Rafael Biasotto: com pouco constrói-se um império

Rafael Biasotto
Rafael Biasotto

É com emoção que ele toca o negócio que começou a 12 anos e é nessa palavra que ele resume a sua marca. Rafael Biasotto, fundador da Uatt? Começou com muito pouco: em caixa apenas R$ 18 mil, sendo R$ 10 mil emprestados pela avó.

Com foco e determinação, o catarinense trabalhou no seu sonho, fabricando objetos de polipropilenos como vasos e luminárias. Isso foi em 2002. Pouco a pouco o negócio foi dando certo. As vendas aumentaram e a produção também. Em 2008 nasce, então, a Uatt?

O objetivo da marca é “espalhar coisas boas por aí”. Por isso, os colaboradores são jovens, criativos e alegres. E Rafael não abre mão da garra. “Buscamos brilho nos olhos e muito sangue nas veias”, diz, referindo-se à seleção da equipe.

Aos, 38 anos, casado e graduado em Administração de empresas, o empresário é cuidadoso na expansão da marca. “Acredito que o segredo de empreender e construir é se cercar de pessoas alinhadas aos seus valores e com sonhos e vontade de realizar, e isso também buscamos no processo de seleção para franqueados”, explica.

Nessa conversa com o Novo Negócio, Rafael aponta o que foi fundamental para o seu sucesso e dá dicas para quem quer empreender:

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Novo Negócio – Desde cedo você quis empreender? Como foram suas experiências com os negócios antes da Uatt?

Rafael Biasotto – O empreendedorismo sempre foi uma força de “construir” meus sonhos e, desde jovem, imaginava aventuras e até pequenos negócios que me permitissem inovar e ter uma renda. Quando eu era criança já pensava em maneiras de viabilizar esse meu desejo de fazer a diferença e a minha preparação em cursos extracurriculares também facilitou isso.  Fiz um curso artesanal de serigrafia e, como minha mãe costurava, eu desenhava e estampava camisetas e outras roupas, e prestava serviços pequenos a terceiros. Também já sonhei e projetei “kombis” móveis para lanches, “vending machines” para venda de doces e guloseimas, e também já importei alguns itens, sempre com o desejo de construir meu próprio negócio. Antes da Uatt? tive um bar de verão na praia, trabalhei com confecção e serigrafia, comprei e operei uma pequena empresa de comunicação visual -que produzia estampas, adesivos e banners-, tive uma empresa de representação, e dei consultoria a empresas de presentes, papelaria e decoração.

Novo Negócio – Quais características pessoais você leva para o seu lado empreendedor?

Rafael Biasotto – São várias, mas tenho paixão pelo que faço e muita criatividade. Possuo grande força de vontade para realizar os meus sonhos e capacidade para engajar e envolver as pessoas.

Novo Negócio – Você começou a empresa com um investimento bastante modesto. Qual foi o segredo para dar certo com pouco?

Rafael Biasotto – Em minha opinião, o segredo é ter muito foco e planejamento conforme o recurso que se tem. A Uatt? foi um trabalho que batalhamos ano a ano, permitindo definir onde estávamos, o que possuíamos e onde queríamos chegar. Mesmo que em um tempo curto, este é o segredo para alcançar os objetivos.

Novo Negócio – O que você pontua como principais erros e acertos nesse caminho?

Rafael Biasotto – A escolha dos parceiros e das pessoas certas para alcançar os nossos sonhos foram os principais acertos. Conseguimos envolver a todos dentro das demandas e temos bons resultados, tanto os idealizados com os financeiros. Penso que os principais erros, assim como qualquer empreendedor, foi nunca ter planejado o suficiente e não ter tempo e/ou informação suficiente para tomar decisões. É difícil quando uma empresa não tem um conselho que a ajude a equilibrar realização e planejamento para, assim, evitar decisões pequenas, mas desfavoráveis. 

“O Brasil precisa de bons exemplos de empresas e pessoas que realizam e mudam a sua realidade e a de todos a sua volta”.

Novo Negócio – Os diferenciais competitivos são um dos pontos fortes da marca. O que mais você apontaria como ingrediente para o sucesso?

Rafael Biasotto – O nosso sucesso vem muito da cultura da marca, valores e conceitos. Transmitimos felicidade, paixão, Uattitude, simplicidade, humildade e comprometimento por meio de nossos colaboradores e de todos os envolvidos com a Uatt? Formamos o universo dos Uátticos e esta cultura é que promove o engajamento e o crescimento da marca.

Novo Negócio – Do início da marca até a expansão por meio de franquias, houve um tempo para adaptação. O que vocês buscam no franqueado? De que forma ele também é responsável pelo crescimento?

Rafael Biasotto – Acredito que o segredo de empreender e construir é se cercar de pessoas alinhadas aos seus valores e com sonhos e vontade de realizar, e isso também buscamos no processo de seleção para franqueados. O aprendizado é manter a organização viva, buscar conhecimento, melhorias e evoluir dia a dia os processos e pessoas.

Novo Negócio – E quanto à equipe, criatividade é pré-requisito para fazer parte dela? O que mais você preza nos colaboradores?

Rafael Biasotto – A Uattitude é um dos valores que mais prezamos internamente. Ela permeia muito da realização das atividades, vontade de aprender, realizar e planejar. Acho isso fundamental para investirmos e compartilharmos quando selecionamos qualquer colaborador. Buscamos esse “brilho nos olhos” e muito “sangue nas veias”.

Novo Negócio – A Uatt? se tornou uma empresa Endeavor. O que isso significa para a marca?

Rafael Biasotto – Temos orgulho de participar da Endeavor porque fomos reconhecidos como realização e modelo de negócio no varejo. Para a marca é um chancela importante que a coloca em um patamar elevado de conhecimento e aprendizado. Buscamos com a Endeavor nos fundamentar e fortalecer o time e experiências para crescer. Nossa grande responsabilidade é ser um “exemplo” de empresa, marca e empreendedorismo, pois acreditamos, de verdade, que isso pode mudar a realidade que o nosso país se encontra.  O Brasil precisa de bons exemplos de empresas e pessoas que realizam e mudam a sua realidade e a de todos a sua volta.

Novo Negócio – A Uatt? está iniciando a fase adolescente. O que espera dos próximos anos?

Rafael Biasotto – Estamos partindo para a fase adulta, estruturando o nosso grupo, formando nossos colaboradores para que possamos chegar ao sonho grande, que é que cada brasileiro tenha um presente Uatt? por ano, até 2020. Fora isso, criar uma empresa mundial que traz esse conceito e a alegria brasileira a todo o mundo, e já estamos trabalhando nisso com a expansão internacional que acabou de se iniciar.

Novo Negócio – Se pudesse definir o seu negócio em uma palavra, qual seria?

Rafael Biasotto – Paixão pela vida, pelas pessoas, por seus sonhos, pelo varejo por meio de presentes e decorações, que tocam, envolvem e emocionam. Emoção seria a melhor palavra.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA