Micros e Pequenas Empresas No Brasil

Micro e Pequena EmpresaPara abrir micros e pequenas empresas os empreendedores enfrentam diversos desafios: investimentos iniciais, ponto comercial, atender á demanda e ainda realizar gestão financeira, gestão de RH, inovação,vantagem competitiva e etc.

São vários os obstáculos que as micros e pequenas empresas devem vencer todos os dias para que consigam continuar atendendo o mercado, continuem de portas abertas e ainda cresçam.

Por isso, tantas empresas fecham as portas de forma precoce.

Contudo, essa realidade começa a mudar e as micros e pequenas empresas vivem um cenário mais positivo.

Dessa forma, o presente artigo aponta fatores que identificam porque a taxa de sobrevivência das empresas tem ultrapassado o prazo de dois anos e porque algumas empresas ainda enfrentam a amarga experiência de ter que fechar as portas.

Sobe taxa de sobrevivência das Micros e Pequenas Empresas

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Segundo pesquisas a taxa de sobrevivência das micros e pequenas empresas teve um aumento considerável, sendo que as pesquisas levantaram a diferença na taxa de sobrevivência nos anos de 2007 a 2009.

Com isso, a taxa de sobrevivência que era de 73,6% subiu para 75,6% em apenas dois anos.

O aumento na taxa de sobrevivência das micros e pequenas empresas se deve a diversos fatores dentre eles estão:

A legislação voltada para as MPES se tornou mais favorável em vários aspectos: menor burocracia com sistema mais simplificado, diminuição da carga tributária, apoio e incentivos governamentais para obtenção de crédito, apoio á aprendizagem e inovação, dentre outros.

Com o atendimento de todos esses aspectos o que ocorre é que as MPES se tornam mais competitivas, aumentando assim a possibilidade de atender ao mercado por mais tempo.

Outro aspecto que influencia diretamente sobre a taxa de sobrevivência das micros e pequenas empresas é o fato do aumento no nível de escolaridade e maior preparação intelectual e técnica.

Com uma preparação mais efetiva do empreendedor o que ocorre é que o empreendedor estará mais apto á enfrentar os desafios do mercado com maior capacidade de planejamento e gestão do negócio.

Motivos que fazem com que as micros e pequenas empresas encerrem suas atividades

Os motivos que fazem com que as micros e pequenas empresas fechem as portas estão relacionados diretamente com suas características, pois as características organizacionais são capazes de influenciar como as MPES se comportam de forma mercadológica, realizam negócios, encontram sinergia com o mercado, atendem as necessidades de clientes e consumidores, dentre outros.

Portanto, entre as principais características das micros e pequenas empresas estão:

Escolaridade e experiência anterior de sócios e proprietários.

Capacidade de planejamento e noção de qualidade.

Escala de operações e gestão de custos – a escala de operações consiste na divisão e organização de tarefas de forma que a divisão de atividades e a contratação de pessoal faz com que a micro e pequena empresa mantenha ou aumente a produtividade sem um aumento de custos.

Outra caracterização válida para a análise das micros e pequenas empresas sobreviventes ou não é o setor a qual pertence e porte.

Como as empresas do setor varejista abrem as portas em maior frequência e possuem um porte menor são micros e pequenas empresas que têm maior tendência em pertencerem ao pequeno porte e ainda serem empresas com maior número de concorrências.

Mas, independente do porte da empresa e do setor a que pertence nota-se que as MPES que encerram as atividades de forma precoce são empresas que possuem as características:

Pouca experiência e conhecimento de mercado.

A não realização de cursos.

Ter como motivação o fato de estar desempregado no momento em que abriu a empresa.

A participação em parcerias é também fator crítico de sucesso.

Participação em licitações públicas – sendo também um forte motivo para manter as operações empresariais.

Outro fator que faz com que as MPES encerrem suas atividades é a capacidade de planejamento.

Isso porque a cultura do planejamento não é uma característica muito comum no dia a dia das empresas, isso porque principalmente nas micros e pequenas empresas o excesso de atividades rotineiras não deixa espaço para atividades de planejamento como:

Monitoramento das etapas do negócio.

Antecipação de fatos e busca de informações.

Pesquisa sobre incentivos e apoio governamentais.

Os motivos que fazem com que as MPES fechem as portas não surgem do dia para noite e por isso, as empresas que encerram suas atividades não conseguirem solucionar e prever problemas como:

Falta de clientes.

Receita insuficiente e inadimplência.

Problemas de gestão.

Falta de capital.

Problemas com sócios e problemas particulares.

Desvantagem competitiva, dentre outros.

Alguns desses problemas estão relacionados a fatores internos como problemas de gestão, enquanto outros problemas estão diretamente ligados ás ameaças externas como:

Criminalidade local ou mesmo falta informação sobre apoio e incentivos externos.

Atitudes Empreendedoras

As atitudes empreendedoras são ações úteis apresentadas para que as micros e pequenas empresas consigam encontrar soluções para seus problemas e ainda expandir seus negócios.

Entre as atitudes empreendedoras mais simples, porém que apresentam resultados reais em curto e longo prazo está:

Planejamento dos vários itens críticos para as empresas.

Aperfeiçoamento de produtos ou serviços.

Acompanhamento de despesas e receitas.

Gestão da propaganda e publicidade.

Dicas de sobrevivência para as micros e pequenas empresas

Micros e Pequenas EmpresasApesar do aumento na taxa de sobrevivência ainda existem dificuldades encontradas pelas micros e pequenas empresas para manter a continuidade das atividades.

Por isso, é necessário que as MPES realizem a análise swot avaliando quais seus pontos fortes, pontos fracos, ameaças e oportunidades.

Para analisar onde a empresa precisa melhorar e onde a ordem é valorizar os pontos fortes as dicas são simples:

Prepare-se para o mercado – ou seja, entenda o mercado que irá fazer parte e prepare-se para atender o mercado, identificando carências encontradas no mercado e formas de atender esse mercado com inovação e vantagem competitiva.

Avalie a concorrência e vantagem ou desvantagem competitiva que será enfrentada pela empresa.

Realidade Financeira – um dos erros mais frequentes nas micros e pequenas empresas recentes é o fato de investir mais do que recebe ou não saber gerir capital de giro e obrigações em curto e longo prazo de acordo com as receitas e prazo de recebimento.

Olho vivo no mercado – identificar os principais concorrentes e o que os faz fortes é essencial para as micros e pequenas empresas.

A concorrência deve ser um forte fator para reuniões e planejamentos, antes que se perca mercado.

Estratégia de marketing – é necessário identificar qual a melhor estratégia de marketing para o empreendimento, avalie se a micro e pequena empresa precisa mudar sua estratégia de marketing e investir em novas formas de divulgação, mesmo que sejam maneiras tradicionais de marketing.

Mudançasn os negócios – estabelecer mudanças é essencial para que as micros e pequenas empresas renovem suas estratégias e obtenham sucesso e crescimento.

Novos fornecedores – muitas vezes contratar novos fornecedores poderá oferecer á empresa: novos requisitos de qualidade e diminuição de custos, proporcionando novo fôlego e realidade para produção e vendas.

Outras mudanças necessárias podem ser: investimentos maiores em pesquisas, novas tecnologias,pesquise sobre comportamento do consumidor, dentre outros.

Crescimento

Para não morrer a solução da natureza é o crescimento, e esta realidade é válida também para o mundo dos negócios, isso porque almejar o crescimento e tornar as micros e pequenas empresas mais motivadas em buscar vantagem competitiva e melhores formas de atender o mercado.

Para o crescimento almejado as  micros e pequenas empresas devem se perguntar o que impede esse crescimento e qual seu nível de inovação e vantagem competitiva.

E ainda perguntas como:

Qual mercado e que clientela se deseja atingir.

Quais produtos ou serviços podem atingir esses mercados e clientes.

E quais mudanças no mercado afetam direta ou indiretamente as micros e pequenas empresas.

Ainda tem alguma dúvida sobre Micros e Pequenas Empresas? Deixe seu comentário.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA