dinheiro
Como Vender Roupas Importadas e Ganhar Dinheiro

Vender roupas importadas é uma ótima forma para ganhar dinheiro, seja uma profissão ou renda extra. Quer aprender como fazer isso? Aproveite sua chance!

Uma das categorias de produtos mais adquiridas no Brasil é as roupas, isso é fato! Quem não compra pelo menos 1 peça de roupa no mês? Tudo bem, existem exceções, mas a maioria compra. Seja roupas íntimas, meias, calças, camisetas, roupas sociais, enfim, alguma peça de roupa estamos sempre comprando.

Uma boa forma de se trabalhar com roupas importadas é comprando roupas para revender. Assim, você recebe na “diferença” entre o valor principal e o valor final (com sua porcentagem).

Quer entrar nesse ramo de negócio e vender roupas importadas? Vamos ensinar exatamente como fazer, não perca!

Vender roupas importadas em loja física ou virtual?

Antes mesmo de comprar roupas importadas surge a questão de qual é a melhor forma de comercializá-las, através de uma loja virtual ou um ponto físico na sua cidade?

Essa questão é um tanto complexa, até mesmo porque dependerá muito do seu planejamento. Não podemos deixar de frisar que essa “história” de que na internet é mais fácil, vende mais e permite o lucro é melhor, não impera na realidade, pelo contrário, o lucro na venda online é ainda menor.

Então, acredito que a melhor forma de se decidir é através da observação das vantagens e desvantagens de cada modalidade. Friso, não é questão de ser ‘melhor ou pior’, e sim de qual se adapta melhor ao seu perfil de empreendedor.

Aprenda a importar roupas de marcas famosas

Loja virtual:

Com uma loja virtual, o seu custo será muito menor, isso porque não é preciso pagar um alto aluguel, funcionários para atender os clientes, manter uma estrutura de refrigeração (ar condicionado), entre outros fatores que encarecem todos os negócios.

700 Ideias de Negócios

Claro, você terá alguns custos na loja virtual que não tem na física, como é o caso do pagamento de hospedagem do site, manutenção e domínio, mas estes nem se comparam com o valor de um aluguel no centro da sua cidade.

Também, lembramos que você pode trabalhar em casa mesmo, podendo coincidir a sua profissão com “afazeres domésticos”, costuma ser ótimo para quem tem filhos pequenos.

O ambiente virtual é muito mais amplo do que a sua cidade, consequentemente, o nível de clientes que podem ser atingidos é maior.

Como nem tudo são rosas, também existem desvantagens nas lojas virtuais.

A concorrência na venda de roupas importadas está muito alta, com lojas de grande porte. Veja, lojas físicas de grande porte passaram a utilizar a internet para vender suas mercadorias, criando uma concorrência quase imbatível.

Aprenda a Importar Roupas, Sapatos e Perfumes:

Veja como Pessoas Comuns estão fazendo para importar produtos de marcas famosas para REVENDER com até 300% de lucro. Clique aqui para aprender agora [em vídeo]


O preço das roupas importadas na internet é mais barata do que em uma loja física, com isso, você receberá menos de percentual de ganho, sendo obrigada a vender mais e melhor. Isso acontece porque é muito fácil comparar preços entre lojas, sem contar que as promoções na internet são bem mais frequentes.

Loja física:

Se você leu a parte acima, não é difícil de descobrir que a desvantagem máxima da loja física é o custo para mantê-la (aluguel, luz, água, funcionários e etc), porém, existem formas de ter uma loja física tendo poucos físicos, como é o caso de manter uma peça na sua própria casa, de frente para a rua, decorando a vitrine.

É comum pensarmos em vender roupas importadas para pessoas com alto padrão aquisitivo, mas, hoje em dia, a classe média e até a classe C já estão entrando nesse mercado de consumo.

Assim, você pode “espalhar” a novidade dizendo que os preços das roupas importadas na sua loja são mais baratas porque o custo fixo é mais baixo.

Como vantagem da loja física é que é mais fácil fidelizar o cliente, já que o contato é mais direto e permanente, ao contrário das compras online.


O preço também é um pouco mais alto, ou seja, a margem de lucro (percentual) colocado em cima. É possível fazer isso porque as lojas regionais costumam trabalhar com preços mais altos, ainda mais nas roupas importadas, sendo que, a pessoa que está interessada em comprar na sua loja, terá de fazer muito esforço para encontrar preços melhores que o seu, talvez procurar na região inteira e, provavelmente, não quer comprar pela internet, senão já tinha comprado.

Como escolher as marcas de roupas importadas

Quando você for importar ou comprar roupas importadas, terá de escolher quais marcas desejará trabalhar. Isso é importante, porque depois de conhecer as marcas, saberá quais são as de melhor qualidade e que tem maior saída comercial.

Quem sabe um dia você mesmo não cria sua marca? O que achou da ideia?

Você pode trabalhar de duas formas: roupas importadas de grife ou roupas importadas baratas de qualidade mas não de grife.

Existem muitas roupas importadas com preços excelentes para revender em seu negócio, sem ser de marcas de grife, mas, por incrível que pareça, o percentual de ganho (lucro) costuma ser menor do que quando se investe em marcas de grife, já que o valor que os consumidores aceitam pagar é menor.

Agora, se o foco principal do seu negócio sejam roupas importadas de grife, aconselhamos buscar por marcas como Colcci, Lacoste, Ralph Lauren, Hollister, Calvin Klein, Abercrombie e Tommy Hilfiger. Essas são apenas algumas das principais grifes, mas com certeza poderá facilmente encontrar outras.

Ainda, você pode se especializar em um determinado segmento de roupas, como é o caso de montar uma loja de roupas femininas.

Estilos de roupas par ao seu público

Quando se trata de vender roupas importadas, a marca e o preço não são os únicos balizadores, pelo contrário, o estilo é tão importante quanto.

Uma pessoa que possui determinado estilo, ela não irá utilizar uma roupa que não condiz com ele, não importa a marca de grife que seja, então, tome cuidado, averigue bem o seu público alvo, quais são os estilos que eles possuem?

Para facilitar o “acerto” dos estilos, uma boa dica é comprar um pouco de cada estilo, pelo menos os que mais saem, assim, após os primeiros meses você já saberá o tipo de público alvo que você possui.

Se quiser, pode ainda fazer uma pesquisa de mercado para ver os gostos das pessoas na sua cidade e região, costuma trazer bons resultados na venda.

Onde comprar as roupas importadas?

Você tem duas formas de comprar roupas importadas, através de ‘importação’ de outros países (normalmente pela internet) ou diretamente em fornecedores, que pode ser pela internet ou de forma física.

Particularmente, acho que a importação é a melhor forma de conseguir roupas importadas por um bom preço e, ainda melhor, de 1ª linha (originais), ao contrário do que se encontra em grandes centros como São Paulo (rua 25 de março).

Claro, existem também produtos falsificados na importação, mas ai é questão de saber comprar, e os preços são bem mais em conta.

Também, não podemos deixar de frisar que os modelos e lançamentos de roupas que são encontrados no mercado exterior é mais “avançado” na grande maioria das vezes, assim, o que você estará vendendo na sua loja poderá nem ter chegado ainda no Brasil, tornando-se uma verdadeira “febre” e melhorando a publicidade da loja.

Assim, sugiro procurar por lojas no exterior para importar, mas, caso deseje comprar diretamente de fornecedores, faça uma lista de pelo menos 5 empresas diferentes para comparar preços, qualidade e marca. Um dos problemas de comprar diretamente de fornecedores é que normalmente não se tem muita opção de escolha de marcas e estilos, dificultando a boa compra.

Margem de lucros nas roupas importadas

A margem de lucros pode sempre variar, até porque o percentual de ganho é você que irá alocar, porém, sugere-se um percentual de 60% a 100%, dependendo da peça de roupa. Essa é a média que as lojas costumam colocar, podendo chegar em até 120% em alguns casos.

A dica é tentar manter uma margem de lucro que não onere tanto o cliente, porque se ele perceber que seus preços estão muito “fora da realidade” quando comparados às lojas concorrentes, você poderá rapidamente ter sua loja esvaziada com boatos.

Por isso, sempre sugiro aprender como administrar uma pequena empresa, seja seu negócio físico ou online.

Marketing e propaganda é tudo

A sua empresa precisa ‘aparecer’, precisa ser conhecida na sua cidade ou no meio virtual (se for o caso). Não abra mal de ter uma inauguração, colocar anúncios em jornais, rádio e até mesmo de entregar panfletos com promoções de roupas importadas que você for fazer.

Muitas vezes vale a pena vender as roupas com o preço de custo para chamar as pessoas para sua loja, promoções de verdade e não fictícias, isso faz com que elas passem a comprar da sua loja, sem contar que irão adquirir outros produtos e, consequentemente, dar lucro para você.

Veja mais sobre como fazer seu negócio dar lucro.

Caso seu negócio seja virtual, você precisará focar em outras técnicas, como é o caso do SEO (search engine optimization), campanhas em redes sociais, marketing de conteúdo, compra de palavras chaves no Google Adwords, trocar links e até mesmo deixar informações em FÓRUNS e comunidades.

É interessante fazer um curso sobre publicidade na internet, costuma elevar significativamente a quantidade de visitas de novos clientes e a conversão em compras.

Decidiu se quer vender roupas importadas?

2.25 avg. rating (51% score) - 4 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here