Abertura de Empresa em 3 Passos

Abertura de Empresa em 3 Passos
Abertura de Empresa em 3 Passos

Você pretende abrir uma empresa? Começar um empreendimento pode ser o seu primeiro passo rumo à emancipação financeira. Afinal de contas, se o seu negócio próprio for muito bem planejado e administrado, certamente irá lhe trazer bons lucros.

Porém, antes de colocar todos os seus planos em prática e colher os frutos, é necessário abrir a empresa, e esta tarefa deve ser feita cautelosamente, pois contém diversas exigências que devem ser observadas.

Muitos empreendedores reclamam da burocracia que enfrentam para abrir um negócio no Brasil, e de fato eles têm razão, mas para conte, seguir trabalhar regularmente dentro da lei é preciso atender a todas as normas estabelecidas. Sendo assim, antes de tudo, tem-se que compreender quais são os procedimentos a serem realizados para poder exercer as suas atividades.

Veja os documentos para legalização da empresa.

Além disso, os futuros empresários também devem se preocupar com o que antecede a abertura de empresas, ou seja, com o planejamento inicial, pois é necessário haver um ponto de partida e pretensão de chegar a um determinado objetivo. Dessa maneira, será mais fácil traçar um caminho e segui-lo, tendo as soluções certas para os obstáculos que surgirem. Muitos empreendimentos que tem potencial no mercado acabam não dando certo por falta de planejamento.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Está planejando abrir uma empresa? Não deixe de ler este artigo até o final, pois nós iremos trazer aqui a abertura de empresas em 3 passos, com tudo que é preciso para ser um empresário bem sucedido.

Lembre-se, você pode utilizar essas regras como um manual de abertura de empresa.

Passo 1 – Faça um plano de negócio detalhado para abertura de empresas

Não se assuste, nós vamos ensinar a fazer o plano de negócios, ou, se precisar de ajuda mais aprofundada, pode conferir o nosso kit como abrir um negócio.

Por acaso você vai viajar sem pesquisar algo do local? Sem fazer um roteiro ou no mínimo de planejamento? Creio que a mais provável resposta seja não! Então, assim também deve ser a sua empresa, ao bater o martelo e decidir que realmente deseja se tornar um empresário, deve-se começar uma jornada de planejamento de negócio. Este será o seu ponto de partida, é o mais importante para chegar com sucesso na reta final.

Antes de qualquer coisa, tem-se que elaborar um planejamento empresarial muito bem detalhado, contendo todos os pontos que envolvem a abertura de uma empresa e o trabalho na prática. Ao saber por onde começar será muito mais fácil concretizar os seus objetivos, do contrário, os obstáculos podem engolir o seu empreendimento antes mesmo dele começar.

Confira o que deve conter no seu planejamento.

A abertura de empresas depende da demanda do mercado

Com qual finalidade você quer abrir uma empresa? Para atender uma demanda do mercado, não é mesmo? A abertura de uma empresa tem que ser pensada como algo que vem para suprir a necessidade das pessoas de uma determinada região, classe econômica e assim por diante. Não há razão para se criar um estabelecimento se não existem pessoas interessadas em consumir o seu produto.

Há empresários mais ousados que tentam criar e estimular uma demanda, oferecendo produtos ou serviço que não existiam e que não faziam parte da necessidade das pessoas, mas que depois de lançados no mercado passaram a fazer. Porém, esta atitude exige estudos muito mais aprofundados para criar algo novo e que ao mesmo tempo tenha chances de fazer sucesso. Além disso, é algo arriscado, o ideal é encontrar a demanda certa e explorá-la.

Para ajudar você temos centenas de ideias de negócios.

Selecione um nicho de mercado antes de abrir a empresa

O nicho de mercado são as pessoas que fazem parte do seu público alvo, para quem o seu serviço será voltado? Respondendo esta pergunta encontrará o seu nicho.

Colocar esse ponto no seu plano de negócios é fundamental para desenvolver estratégias condizentes com a realidade dos seus consumidores e que possam atraí-los. Esta escolha vai ser um dos pilares do seu negócio e tem que ser feita com muita atenção e estudo.

Lembre-se sempre que os clientes são o sucesso do seu negócio, por isso, atenda-os bem!

Para selecionar um nicho de mercado é necessário realizar um estudo do ponto em que o negócio será aberto, pois se você irá montá-lo em uma área nobre da sua cidade, então tem que ser um serviço refinado, direcionados para as pessoas que pertencem à classe econômica alta, caso contrário, poderá oferecer um serviço mais básico.

Capital social

O capital social é o dinheiro destinado à abertura de empresas. Especialistas em empreendedorismo recomendam ter o valor em dinheiro que será investido para a realização do projeto. Saiba de quanto você irá precisar, calculando os gastos com a papelada, aquisição ou reparos do local, a aquisição dos produtos, contratação de funcionários, entre outros.

A abertura da empresa também pode ser feita com dinheiro emprestado ou através de financiamento. Porém, esta última alternativa não é a mais recomendada, pois você terá a obrigação de obter lucros já no início, uma vez que é necessário arcar com a dívida adquirida para viabilizar o negócio.

Mas, como nem sempre tem-se dinheiro guardado, pode ser a solução.

Estude a concorrência

Muitos empresários entram no mercado ignorando a concorrência, o que pode lhes trazer muitos transtornos no futuro. Sendo assim, é altamente recomendado realizar um estudo para levantar todos os concorrentes na sua área de atuação, desde os mais conhecidos até os menos famosos.

Ao estudar a concorrência para abrir uma empresa, você saberá como se posicionar no mercado e enfrentá-la, já que irá conhecer quais são os seus erros e acertos, o que oferecer e o que não oferecer para os consumidores, podendo tirar lições importantes para aplicar no seu negócio.

Pesquise quais são os melhores fornecedores

Os produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa serão a matéria-prima principal, ou seja, o que irá ou não conquistar o público consumidor, devendo ser de ótima qualidade. Faça um levantamento para conhecer quais são os melhores fornecedores das mercadorias que serão comercializadas pelo empreendimento.

O ideal é antes mesmo da abertura de empresas elaborar uma lista de fornecedores, com produtos e os preços, pois isto lhe trará mais facilidade para escolher aqueles que mais atendem às suas necessidades e também ofertar variedade ao consumidor final.

Traga novidades para o consumidor

Finalize o seu planejamento apontando novidades que podem ser trazidas para o público consumidor, uma vez que se você abrir uma empresa que já tem muito concorrência na sua região, logo é necessário oferecer um serviço diferenciado, através de preços ou produtos que sejam capazes de atrair a atenção das pessoas.

 Veja como conquistar o primeiro cliente.

Reveja o estudo feito da concorrência, analise com calma quais são os quesitos que as outras empresas deixam a desejar, verifique a existência de demanda e inclua novos serviços ou mercadorias ao se negócio. Em alguns casos, é possível se destacar apenas oferecendo um tratamento diferenciado, estar mais próximo dos clientes também é uma maneira de conquista-los.

Passo 2 – Opções para abrir uma empresa: MEI, EIRELI, LTDA

Antes da abertura de empresas é de fundamental importância saber quais são as suas opções de “negócio”.  Se você tem dúvidas sobre qual método utilizar, nós iremos explicar o que é MEI e EIRELI, que são as duas novas opções de empresas individuais disponíveis aos empreendedores. Dependendo do processo de abertura de empresa que escolher, terá a variação no custo para abertura de empresa, conforme você verá, inclusive na questão de tributos.

Veja se você tem as características do empreendedor.

MEI (Microempreendedor Individual), nada mais é do que o indivíduo que trabalha por conta própria, mas que se legaliza como pequeno empresário. Para se encaixar nesta categoria, tem-se que faturar anualmente no máximo R$ 60.000,00 reais, e o titular não pode ter participação em outro empreendimento.

O empresário classificado como MEI pode contratar apenas um funcionário, devendo pagar o salário mínimo ou o piso da categoria.  Uma das principais vantagens desta opção é poder fazer o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que traz facilidades para abrir uma conta bancária, pedir empréstimos e emitir notas fiscais. Além disso, o MEI fica isento de arcar com os tributos federais como, por exemplo, PIS, Cofins, Imposto de Renda, PIS, IPI e CSLL. Os custos mensais são de R$ 41,20 reais de prestação de serviços, R$ 37,20 reais de comércio ou indústria e R$ 42,20 reais de comércio e serviços.

A EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), que tem apenas uma pessoa como titular, responsável por todo o capital social investido, que deve ser integrado e não pode ser menos que cem vezes o maior salário mínimo do país. Porém, o indivíduo não responde com os bem pessoais pelas divididas adquiras pela instituição.

Ao optar pela modalidade EIRELI para a abertura de uma empresa, a pessoa só poderá ser titular de um empreendimento desta categoria. No nome empresarial deverá ser incluída a sigla EIRELI. É importante destacar que este tipo de empresa será regulada a partir das normas voltadas para as sociedades limitadas, devendo arcar normalmente com os impostos.

Se você vai montar uma sociedade empresarial você ainda poderia fazer a abertura da pequena empresa como uma LTDA, que é outra maneira de formalizar o negócio.

Uma dica importante é procurar um escritório de advocacia especializado em direito empresarial para informar você qual é a melhor opção para você.

Passo 3 – Converse com um contador antes de abrir uma empresa

Um erro muito comum cometido por alguns empreendedores é colocar o carro na frente dos bois e sair realizando o procedimento para a abertura de empresas mesmo sem saber o que executar e por qual ponto começar. Este tipo de atitude pode trazer enormes complicações e gastos desnecessários.

Para evitar este tipo de problema, é mais do que recomendado procurar a ajuda de um contador, ou escritório de contabilidade, pois este profissional poderá lhe dar as orientações corretas de como proceder legalmente para abrir uma empresa, o processo é burocrático e pode se tornar ainda mais caso a pessoa tente fazê-lo sozinha.

O contador ajuda nos procedimentos para abrir uma empresa e também deve acompanhá-la quando estiver em funcionamento, analisando o faturamento, as contas e os investimentos mensais. Assim, você terá uma preocupação a menos e poderá concentrar as suas energias unicamente na administração da empresa, tornando-a bem sucedida e lucrativa.

Depois de abrir a empresa, você precisa se concentrar em administrá-la corretamente, inovar, analisar as suas práticas e claro, prestar um serviço de atendimento ao cliente espetacular, isso fará com que seu negócio “decole” para o sucesso.

Pronto para a abertura da empresa?

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA