Preço justo: você tem?

O que é um preço justo? Essa é uma dúvida que assola muitos empreendedores por aí. Logicamente todo mundo quer ter lucro e calcula uma margem para isso mas, sobre esse assunto, quem dá as cartas é o consumidor. De nada vai adiantar você querer um lucro X se o mercado não vai pagar o preço que você deseja.

Segundo Sylvio Korytowski, diretor de expansão de franquia da HOPE Lingerie, na hora de precificar o produto ou serviço, o empreendedor se perde. “A precificação tem que ter sua ordem invertida. O empreendedor precisa achar a cadeia de valor de cima para baixo”, diz.

Mas o que isso quer dizer? Os empreendedores precisam estar atentos pois o preço é balizado pela percepção de valor e não pelo produto em si. “Preço justo é aquele que o consumidor paga pelo produto”, ratifica Korytowski.

A saída está em controlar os custos fixos e variáveis, tentando diminuí-los ao máximo. Dessa forma, sua estrutura de formação de preços estará mais próxima do que querem os consumidores. Quer algumas dicas? Veja:

Enxugue a folha de pagamentos:

Estude a possibilidade de hora extra. Às vezes sai mais barato que contratar um novo funcionário, que representará um custo fixo e ainda gera um passivo trabalhista no longo prazo.

Terceirize:

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Por que não? Tudo aquilo que não for de competência da empresa pode ser terceirizado. Não faz sentido manter um funcionário full time para assuntos sem tanta demanda.

Comprar equipamentos de segunda mão:

Talvez alguns ativos custem até 70% menos que um novo e vale estudar a possibilidade. Pense se a sua empresa realmente precisa de um equipamento zero quilômetro.

Negocie prazos:

Como os prazos mandam em seu negócio e você deve estar bem atento a eles. Se os clientes fazem pagamentos a cada 30 dias, negocie o mesmo prazo com os seus fornecedores.

Não dispense as cotações:

Faça cotações de tudo aquilo que for adquirir, seja bem ou serviço. Qualquer economia é válida. Lembre que um pouquinho daqui, outro pouquinho dali, dão um montante razoável no final.

Use a tecnologia:

A Web 2.0 é um achado e pode ajudar muito uma empresa. Existem diversos sites e programas, muitas vezes gratuitos, que representam uma enorme economia na compra de licenças.

Melhor preço não é menor preço

Há quem entenda de forma errada. Afinal, melhor preço nem sempre quer dizer menor preço. “É importante salientar que nem sempre o mais barato oferece o melhor custo benefício, com produtos de qualidade. A venda do produto não é só a entrega, mas sim, a experiência, o serviço, a solução”, pondera Gustavo Freitas, diretor de expansão do Mercadão dos Óculos.

Tratando-se de precificação, muitos dizem que os tributos são os grandes vilões de um cálculo confortável para empreendedores e clientes. Mas o diretor da Sigbol Fashion, Aluizio de Freitas, não concorda. “Os tributos são apenas uma variável na formação do preço de venda e devem ser tratados com tal, devido à alta carga tributária em nosso país, o empreendedor deve ficar atento à essa questão na hora de estabelecer seu preço”, orienta.

Para dar certo

Está perdido e não sabe se vai conseguir chegar ao preço justo no seu negócio? Veja as dicas de Aluizio de Freitas:

  • Conheça custos fixos, variáveis, impostos;
  • Estabeleça o lucro que deseja apurar sobre o investimento;
  • Conheça a margem de contribuição de seus produtos ou serviços;
  • Saiba sobre os preços praticados pelo mercado;
  • Descubra quanto seu cliente está disposto a pagar.
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA