Como Ter Uma Criação de Chinchila

Criação de Chinchila
Criação de Chinchila

Um dia, a chinchila já foi considerada extinta, e sua reprodução atualmente está preservada apenas na região dos Andes. Uma das formas adotadas para a proteção das chinchilas foi mantê-las em cativeiro, e os especialistas conseguiram assim um controle maior sobre as espécies, evitando que as principais causas naturais de morte das chinchilas fossem evitadas por algum tempo.

Quase exclusivamente para a exportação das peles, a criação de chinchila é muito rentável e é muito procurada no exterior. Os preços são excelentes, e as indústrias pagam valores bastante altos para conseguirem as peles de chinchilas. O empreendedor que deseja entrar no negócio de criação de chinchilas e ser bem sucedido pode aproveitar bastante à procura no mercado internacional e abastecer as principais empresas que precisam da pele de chinchila. A regulamentação da atividade deve ser procurada no primeiro momento, e isso é essencial para deixar o negócio legal do ponto de vista jurídico e com isso dispor dos benefícios concedidos.

Utilidade da Criação de Chinchila

A criação de chinchila está associada à fabricação de casacos e estolas, sendo o mundo da moda talvez o que se encaixe mais perfeitamente a busca deste material. A pele da chinchila deve ser rigorosamente escolhida e ter padrões iguais para a fabricação de um tecido ideal, e estima-se que cerca de dois mil animais são escolhidos para que 40 a 120 peles sejam aproveitadas para a produção destes casacos e acessórios.

Sua cor original da é única: o cinza ou standard e ocorrem mutações nestes animais, fazendo-os adquirirem as formas brancas, pretas, beges e toque de veludo. Em relação à genética destes animais, pode acontecer que genes recessivos influenciem e comecem a formar chinchilas charcoal e zapphire. As espécies então são combinadas em várias cores e resultam em animais cada vez mais diferentes e belos, possibilitando um retorno financeiro ainda maior a partir da alta procura de mercado.

Dicas Para a Criação de Chinchila

Para a reprodução de chinchilas, não é preciso muito espaço. Os animais são muito limpos e não deixam cheiro agradável no ambiente, fazendo muitos empreendedores optarem pela criação de chinchila pela grande oportunidade de ficarem livres de complicações e problemas que podem acontecer na criação de outros animais. A alimentação correta também é essencial, assim como as condições adequadas de temperatura para que as chinchilas possam se desenvolver e reproduzirem de forma adequada.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

A água deve ser limpa e a higiene do criatório deve ser preservada. A chinchila pesa cerca de 500g quando adulta e mede cerca de 30 cm. É um animal de fácil manejo e muito proliferativo, podendo procriar até 15 anos dando origem a filhotes duas vezes por ano.

Manejo

A alimentação adequada da chinchila inclui alfafa seca e outros alimentos de origem vegetal. A ração é peletizada para a chinchila, sendo composta de cevada, milho, soja, germe de trigo, malte seco, sais minerais, ovo, complexo vitamínico e outros componentes que dão os nutrientes ideais para seu desenvolvimento saudável. Na criação de chinchilas deve-se escolher a alimentação em pelotas, para que os dentes das chinchilas se desgastem quando estiverem comendo.

As fezes, todos os dias devem ser observadas para saber se o padrão condiz com a normalidade da espécie. Geralmente as chinchilas eliminam muitas fezes, que se encontram secas. Qualquer alteração na coloração e aspecto deve ser comunicada ao veterinário para que haja a abertura de uma investigação com o objetivo de assegurar a promoção de saúde da espécie em cativeiro. As chinchilas devem tomar banho e a abertura das banheiras deve ser fechada logo após o término.

O banho diário destaca ao pelo sedoso do animal, mas não deve ser usada a água. As banheiras devem conter 10 colheres de carbonato de cálcio, que é um pó finíssimo que age retirando a oleosidade do pelo, alguns microrganismos e a sujeira que pode se acumular. A cada oito dias devem ser revisto, sendo semanalmente a regra de limpeza dos bebedouros e comedouros. A alfafa úmida gera diarreias, sendo o ideal evitar seu consumo.

Saúde da Chinchila

A saúde dos animais deve ser vista principalmente para que não haja desperdícios para o negócio. As fezes diarreicas merecem tratamento imediato e caso apresentem-se moles e pegajosas, o ideal é suspender a alimentação das chinchilas por 24 horas, oferecendo o Cloromicetin Palmitate por cerca de três dias a cada animal. Um sinal de fezes diarreicas é quando a gaiola está suja de fezes e estas presentam conteúdo líquido.

Um veterinário deve ser contratado para tratar da saúde das chinchilas, mesmo que não trabalhe todos os dias da semana. Além de tratar as enfermidades que possam vir a afetar a saúde da espécie, é necessário organizar e planejar ações de saúde para evitar o contágio com bactérias e outros microrganismos, inspecionar os serviços e garantir um bom aproveitamento das peles de chinchila.

Reprodução

As chinchilas devem ser criadas em ambiente com a temperatura ideal de dezoito a vinte e dois graus, e como não toleram temperaturas muito altas, o ar condicionado pode ser adotado para o local da criação, tornando um ambiente agradável e confortável para a espécie. Nos dias quentes, a indicação é ligar o aparelho das 11 às 14 horas, de forma ininterrupta.

Aos setes meses, a chinchila pode começar a reproduzir. Nos primeiros dez anos de idade são muito espertas e ágeis, tendo dois partos por ano de dois filhotes de cada vez, podendo chegar até quatro. O empreendedor pode escolher a combinação de cores, o temperamento e evitar que parentes façam cruzamentos, impedindo a consanguinidade que gera problemas.

Perfil do Empreendedor de Criação de Chinchila

A criação de chinchila, geralmente, é um negócio adotado por empreendedores que já tenham experiência na criação de outros animais e até mesmo alguns que se interessaram pela ideia sem muito conhecimento do assunto. Para estes últimos, o ideal é frequentar cursos e palestras que deem uma certa noção de criação de animais, técnicas biológicas de cruzamento destes animais, uma parte básica sobre administração de empresas, propaganda e marketing e outros.

Para saber mais sobre criação de chinchilas, podem-se observar outros criadouros destes animais e fazer pesquisas que complementem seu entendimento do assunto. O ideal é começar uma criação de chinchila com o conhecimento suficiente para a boa coordenação do negócio e de colaboradores. Na parte do pessoal, o ideal é treiná-los quando não há a possibilidade de contratação de profissionais especializados em certas funções. A experiência também conta muito e os empreendedores que já tiveram algum negócio antes, de qualquer setor que seja, tem mais possibilidade de progredirem e conquistarem um lugar na preferência do público.

Investimento inicial

Para investir numa criação de chinchila, deve-se levar em conta o tamanho do negócio. Em negócios de pequeno porte, podem-se gastar valores muito baixos e conseguir uma boa produtividade. Além dos encargos e impostos que se deve deixar em dia com a prefeitura e o Estado, os equipamentos básicos a serem comprados incluem bebedouros, comedouros, telas, lâmpadas, instrumentos básicos, rações e outros. O importante é fazer uma pesquisa de custos e priorizar sempre os principais produtos de utilização na criação de chinchila, com os menores preços encontrados.

5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

2 COMENTÁRIOS

  1. É, o único “pequeno” problema é que a criação de chinchila pra extração da pele é crime previsto na Lei 9605, e por isso ja foi expressamente proibida por leis estaduais em SP e no PR, que eram os maiores produtores do Brasil. Ou seja, esse artigo está estimulando a prática de crime ambiental.

DEIXE UMA RESPOSTA