Franchising faturou 127 bilhões em 2014

Success ExpansionAgora é oficial: o desempenho do franchising em 2014 foi acima da média esperada. A ABF – Associação Brasileira de Franchising anunciou os números do setor em 2014 e o crescimento foi de 7,7% em faturamento no ano passado, totalizando R$127 bilhões. O balanço de 2014 indicou a existência de 2.942 marcas operando no sistema de franquias no Brasil, enquanto que em 2013 esse número era de 2.703. Isso significou para o setor um crescimento de 8,8%. Já em unidades também houve aumento comprovado: no fim do ano passado, 125.378 unidades franqueadas estavam em operação no Brasil, 9,6% a mais do que no ano anterior.

Em relação ao crescimento por período, os resultados da Pesquisa Trimestral de Desempenho do Franchising revelaram um bom crescimento do setor entre outubro e dezembro, diante da desaceleração da economia observada em 2014. A receita do sistema de franquias no quarto trimestre aumentou 12,8% em relação ao trimestre anterior, subindo de R$ 32.281 para R$ 36.397 bilhões. Quando comparado ao mesmo período de 2013, o crescimento no último trimestre do ano passado foi de 4,9%.

De acordo com projeções da CNC – Confederação Nacional do Comércio, o varejo deve crescer 2,6% em 2014 e 3% este ano. Para a Abrasce – Associação Brasileira de Shopping Centers, a previsão é de que as vendas do setor no ano passado aumentem 8,3%. Já os dados da CNI – Confederação Nacional da Indústria indicam que em 2014 haverá retração do setor industrial de 1,5%, com crescimento de 1% em 2015. “As franquias são exemplo da vocação empreendedora brasileira e sua expansão para todo o território nacional confirma que as redes estão investindo cada vez mais para levar marcas, produtos e serviços para todo o público consumidor, ao mesmo tempo em que geram emprego e distribuem renda”, ressalta Cristina Franco, presidente da ABF.

Ainda segundo Cristina, o franchising não está isolado das demais indústrias que compõem o varejo como um todo, mas apresentou desempenho superior se comparado ao registrado no setor industrial. “Isso mostra que a cadeia do varejo está mais preparada para as oscilações do mercado. Por esse motivo, o franchising demora a sentir os efeitos da retração econômica e também é o primeiro a sair da crise, no momento de retomada”, completa.

Perspectivas para 2015

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Para esse ano o otimismo anda em alta. Com base nos estudos trimestrais da ABF e no levantamento de dados macroeconômicos, espera-se que o crescimento do faturamento do setor ficará entre 7,5% e 9,0%. Já o número de marcas deve aumentar 8% e o de novas unidades, crescer entre 9% e 10%. “Nosso objetivo é continuar municiando o mercado com dados fidedignos para que todos os seus atores tenham subsídios para a tomada de decisão ao longo dos próximos 12 meses. Os números da indústria do franchising confirmam que somos um setor amadurecido que está fazendo a sua parte nos esforços da sociedade para o desenvolvimento da Nação”, conclui a presidente da ABF.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA