Paulo Alexandre: apoio ao franqueado é fundamental para crescer

Paulo Alexandre 300Paulo Alexandre era diretor comercial da L´Oreal mas não se sentia totalmente realizado. Seduzido pelo empreendedorismo, ele criou a Arranjos Express – rede especializada em customização – em Portugal, no ano de 2003.

A passagem pela multinacional foi determinante na formação do empreendedor. “Lá eu ganhei expertise para desenvolver a dinâmica na gestão da franquia”, diz o empresário.

Formado em Administração de Empresas, Paulo trabalha com uma expansão bastante medida. A empresa já existia há oito anos, quando virou rede. “O motivo principal foi conseguir criar uma expansão sustentada na confiabilidade que o modelo de franquia tem”, explica.

Depois de consolidada em Portugal, a Arranjos Express atravessou o oceano e chegou ao Brasil em 2012. Paulo diz que a língua foi um dos fatores que ajudaram a escolher o país como o primeiro na internacionalização. Agora, o empresário tem planos de conquistar Rússia e Angola.

Priorizando o perfil “rede dentro da rede”, Paulo gosta de trabalhar com franqueados que possuam mais de uma loja. Para ele, isso é essencial para mostrar que a marca está no caminho certo do sucesso. “É o modelo em que uma franqueadora com um bom produto e que saiba prestar apoio ao seu franqueado deve ter”, observa.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 4 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

 

Nessa entrevista ao Novo Negócio, Paulo Alexandre fala sobre suas experiências, planos e o mercado brasileiro. Veja:

Novo Negócio – Paulo, você trabalhou como diretor comercial na L’Oréal. O que te fez deixar a empresa e partir para um negócio próprio?

Paulo Alexandre – A simples iniciativa de querer ter o meu próprio negócio, algo que me realizasse profissionalmente, que eu pudesse utilizar na prática toda a experiência adquirida numa multinacional.

Novo Negócio – Ser executivo de uma empresa e ser franqueador são coisas bem diferentes? Qual é a principal distinção e aonde se assemelham?

Paulo Alexandre – Eu penso que ambas as condições são muito parecidas, ser executivo de uma empresa obriga-nos a ter uma responsabilidade perante a Direção e uma grande responsabilidade de gerir um conjunto de pessoas que trabalham diretamente conosco, com o fim de obter resultados positivos. Como franqueador, a receita é a mesma, ou seja, gerir um conjunto de pessoas e situações onde precisamos ter a arte de tornar confiável a marca que vendemos. Precisamos gerir bem as expectativas de cada parceiro de negócios, de forma em que a confiança que nos deram não seja defraudada. Foi a experiência adquirida na multinacional onde trabalhei que me deu toda a expertise para desenvolver a dinâmica na gestão da franquia.

Novo Negócio – Quando surgiu, a Arranjos atendeu um nicho pouco explorado. Hoje, quem são os concorrentes e qual é o diferencial da sua marca?

Paulo Alexandre – A grande diferença da Arranjos Express, é ser uma empresa moderna com sistemas implementados de gestão (comercial, MKT, Administrativa) que nos permite passar de uma forma muito profissional para os nossos parceiros de negócio ( franqueados) toda a confiança que eles precisam ter para operar as suas lojas. O grande diferencial é, também, a forma como nós olhamos para o ideal de um negócio de franquia. No nosso negócio as estrelas da marca são os franqueados e não a franqueadora, e isto permite que eles sejam os grandes dinamizadores do negócio. Em relação à nossa concorrência direta, são poucas e que não possuem exatamente o mesmo perfil no mercado, pois o forte da Arranjos Express é a customização, sem esquecer de reparos e costuras em geral, enquanto as outras possuem o forte apenas em reparos.

Novo Negócio – Depois de consolidada em Portugal, a marca chegou ao Brasil. Por que escolheu esse destino para internacionalizá-la?

Paulo Alexandre – A barreira da língua foi importante na decisão. Outro fator foi o enorme potencial que existe no mercado brasileiro este tipo de negócio.

Novo Negócio – Somente após oito anos de operação em Portugal é que foram abertas as primeiras franquias no país. Qual foi o motivo que te levou à expansão através desse sistema depois de tantos anos?

Paulo Alexandre – O motivo principal foi conseguir criar uma expansão, sustentada na confiabilidade que o modelo de franquia tem.

“Precisamos gerir bem as expectativas de cada parceiro de negócios, de forma em que a confiança que nos deram não seja defraudada”.

Novo Negócio – Você tinha como planos para este ano abrir lojas na Rússia e em Angola. Isso se mantém?

Paulo Alexandre – Sim.

Novo Negócio – Os números de franquias abertas em dois anos são bastante parecidos em Portugal e aqui. Você tem expectativas parecidas nos outros países ou acha que o sucesso será mais contido?

Paulo Alexandre – O número de franquias abertas depende diretamente do potencial de cada país. O importante é ter a certeza de que as que estão abertas possuem bom funcionamento.

Novo Negócio – Você prioriza o franqueado com mais de uma loja? Por que acha que esse modelo dá certo?

Paulo Alexandre – É o modelo em que uma franqueadora com um bom produto e que saiba prestar apoio ao seu franqueado deve ter. A gestão da rede é facilitada, responsabiliza mais o seu franqueado e oferece a possibilidade de aumento de seu faturamento pessoal.

Novo Negócio – Em que pilares você construiu a sua carreira? Em que princípios acredita?

Paulo Alexandre – A minha carreira foi construída sobretudo na base da honestidade, transparência, no profissionalismo e em confiar na possibilidade de fazer o que acreditamos. Acredito que, para o sucesso, é importante ter o espírito de sacrifício e foco naquilo em que acreditamos, com humildade e, sobretudo, respeitando as pessoas que nos rodeiam.

Novo Negócio – Empreender, no Brasil, vindo de fora…

Paulo Alexandre – Exige muito esforço e uma adaptação à cultura com particularidades muito próprias, mas quando os objetivos são cumpridos, uma enorme satisfação e prazer em trabalhar num país como o Brasil.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

 

► Dica Importante!


Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


 

DEIXE UMA RESPOSTA